| 5 min read

Tecnologias para proteção de dados do cliente: quais usar?

Por Zendesk

Última atualização em 11 janeiro 2024

Existem diversas tecnologias para proteção de dados do cliente, e usá-las é uma forma de proteger seus consumidores, sua empresa, garantir o bom relacionamento entre vocês, assegurar a credibilidade e a confiabilidade do seu negócio e mantê-lo em conformidade com as leis, principalmente a LGPD.

Dois bons exemplos são a autenticação de dois fatores, que coloca uma camada extra de proteção no momento do login em sistemas; e os diferentes tipos de criptografia, como a BYOK (Bring Your Own Key).

A BYOK é um recurso criptográfico que limita a exposição dos dados dos clientes por meio de diferentes chaves. O administrador do sistema tem o poder de alterar e revogar essas chaves de acesso conforme a necessidade dos usuários.

Na prática, significa que as informações aparecem somente para quem tem permissão de acessá-las, o que gera muito mais proteção, concorda?

Achou interessante, mas precisa de detalhes sobre quais são as melhores tecnologias para proteção de dados de clientes para usar na sua empresa? Então, siga a leitura que explicaremos todas agora mesmo!

Quais as melhores tecnologias para proteção de dados? 

As melhores tecnologias para proteção de dados de clientes são aquelas que mesclam escalabilidade, eficiência e segurança. Elas também precisam evitar ataques cibernéticos, violação de privacidade e perda de dados. Entre as principais com essas características estão:

  1. firewalls;
  2. IAM;
  3. 2FA;
  4. monitoramento de segurança;
  5. UBA;
  6. identidade digital;
  7. criptografia.

1. Firewalls

Voltado para proteção contra ataques cibernéticos, o firewall é um recurso tecnológico que realiza o monitoramento de uma rede, bloqueando automática e instantaneamente tentativas de acesso fora dos padrões e/ou não autorizados a sistemas e banco de dados.

2. IAM

IAM é a sigla para o termo em inglês Identity and Access Management, que em português quer dizer gerenciamento de identidade e acesso. 

Entre as tecnologias para proteção de dados de clientes, essa é formada por um conjunto de processos e políticas internas que controlam quais pessoas e sistemas podem ter acesso a determinados dados.

A IAM é uma camada de segurança que também define como os dados e informações podem ser usados. Ou seja, ela funciona como um recurso de proteção contra entradas e usos indevidos.

3. 2FA

A 2FA, autenticação de dois fatores, é um tipo de IAM que adiciona uma camada extra de proteção na hora de acessar um sistema.

Sabe quando você vai entrar em algum software ou aplicativo e, além da senha principal, ele exige também um PIN ou outra informação que só você sabe? Essa é a 2FA.

Essa tecnologia garante que somente quem tem essa segunda senha, digamos assim, consiga acessar os sistemas e dados que nele estão armazenados.

3. Monitoramento de segurança

Essa é uma tecnologia que realiza a coleta e a análise de dados, a fim de identificar ameaças e dar as devidas tratativas para proteger os bancos de dados.

Por vezes, podem ser inseridos vírus ou malwares em sistemas que passam despercebidos no dia a dia, mas que estão roubando informações da empresa e de seus clientes.

O monitoramento de segurança faz essa varredura, encontrando pontos de vulnerabilidade, se há softwares maliciosos instalados, e eliminando o que estiver impactando negativamente na segurança dos dados.

5. UBA

UBA é a sigla para User Behavior Analytics, que no nosso idioma quer dizer análise de comportamento do usuário. 

Como o próprio nome sugere, essa tecnologia acompanha, monitora e analisa as condutas e atitudes dos usuários dos sistemas para identificar alguma postura fora do costume.

Para isso, a UBA usa de recursos de aprendizado de máquina (machine learning) para aprender sobre o comportamento dos usuários do sistema que está sendo monitorado.

6. Identidade digital

As camadas de segurança que utilizam a identidade digital são aquelas cujas informações de acesso somente uma pessoa específica pode dar. Alguns ótimos exemplos são a impressão digital, reconhecimento facial, de íris, de voz, entre outros semelhantes.

Esse tipo de proteção é voltado, principalmente, para evitar acessos não autorizados a sistemas e bancos de dados.

7. Criptografia

Entre as diversas tecnologias para segurança de dados está também a criptografia. Explicando de uma forma bem simples, trata-se de um recurso que “embaralha” dados e informações, deixando-os ilegíveis de uma forma que somente quem tem a chave certa consegue fazer a leitura.

São vários os tipos de criptografia que podem ser usados para a proteção de dados do cliente. Uma delas é a BYOK, que explicaremos melhor no próximo tópico.

O que é criptografia BYOK?

BYOK, Bring Your Own Key, significa “traga sua própria chave”. É um tipo de criptografia que adiciona uma camada de proteção extra a dados confidenciais, por meio de chaves criptografadas gerenciadas pelo próprio usuário do sistema.

Essa tecnologia tem se destacado nos últimos tempos — inclusive aqui, na Zendesk, temos soluções que a oferecem. 

Nosso software de privacidade e proteção de dados avançada, por exemplo, usa a BYOK para ocultar dados pessoais de terceiros, dando aos gestores total controle sobre quem pode ou não ver essas informações.

Como levar tecnologias para proteção de dados como essas para sua empresa?

Esse sistema que acabamos de citar é uma ótima maneira de levar a maioria dessas tecnologias de proteção de dados para o seu negócio.

Isso porque a solução customer data privacy protection da Zendesk, além da BYOK, também conta com:

  • monitoramento de quais usuários estão pesquisando e acessando dados, quando e de onde;
  • criação de políticas de retenção personalizadas, permitindo definir quais dados excluir e quais manter;
  • ocultação automática de dados pessoais dos clientes, como nome, endereço de e-mail e números de telefone;
  • personalização de acesso aos dados a partir da função dos agentes, garantindo que esses profissionais vejam apenas o essencial para realizar suas funções.

Esse complemento é elegível para clientes da Zendesk nos planos Suite e Support Enterprise, ou superiores.

Ainda não conhece essas soluções? Sem problemas! Assista agora uma demonstração!

Software de suporte ao cliente

O software de suporte ao cliente da Zendesk é fácil de usar e oferece uma melhor experiência de atendimento.

Software de suporte ao cliente

O software de suporte ao cliente da Zendesk é fácil de usar e oferece uma melhor experiência de atendimento.

Baixar