Artigo

Benchmark da Zendesk

Publicado 4 novembro 2013
Última atualização em 4 novembro 2013

 

Benchmark da Zendesk 2º Trimestre de 2015

Em foco: A Satisfação do Cliente
Em âmbito global, as empresas estão lutando para aumentar os índices de satisfação do cliente. Segundo o relatório mais recente de Benchmark do Zendesk, o esforço está valendo a pena: os clientes estão relativamente felizes no mundo inteiro. Em números reais, o benchmark de satisfação global do cliente para o 2º trimestre de 2015 foi de 94,94%.
O relatório de Benchmark do Zendesk reúne dados do mundo inteiro a fim de permitir que as empresas vejam com mais facilidade quem está aumentando (ou diminuindo) o padrão do atendimento ao cliente. Por exemplo, no segundo trimestre de 2015 um setor bastante popular caiu no índice de satisfação do cliente CSAT (estamos falando de você, Redes sociais), enquanto o setor Governamental e sem fins lucrativos continuou deixando os clientes felizes. Alguns países, como o Chile, lutaram muito para melhorar o status, enquanto outros apresentaram uma queda no CSAT. Explore mais descobertas abaixo e entenda melhor como o seu desempenho em termos de atendimento ao cliente se compara ao de empresas similares.
 Baixe o relatório completo aqui.

Confira todos os relatórios passados abaixo:

 
Relatório Benchmark da Zendesk: 2º Trimestre de 2015
Relatório Benchmark da Zendesk: 1º Trimestre de 2015
 
Relatório Benchmark da Zendesk: 4º Trimestre de 2014
 
Relatório Benchmark da Zendesk: 3º Trimestre de 2014
 
Relatório Benchmark da Zendesk: 2º Trimestre de 2014
 
Relatório Benchmark da Zendesk: 1º Trimestre de 2014
 
Relatório Benchmark da Zendesk: 4º Trimestre de 2013
 
Relatório Benchmark da Zendesk: 3º Trimestre de 2013

O Benchmark da Zendesk se baseia nas interações reais de atendimento ao cliente de mais de 16.000 empresas em 125 países, estas empresas foram escolhidas entre as 60.000 empresas que usam o Zendesk. O relatório traz informações sobre a integridade do serviço de atendimento ao cliente e identifica tendências em como as empresas fornecem suporte e como os consumidores o recebem.