Artigo

Como fazer a gestão de horas de trabalho dos vendedores?

Por Douglas da Silva, Web Content & SEO Associate, LATAM

Publicado 20 Abril 2021
Última atualização em 20 Abril 2021

A equipe de vendas  é essencial para o sucesso de uma empresa. Seja um produto ou serviço, o time do comercial é o responsável por passar a missão da marca para seus compradores.

Em um mercado cada vez mais competitivo é necessário que as empresas apostem na boa gestão de seus vendedores, para garantir a sua máxima eficiência e resultados. 

Fazer a gestão da equipe de vendas não é uma tarefa fácil e existem diversos métodos para garantir o sucesso da equipe. 

Um desses métodos é a gestão das horas de trabalho. Essa gestão permitirá que o gestor de vendas gerencie melhor sua equipe sabendo como os vendedores gastam suas horas de trabalho.

Se você quer saber mais sobre gestão de horas, continue neste artigo, aqui daremos dicas para sua empresa conseguir extrair o melhor da equipe de vendas usando a gestão de horas a seu favor. 

Boa leitura!

Gestão de horas de trabalho de vendedores: O que diz a CLT?

Na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) não existe nenhuma previsão a respeito da gestão de horas direcionada diretamente aos vendedores, o que existe é a obrigatoriedade de controle de ponto para empresas com mais de 20 colaboradores. 

Portanto, se a sua empresa possuir esse número em seu quadro de funcionários, os vendedores deverão realizar a marcação de ponto. 

Contudo, é importante ressaltar que a categoria de vendedores externos estão excluídos dessa obrigatoriedade. De acordo com o inciso I do artigo 62, é opcional para a empresa realizar a gestão de horas de trabalho. 

Agora, referente a jornada de trabalho dos vendedores, existem algumas particularidades que é preciso se atentar, confira no próximo tópico. 

Como funciona a jornada de trabalho dos vendedores? 

Sabemos que na área de vendas existem diversos tipos de jornada a depender da atuação do negócio. Existem os vendedores internos, os de comércio e varejo, os externos, representantes comerciais, entre diversas outras categorias. 

Os vendedores de shopping, por exemplo, geralmente possuem uma jornada de 6 horas diárias, em uma escala de 6 dias de trabalho para 1 dia de folga. Já um vendedor interno B2B, que atua dentro do escritório, pode ter uma jornada de segunda a sexta com 8 horas diárias. 

No geral, a maioria dos setores comerciais seguem as regras da CLT, a clássica jornada de 44 horas semanais distribuídas em uma escala que funcione para o negócio. 

Em todas essas jornadas é preciso respeitar os intervalos e ter escalas bem definidas, afinal, nenhuma empresa quer perder um cliente por não ter vendedores disponíveis no momento. 

Por isso, é importante manter um bom controle de jornada de trabalho para saber se a empresa está seguindo as exigências da lei. 

No caso dos vendedores externos, entende-se que eles não possuem uma jornada pré-determinada em horários, mas sim de acordo com as metas e objetivos relacionados ao seu contrato de trabalho.

Qual a importância de fazer a gestão de horas de trabalho dos vendedores?

Com escalas e jornadas de trabalho bem definidas a gestão da equipe de vendas flui de maneira eficiente. 

Dessa forma, é importante fazer a gestão de horas dos vendedores, primeiro para saber se a empresa está agindo de acordo com a lei, e também para entender melhor a rotina dos funcionários. 

Um bom exemplo é quando os vendedores estão realizando muitas horas extras. Esse dado pode sinalizar uma alta demanda de clientes, o que pode fazer com que a empresa direcione melhor os esforços dos vendedores.

No caso dos vendedores externos, apesar de ser opcional, é importante que a empresa faça essa gestão para que entenda a real produtividade desses vendedores.

E por falar em produtividade, a gestão de horas está diretamente ligada à produtividade da equipe de vendas, entenda mais a seguir. 

Como essa gestão influencia na produtividade?

A gestão de horas é uma ótima métrica para avaliar o desempenho dos vendedores. Isso porque, estando ciente de como cada vendedor desempenha a sua jornada, o gestor de vendas pode comparar a jornada de trabalho com os resultados dos vendedores. 

Assim, ele consegue entender se, quando houveram horas extras, os vendedores realmente conseguiram vender mais, ou ficaram mais tarde presos em reuniões, ou qualquer outra atividade que acabou não tendo resultado. 

Tendo uma jornada certa a cumprir, os próprios vendedores conseguem fazer a sua gestão de tempo, distribuir melhor suas atividades e tarefas garantindo assim mais produtividade.  

Isso porque os vendedores possuem metas a serem batidas, e fazer a sua gestão de tempo é o caminho mais fácil para alcançá-las. 

Agora, qual a melhor forma de fazer essa gestão de horas? Vamos descobrir no próximo tópico. 

Gestão de horas: qual a melhor forma de fazer? 

A melhor forma de fazer uma gestão de horas é por meio de um aplicativo de ponto eletrônico, eles funcionam por meio de um software também conhecido como ponto online.

Com o aplicativo os colaboradores podem realizar a sua marcação de ponto diretamente de seu celular, em poucos segundos. 

Diferente dos sistemas de ponto tradicionais, o ponto online permite uma gestão de horas de trabalho diferenciado, com mais eficiência e mobilidade. Então, mesmo que os vendedores estejam atuando em home office a sua empresa ainda consegue fazer esse controle. 

Além disso, esses sistemas auxiliam na gestão de ponto, pois entregam cálculo de horas automáticos, relatórios sobre a jornada de trabalho, indicadores e muito mais. 

Como o RH deve auxiliar os líderes nessa gestão? 

A melhor forma de potencializar essa gestão de horas é com o auxílio do setor de recursos humanos. 

Com a experiência do RH em gestão de pessoas, é possível auxiliar os líderes e gestores com os dados de indicadores, criando estratégias para extrair o melhor da equipe de vendas. 

É um trabalho em conjunto que com certeza trará resultados para o setor de vendas da empresa. 

Conclusão

Após essa leitura você pôde entender um pouco mais sobre a importância da gestão de horas na rotina dos vendedores.

Qualquer que seja a atuação de seu negócio é importante ter vendedores engajados e produtivos para assim conseguir o melhor resultado.