Artigo

A Vindi escolheu o Zendesk

Publicado 11 Abril 2014
Última atualização em 11 Abril 2014

Garantir o bom atendimento é desafiador para empreendedores que estão a frente de empresas em franca expansão no Brasil e no mundo. Crescer, muitas vezes significa queda na qualidade do atendimento. Poucas empresas são eficientes no atendimento quando começam a escalar a quantidade de clientes. Na maioria das vezes a solução é partir para a terceirização com o famigerado telemarketing e outras vezes investir em contratação de pessoal, que também é desafiador. Na maioria das vezes crescer a carteira de clientes é um processo duro e desafiador por parte das empresas.

A Vindi, startup especializada em Cobrança Recorrente, sabe bem desse processo. Pensando no crescimento acima de 30% por mês, a empresa tomou uma decisão de começar seu negócio usando Zendesk no atendimento ao cliente: nos chamados por email, na avaliação dos chamados e nas redes sociais. Essa decisão foi tomada na fase startup da empresa, pensando no maior desafio das empresas quando o assunto é cliente: atender bem.

A maioria dos atendimentos realizados pela Vindi são através de emails, telefone e também via redes sociais. Administrar todos esses canais, de forma eficaz sempre é um desafio para qualquer empresa. Não criar um processo de atendimento, com etapas, tratamento de problemas e mapeamento de potenciais clientes, é um problema do ponto de vista operacional. Emails mau tratados, follow-ups que se perdem e clientes sem resposta, são erros comuns nesse processo. “Com a Zendesk, o processo de atendimento da Vindi se tornou consolidado”, cita Wagner Narde - COO da Vindi. "Um dos grandes pilares da Vindi é sempre usar as melhores ferramentas do mundo para amparar nossa operacão. A Zendesk foi uma das nossas primeiras escolhas. Fizemos questão inclusive, de conhecer os fundadores da empresa", reforça Rodrigo Dantas - CEO da empresa. "Somos uma pequena empresa com grande potencial, não considerar uma ferramenta como essa logo no início seria um erro", reforça Dantas.

Um dos grandes diferenciais das startups é exatamente a agilidade. Integrar o Zendesk na operação de empresas nesse estágio pode ser decisivo. Os aplicativos para smartphones e tablets são exemplos do que a ferramenta oferece para se obter essa agilidade. A criação de faqs interativas, integração com redes sociais, análise de satisfação e também a possibilidade de compartilhar chamados, fazem do Zendesk uma ferramenta indispensável para empresas ágeis. Tudo isso para melhorar um ponto diferencial nas empresas: o atendimento ao cliente. "Outro grande benefício foi poder se conectar com parceiros e fornecedores que já usavam a ferramenta. Isso nos deu agilidade inclusive para ser bem atendidos e solucionar problemas, compartilhando tickets com outras empresas que já usavam o Zendesk", reforça Wagner Narde (COO da Vindi).

Mais do que um simples saas de help desk, o Zendesk é uma robusta solução para preparar qualquer empresa para o melhor atendimento. Seja ela startup ou não.

A Vindi é uma plataforma de serviços criada para amparar empresas que vendem na forma recorrente: mensalidades, planos e assinaturas. A empresa foi fundada em 2013, tem sede em São Paulo e a equipe é formada por 6 pessoas.