Artigo | 11 min read

Inteligência artificial no trabalho: 10 dicas para torná-la sua aliada

Por Zendesk

Última atualização em 4 dezembro 2023

O lançamento e a distribuição de novas tecnologias sempre causa impactos positivos e negativos. O mundo muda numa velocidade alarmante e nem todos conseguem acompanhar esse ritmo. Por outro lado, algumas ferramentas vistas como vilãs podem, na verdade, serem suas maiores aliadas nesses casos.

Estamos falando das IAs, mais especificamente do uso da Inteligência Artificial no trabalho. Mesmo que ainda precise evoluir muito para se equiparar ao raciocínio humano, as máquinas já são capazes de processar um grande volume de dados, pensar por conta própria, tomar decisões e até aprender.

Nesse cenário, algumas pessoas acham que certas profissões se tornarão obsoletas. Na prática, a probabilidade disso acontecer é bastante limitada, pois ainda não é possível substituir a criatividade e a confiabilidade das tarefas feitas por gente de verdade

Mesmo que esse cenário extremo aconteça, os benefícios da IA para a atividade profissional compensa e fornece recursos que melhoram a produtividade e o desempenho dos trabalhadores humanos, aliando o potencial das máquinas com o talento individual de quem vivencia e domina o seu ofício.

Quer saber como explorar o potencial da inteligência artificial no trabalho e se tornar um funcionário melhor com essa parceria? Então continue lendo!

O que é uma Inteligência Artificial?

Inteligência Artificial se refere a tecnologias que emulam o pensamento humano, por meio do desenvolvimento de sistemas e algoritmos capazes de processar dados, tomar decisões e evoluir com o aprendizado adquirido. Entre as atividades que as IAs visam reproduzir, podemos destacar:

  • raciocinar;
  • aprender;
  • compreender e criar linguagem;
  • reconhecer sons e imagens;
  • criar soluções para problemas;
  • tomar decisões;
  • perceber padrões ao redor.

Os princípios desse conceito foram estabelecidos por Alan Turing, quando a ciência da computação ainda estava apenas começando, na década de 1950. A diferença de lá para cá é que, finalmente, temos a tecnologia necessária para coletar e processar um enorme volume de informações, o  que é essencial para a IA atingir um estado realmente funcional.

Dessa forma, a tecnologia de Big Data, junto dos bots baseados em regras e do machine learning, é uma das partições da Inteligência Artificial que temos hoje em dia. Apesar de ter tido aplicação prática apenas recentemente, já se mostra como uma das principais tendências para a transformação digital nos próximos anos.

O que é aprendizado de máquina (machine learning)?

O aprendizado de máquina, conhecido como machine learning, é uma divisão pertencente ao ramo das Inteligências Artificiais, que visa usar dados e algoritmos para reproduzir da melhor forma possível a maneira como o ser humano adquire e expande seu conhecimento.

Esse processo é gradativo. Pode ser entendido com uma alusão à alfabetização, quando primeiro aprendemos a reconhecer e reproduzir o som das letras, depois passamos para as sílabas e fonemas, para então conseguir ler uma palavra completa. E assim sucessivamente, com a elaboração de frases e construção da linguagem.

Assim, entendemos o aprendizado da máquina como uma etapa essencial para a ciência de dados, necessária ao desenvolvimento de uma inteligência artificial completa.

Quais são os impactos positivos da Inteligência Artificial para a atuação profissional?

A melhor forma de enxergar uma IA é como uma ferramenta para facilitar o dia a dia. Como o ChatGPT, que facilita pesquisas, pode gerar textos, buscar referências e fornecer interações personalizadas. Porém, ele não dispensa o raciocínio humano, que é necessário para confirmar as informações apresentadas, validar conteúdos escritos e fornecer a  condição de originalidade para o material produzido.

Em geral, a aplicação de uma inteligência artificial no trabalho diário serve como um atalho, que não dispensa a necessidade da pessoa criar um produto, relatório, conteúdo, planejamento ou design, como muitas pessoas tinham receio.

Antes de aprofundar sobre o que pode estar por trás da vilanização das IAs, vamos ressaltar os principais pontos positivos da tecnologia, que são:

Automação de processos

O primeiro grande trunfo das IAs é a capacidade de automatizar tarefas de baixo valor agregado, como transformação de valores, envio de notificações, preenchimento de relatórios e coleta de dados. Essas atividades são recorrentes, monótonas e consomem muito tempo de profissionais em diversas áreas.

Por outro lado, adotar a inteligência artificial no trabalho para automação de processos pode diminuir o risco de falhas na conclusão de tarefas básicas e elevar o foco que temos em projetos mais importantes, complexos e estratégicos, como planejar o lançamento de um produto ou criar uma ação de customer experience.

Projeção de resultados

A capacidade de analisar uma grande quantidade de dados e analisar diferentes cenários hipotéticos de uma só vez torna a IA em uma importante aliada do planejamento estratégico em empresas, para áreas como marketing, vendas e atendimento ao cliente.

Ela possibilita criar projeções mais confiáveis sobre resultados plausíveis, contribuindo para o processo de tomada de decisões e definição de objetivos.

Personalização

As ferramentas de IA disponíveis para o mercado profissional dependem de comandos específicos e detalhados, os prompts, que influenciam diretamente na conclusão das tarefas solicitadas e qualidade do resultado como um todo.

Embora esse cenário traga alguns desafios para a aplicação prática desses recursos, é importante valorizar que a experiência fornecida ao usuário é extremamente personalizada, com base nas informações que cada pessoa resolveu compartilhar com a IA e a forma como ela descreveu as instruções.

Aprendizado automático

Com base no machine learning, mencionado anteriormente, sabemos que uma grande vantagem das IAs é a capacidade de se desenvolverem e evoluírem sem intervenção humana. Isso não significa que elas vão se revoltar contra os humanos (assim esperamos), apenas que elas conseguem evoluir sozinhas, sem atualizações constantes.

Alta eficiência

Para finalizar, vale a pena destacar que essa tecnologia é muito eficiente no processamento de dados, com precisão e agilidade praticamente impossíveis para um ser humano. A parte boa é que elas disponibilizam esses insights rapidamente, para que possamos usar nossa capacidade superior de raciocínio para usá-los na prática.

Como está o crescimento do uso da Inteligência Artificial nas empresas?

A perspectiva é a evolução das experiências geradas por Inteligência Artificial nas empresas, para que seja cada vez mais imperceptível a noção de que estamos falando com um assistente virtual e não um agente humano.

De acordo com o relatório Customer Experience Trends, produzido pela Zendesk, a tendência é um aumento significativo no investimento feito pelas empresas para o desenvolvimento e implementação de recursos baseados em IA, tanto para a gestão do relacionamento com os clientes quanto para gerenciar as equipes internas.

Na pesquisa, 67% dos líderes empresariais visam aumentar o investimento feito em IA para 2024, com metade dos entrevistados defendendo um valor até 25% acima do que foi gasto para 2023. Por outro lado, 20% deles planejam ir além dessa margem.

A mesma pesquisa também questionou consumidores sobre o assunto, deixando claro porque há tanto interesse em investir mais em IAs daqui para frente. Entre os pontos de maior destaque, temos:

  • 73% dos consumidores esperam ter conversas mais frequentes com IA no dia a dia ou que a tecnologia seja capaz de melhorar a qualidade do atendimento ao público;
  • 74% afirma que o uso da IA pode aumentar a eficiência das centrais de atendimento;
  • 75% dos clientes acreditam que as conversas feitas por IA serão mais naturais e “humanas” com o tempo.

Essas expectativas demonstram mais uma vez como é importante ter a inteligência artificial como aliada no trabalho. É essencial para atender as demandas e esperanças dos consumidores, sem mencionar o enorme potencial de moldar a customer experience.

O cliente moderno já sonha com o futuro, onde ferramentas como o ChatGPT, a Alexa e a Siri estão perfeitamente integrados com a nossa rotina, com capacidade de gerar conversas relevantes e gratificantes, apesar de serem agentes “sintéticos”.

Por que algumas pessoas enxergam as IAs como vilãs do mercado de trabalho?

Não há dúvidas de que, com a evolução das inteligências artificiais, o impacto no mercado de trabalho será cada vez mais expressivo, pelo bem ou pelo mal. Junto disso, temos a velha questão de ter receio do que é novo ou desconhecido. Em resumo, esses são os motivos da vilanização da IA na atuação profissional.

A ideia de que o ChatGPT irá substituir escritores ou que a nova ferramenta de edição de imagens do Photoshop, que aceita prompts para criar montagens completas no software, irá acabar com o trabalho dos designers gráficos, é um grande exagero.

No entanto, isso não significa que essas áreas permanecerão como estão. Essas ferramentas causam um impacto imediato e são capazes de mudar a forma como se exerce tais funções. Elas fornecem atalhos, recursos e oportunidades para ser mais produtivo, focando na capacidade cognitiva e na experiência adquirida pelo profissional ao longo da carreira.

Ao invés de enxergá-la como vilã e rechaçar a ideia de aprender sobre ela, é importante ver a IA como uma oportunidade de ser mais produtivo e eficaz, automatizando tarefas que consomem tempo para focar em demandas realmente impactantes.

4 benefícios de usar inteligência artificial no trabalho

Reconhecendo o potencial proporcionado por essas tecnologias, listamos os principais benefícios de usar inteligência artificial no trabalho:

1. Aumento da produtividade

Reduzindo o tempo gasto com tarefas recorrentes, monótonas e de baixo valor agregado, ao mesmo tempo em que consegue fazer pesquisas, analisar indicadores, gerar insights e desempenhar suas funções com maior dedicação, a tendência é apresentar um ganho de produtividade com o auxílio da ferramenta.

2. Redução de falhas

Coletar dados, gerar relatórios e preencher planilhas são demandas que desafiam a capacidade de concentração e exigem atenção total para evitar erros. Com o auxílio de IA, esse tipo de tarefa pode ser totalmente automatizada, com máxima eficiência.

Dessa forma, o risco de falhas cai para praticamente zero, aumentando a confiabilidade dos processos conduzidos pelo assistente virtual.

3. Redução de custos

Com aumento da produtividade e menos falhas interrompendo a operação de rotina, os custos para alcançar um bom desempenho final também caem consideravelmente.

4. Engajamento profissional

Ao adquirir esse tipo de ferramenta e capacitar equipes internas para extrair todo seu potencial, gestores podem aumentar o engajamento e a motivação dos profissionais. Isso ocorre pelo crescimento pessoal e pela facilidade proporcionada, capaz de diminuir a carga de trabalho e otimizar os resultados.

Dicas para tornar a inteligência artificial em aliada no seu trabalho

Para finalizar, separamos algumas dicas de como ter a inteligência artificial como aliada no trabalho e assegurar bons resultados:

  1. seja detalhado e objetivo na definição dos prompts de comandos;
  2. nunca deixe de conferir as informações fornecidas por IAs, mesmo que por amostragem;
  3. use o senso crítico na hora de definir quais tarefas serão transferidas para assistentes virtuais;
  4. faça a integração gradativa da inteligência artificial com a sua demanda;
  5. seja realista quanto às expectativas transferidas para a ferramenta;
  6. jamais se baseie apenas em dados gerados por IA para tomar decisões estratégicas;
  7. invista constantemente na atualização e desenvolvimento da tecnologia;
  8. fique atento ao mercado e a forma como ele enxerga os recursos;
  9. monitore atentamente os resultados alcançados;
  10. nunca deixe de valorizar a experiência única do ser humano.

As inteligências artificiais chegaram para ficar e revolucionar o mercado de trabalho. Elas não são necessariamente vilãs ou heroínas dessa história. Se o resultado será positivo ou negativo, depende da sua atuação e da forma como essa ferramenta é utilizada.

Conheça a IA da Zendesk

O Zendesk Service, software completo de gestão de suporte ao cliente, conta com recursos incríveis para impulsionar seu negócio e a experiência proporcionada aos clientes. Temos funcionalidades para automatizar processos, integrar canais de atendimento e gerenciar tecnologias para processamento de dados, como Inteligência Artificial e Chatbots.

É uma excelente oportunidade para otimizar o fluxo de trabalho, aumentar a produtividade e aumentar os índices de satisfação.

Conheça todas as funcionalidades, assista uma demonstração completa da ferramenta e cadastre-se para iniciar sua avaliação gratuita.