Artigo | 5 min read

Feedbacks dos colaboradores: como receber da melhor forma?

Por Zendesk

Última atualização em 5 junho 2023

Já parou para pensar sobre o impacto positivo de receber feedbacks dos colaboradores? Alguns pesquisadores e entusiastas da área de Recursos Humanos sim. Este estudo da Gallup evidencia alguns dos resultados encontrados. 

Após uma avaliação de mais de 500 empresas, a pesquisa constatou que times gerenciados por líderes que receberam feedbacks apresentaram produtividade 12,5% maior pós-intervenção do que equipes com gerentes que não receberam feedback.

Sabemos que a cultura de avaliação de desempenho e troca de conselhos construtivos é uma prática essencialmente voltada aos times de colaboradores. Mas que tal abrir a mente sobre a possibilidade de ampliar este canal para as lideranças também? 

Ao longo deste artigo, te mostramos como fazer isso. 

Qual a importância do feedback?

Motivação e engajamento de times internos, sinergia e atenção às demandas de clientes no aspecto interno. A verdade é que o feedback é uma ferramenta-chave para o crescimento das empresas. 

Pesquisas mostram que, do ponto de vista interno, funcionários que recebem feedback contínuo e frequente tendem a se sentir motivados a fazer um trabalho excelente e a se envolverem de forma verdadeira em demandas corporativas.

Outros estudos apontam, ainda, que há relação clara entre o desempenho financeiro, o fortalecimento da cultura organizacional e a prática de feedbacks.

Isso porque a troca de percepções sobre a performance e a abertura de canais de diálogos proporcionam segurança emocional ao time, E este é um aspecto-chave para o sucesso de estratégias de RH e comunicação interna. 

Antes de seguir em frente, separe alguns minutos para ouvir a esta palestra do Tedx, intitulada “Desmistificando o Feedback”:

Como lidar com feedback construtivo?

A primeira dica para entender como lidar com o feedback construtivo é focar na relevância deste momento de troca para impulsionar e guiar o seu trabalho rumo ao atingimento de suas metas. 

O feedback, quando construtivo, funciona como uma peça-chave do seu quebra-cabeças. Quanto mais retornos sobre o seu trabalho você tem, mais peças você recolhe, até formar, por completo, a imagem que busca. 

Por isso mesmo, nossa segunda dica para lidar com o feedback construtivo é não se fechar. Uma postura defensiva pode levar à perda de oportunidades de ouro para se aproximar dos times, melhorar seu desempenho e se destacar enquanto liderança. 

Mas como desenvolver a postura de uma liderança aberta a feedbacks? No próximo tópico, abordamos este assunto.

Habilidades de gestão: quais são as mais importantes na hora de receber feedbacks dos colaboradores?

Existem algumas habilidades de gestão que fazem a diferença na hora de solicitar feedbacks e de implementar canais de diálogo aberto com os times. A seguir, pontuamos algumas delas. 

  • Escuta ativa: a ideia de escuta ativa passa pela habilidade de dedicar seu tempo à coleta da informação compartilhada. Pare, foque, ouça, não interrompa. Acolha o pensamento do outro de maneira concentrada, sem se preocupar com possíveis respostas. 
  • Pensamento crítico: tão importante quanto o momento da escuta, a reflexão sobre o conselho ou feedback dos colaboradores é uma habilidade importante para os gestores. 
  • Abertura ao novo: receber sugestões e ideias de novos processos só faz sentido quando há uma predisposição da liderança. A chamada “cultura de inovação” deve partir do gestor. 
  • Inteligência emocional: no trabalho, gestores que sabem lidar com suas emoções saem na frente. Isso não significa se abster de sensações humanizadas. Pelo contrário: um líder com inteligência emocional sabe identificar, acolher e expressar seus sentimentos de forma equilibrada, mas verdadeira. 

Como pedir feedbacks dos colaboradores? Guia prático em 4 passos

Entende a importância de receber feedbacks dos colaboradores, mas não sabe por onde começar? Preparamos um passo a passo prático com 4 dicas efetivas para abrir o diálogo com o time:

  • diga, de forma clara, que você está em busca de feedback, e explique que você reconhece o valor da troca para o seu crescimento;
  • ouça as opiniões e ponderações dos colaboradores, mas não mantenha seu foco em erros passados. A melhor forma de aproveitar feedbacks é focando no futuro;
  • estimule o feedback com perguntas específicas. Questione sobre momentos, áreas, projetos e acontecimentos e peça opiniões sobre cada um deles; 
  • ouça as opiniões da equipe de forma empática e compreensiva. A postura defensiva tende a afastar as pessoas e a minar a honestidade do diálogo.  

O que fazer com os feedbacks? Dicas para otimizar a performance da equipe — e da empresa 

Enquanto liderança, seu papel é oferecer, ao time, condições, informações e ferramentas para desempenharem o trabalho da melhor maneira possível. Esta é a base para uma boa performance

Nesse sentido, quando os feedbacks tiverem, como foco, aspectos cotidianos, tente “operacionalizar” a crítica. O que pode, de fato, ser feito para solucionar a questão? Problemas de organização, comunicação e gestão de informações, por exemplo, podem ser resolvidos com a ajuda de ferramentas tecnológicas.

Se você gerencia um time voltado ao atendimento ao cliente, as notícias são ainda melhores. Ferramentas, como o Zendesk Service, oferecem canais de comunicação internos e externos efetivos e integrados. Além disso, permitem a gestão compartilhada de informações e a obtenção de relatórios e análises em tempo real. 

Quer entender como aplicar o Service na sua rotina? Faça um teste gratuito e explore todas as funcionalidades da plataforma! 

Software de suporte ao cliente

O software de suporte ao cliente da Zendesk é fácil de usar e oferece uma melhor experiência de atendimento.

Software de suporte ao cliente

O software de suporte ao cliente da Zendesk é fácil de usar e oferece uma melhor experiência de atendimento.

Experimente grátis