Artigo

Balanço do E-commerce em 2013

Publicado 3 Fevereiro 2014
Última atualização em 3 Fevereiro 2014

O E-commerce vem conquistando cada vez mais o seu espaço entre os consumidores brasileiros, de acordo com a ABComm, em 2013 o comércio eletrônico teve R$ 31,11 bilhões em faturamento, tendo um crescimento de 29%, em relação a 2012.

No ano passado mais de 53 milhões de brasileiros fizeram compras on-line, sendo 10 milhões deles novos consumidores. As categorias mais procuradas foram: moda e acessórios, eletrodomésticos, saúde e beleza, eletrônicos e informática.

Isto comprova que o consumidor brasileiro aderiu a moda mundial de compras on-line, o que abre um leque ilimitado para novos empreendedores, como um dos nossos clientes o BringIT.

O BringIT  é uma empresa de comércio eletrônico especializada na comercialização de peças e acessórios para notebooks, que usa o Zendesk para atender os seus clientes, oferecendo uma melhor experiência online, trazendo o conforto e segurança da compra feita em uma loja física para a casa de cada consumidor.

Com o avanço da tecnologia e a mudança do comportamento do consumidor, o serviço de SAC da sua empresa tem que se manter atualizado, por dentro das novas tendência, entre elas o atendimento ao cliente Omnichannel, que é a integração da informação que circula entre os diferentes canais que a empresa usa e a sua transformação automática em sugestões de ações para a empresa servir melhor os seus clientes.

A previsão para 2014 é ainda mais otimista, de acordo com este artigo publicado no blog da ABComm serão gerados mais de 500 mil empregos diretos e indireto. A previsão e que o faturamento aumente em 27%, chegando no total de R$ 39,5 bilhões.

A previsão otimista para 2014 se deve também ao fato do investimento em infra-estrutura e a chegada do 4G, que possibilitará trazer novos consumidores ao solucionar grandes barreiras do e-commerce, como o problema de transporte de mercadoria e a falta de acesso à internet. Sem deixar de lado a Copa do Mundo que vai aquecer grande parte do comércio brasileiro neste ano.