Ir para o conteúdo principal

Artigo 6 min read

O que é IA Generativa democratizada? Quais impactos causa?

Por Zendesk

Última atualização em 8 fevereiro 2024

É fundamental você entender o que é IA Generativa democratizada antes de levar para a sua empresa ferramentas pautadas nessa tecnologia. Um dos principais motivos é que, apesar de todas as vantagens e possibilidades de uso, esse tipo de Inteligência Artificial ainda levanta alguns debates.

Isso acontece porque estamos falando de um campo da IA capaz de criar coisas novas, como textos, imagens, músicas, vídeos e vários outros tipos de conteúdos a partir de um processo de aprendizado de máquina.

Logo, entende-se que os sistemas que usam essa tecnologia podem substituir — algumas vezes de maneira até mais precisa — a atuação humana, e isso abre caminho para a ética em Inteligência Artificial. 

Por outro lado, não podemos deixar de citar os benefícios gerados por esses recursos, a exemplo da criatividade ampliada, inovação colaborativa muito mais acentuada, entre diversos outros.

A pergunta que deve estar na sua mente agora é: “Como tudo isso afeta a rotina do meu negócio?”. Para ter essa resposta, o primeiro passo é entender, mais a fundo, o que é IA Generativa democratizada. É justamente sobre isso que falaremos agora. 

Então, siga a leitura e confira!

Afinal, o que é IA Generativa democratizada?

A IA Generativa democratizada pode ser definida com a disponibilização dessa tecnologia para um público mais amplo. Isto é, deixá-la acessível a um número cada vez maior de pessoas, tanto físicas quanto jurídicas, para usarem em processos de criação a partir do aprendizado prévio das máquinas.

A democratização tecnológica desse tipo de IA já é uma realidade. Dois ótimos exemplos são o ChatGPT e o Bart. Ambos são sistemas capazes de “conversar” com as pessoas por textos e responder uma infinidade de perguntas e interações.

O primeiro oferece tanto a versão gratuita quanto a paga, que tem mais recursos; e o segundo é totalmente livre de cobranças. São características como essas que tornam essas ferramentas tão democráticas e acessíveis.

Possivelmente, para você o ChatGPT e o Bart não sejam novidades. Porém, tem um ponto importante sobre o que é IA Generativa democratizada que precisamos destacar, que é o fato de essa tecnologia, nesse formato mais igualitário e popular, estar na lista de tendências tecnológicas para 2024. 

IA Generativa democratizada é tendência de tecnologia, apontam pesquisas 

Segundo o relatório da Gartner, até 2026 esse tipo de Inteligência Artificial alterará significativamente 70% do design e do esforço de desenvolvimento de novos aplicativos da web e móveis.

Entre as empresas que adotam a IA TRiSM como base para construção de APPs, a Inteligência Artificial Generativa aumentará a precisão de tomadas de decisões, eliminando 80% de informações falhas e ilegítimas no mesmo período.

Somente para ficar mais claro para você, IA TRiSM é uma tecnologia que dá diretrizes e suporte à confiabilidade, governança, imparcialidade, segurança, entre outros critérios. Interessante, não?

Dica de leitura: “Evite essas três armadilhas da IA generativa — e o que fazer de acordo com os líderes de TI

Quais os principais pontos positivos da IA Generativa?

Outra ótima maneira de entender o que é IA Generativa democratizada é conhecendo suas vantagens. Uma das que mais se destaca é a capacidade que essa tecnologia tem de estimular a inovação colaborativa e promover a criatividade ampliada.

Pense nas ferramentas de Inteligência Artificial Generativa como a “ajudinha extra” que falta para os profissionais da sua empresa. 

Como essa tecnologia viabiliza a criação de coisas novas a partir do aprendizado de máquina, ela pode servir como inspiração e base para a realização de diversas atividades, por exemplo:

  • desenvolvimento de softwares;
  • aprimoramento de designs diversos;
  • elaboração de áudios;
  • montagem de textos, como scripts de atendimento;
  • estruturação de sistemas de conversação natural, como chatbot de atendimento ao cliente

Entenda mais sobre esse último tópico lendo o artigo: “Chatbot de inteligência artificial da Zendesk: aprimore o atendimento!

Como fica a questão ética em Inteligência Artificial?

Como comentamos logo na abertura deste artigo, também é importante você saber o que é IA Generativa democratizada por conta de questões éticas. Por exemplo, não há como analisar a democratização tecnológica desse tipo de Inteligência Artificial sem perguntar se os empregos estarão em risco.

Essa é uma dúvida muito comum, afinal, as ferramentas que usam IA automatizam tarefas que antes eram feitas por humanos. Logo, a pergunta que fica é: será que as pessoas serão substituídas por máquinas e perderão seus cargos?

Segundo o nosso relatório CX Trends 2024, não é esse o objetivo. Na verdade, a ideia é melhorar, otimizar e facilitar o dia a dia dos profissionais.

No atendimento ao cliente, por exemplo, 75% dos líderes de CX enxergam a IA como uma força para amplificar a inteligência humana, não substituí-la.

Apesar de 62% dos líderes de CX afirmarem que as equipes são pressionadas para usar IA generativa, esse estresse é compensado pelo imenso potencial dessa tecnologia, principalmente na promessa de ajudar as empresas na oferta de experiências conversacionais mais rápidas e pessoais com os clientes.

Com isso, entende-se que o desafio da IA generativa democratizada que ainda precisa ser superado tem relação maior com suas aplicações, formas de uso, e com a necessidade de conscientização sobre quanto ela pode ser útil na rotina dos profissionais.

Qual o possível impacto econômico da IA nos negócios?

Processos automatizados tendem a ser mais baratos por eliminarem erros e falhas humanas que levam à necessidade de retrabalho que, por sua vez, geram mais custos para a empresa. 

Também são vantajosos por garantir entregas mais rápidas, reduzir o volume de trabalho dos profissionais e contribuir para aumentar o nível de satisfação dos clientes. E a IA contribui com todos esses pontos.

Conforme constatado pela McKinsey&Company, a Inteligência Artificial tem um enorme potencial de ajudar no crescimento da economia mundial. No caso, a estimativa é que o aumento da adoção da IA pelas empresas eleve o PIB global em até US$ 13 trilhões até 2030.

Como usar IA Generativa na sua empresa?

Agora que você sabe o que é IA Generativa democratizada, resta apenas descobrir como usá-la na sua empresa e aproveitar todo o potencial que essa tecnologia oferece, concorda?

Para melhorar seu serviço de atendimento ao cliente, você pode contar com a IA da Zendesk, construída a partir de bilhões de interações reais. Por isso, ela fala a linguagem que você precisa.

Dê aos seus agentes a “mãozinha” que falta, se despeça de bots ineficientes, e crie estruturas de atendimento personalizado e humanizado de acordo com as necessidades do seu negócio.

Comece uma avaliação gratuita agora e descubra como!

Histórias relacionadas

Artigo
5 min read

Como melhorar os processos internos de uma empresa? 5 dicas

Buscando saber como melhorar os processos internos de uma empresa, seja um pequeno ou grande negócio?…

Artigo
9 min read

Sistemas de IA para experiências do usuário: urgências e tendências

Entenda como os sistemas de IA para experiências do usuário podem ser utilizados para otimizar o trabalho dos agentes e trazer mais satisfação aos clientes.

Artigo
6 min read

Dados em tempo real: como melhoram a experiência do cliente?

O uso de dados em tempo real vem ganhando força entre os líderes de CX e as empresas. Aprenda a implementar esse recurso em seu negócio!

Artigo
7 min read

Tendências emergentes no CX Inteligente: uma visão geral

Descubra quais as principais tendências de CX Inteligente e como os líderes de CX estão encarando essas tecnologias emergentes.