Artigo | 5 min read

Suporte emocional aos colaboradores: 8 ações para te inspirar

Por Zendesk

Última atualização em 5 junho 2023

Oferecer suporte emocional aos colaboradores já é prioridade na sua empresa? Se a resposta foi não, saiba: é hora de começar a pensar no assunto. 

Suporte emocional é o nome dado à prática de acolhimento de indivíduos em necessidade. Seja por motivos de estresse, ansiedade ou outro quadro, quem presta o suporte emocional se dispõe a ouvir empaticamente, auxiliando na busca por calma e equilíbrio. 

A busca por ambientes de trabalho aptos a prestarem esse tipo de suporte vem ganhando espaço entre as prioridades dos colaboradores. Na verdade, 81% deles já afirmam que procurarão por locais de trabalho que apoiem a saúde mental quando buscarem futuras oportunidades de emprego. 

Como a sua empresa pode se preparar para oferecer suporte emocional aos colaboradores? Ao longo deste artigo, você encontra algumas dicas. 

O que é suporte emocional?

Suporte emocional, ou apoio emocional, é a prática do cuidado e da escuta empática ao outro. Pode ocorrer em uma relação bidirecional, de troca, ou unidirecional: alguém oferece e o outro apenas recebe. 

Em essência, existem 3 esferas no suporte emocional:

  • compartilhar conselhos e dar informações;
  • contribuir com presença, escuta ativa e dedicação;
  • atitudes tangíveis e concretas. 

A seguir, vamos entender como a ideia de suporte emocional se conecta com as demandas dos colaboradores nas empresas. 

Suporte emocional aos colaboradores: dados que reforçam a importância

Separamos algumas informações levantadas por órgãos de pesquisa para nos ajudar a compreender a relevância do suporte emocional aos colaboradores. 

  • um levantamento da International Stress Management Association (Isma) mostra que o Brasil é o segundo país com mais casos de burnout. (perdendo apenas para o Japão);
  • estima-se que 12 bilhões de dias de trabalho são perdidos anualmente devido à depressão e à ansiedade que custam à economia global quase um trilhão de dólares. (OMS)
  • do total de um bilhão de pessoas que viviam com algum transtorno mental em 2019,15 % dos adultos em idade ativa de trabalho sofreram um transtorno mental. 

Os dados mostram que é impossível agir como se os transtornos mentais não impactassem no ambiente de trabalho – e vice-versa. 

Há uma relação forte entre ambos, e é preciso que as organizações se dediquem à elaboração de boas estratégias de suporte emocional. Este, aliás, é o tema do próximo tópico.  

Como elaborar boas estratégias de suporte emocional? 

Antes de mais nada, é preciso entender como o RH pode ajudar na saúde mental. 

Isso porque o setor é responsável pela gestão de pessoas na empresa, o que inclui ações de suporte e cuidado em parceria com áreas afins, como Serviço Social e Psicologia.

Nesse sentido, é recomendado estruturar um cronograma de ações para embasar as técnicas de suporte emocional aplicadas. Abaixo, elencamos alguns dos passos que podem integrar este calendário. 

Conheça os colaboradores

Primeiramente, é preciso entender e conhecer os colaboradores com um olhar para além de suas funções laborais. 

Compreender sua personalidade, identificar vulnerabilidades e até destacar pontos sensíveis no comportamento dos funcionários pode ajudar a estabelecer ações efetivas de suporte emocional. 

Entenda o contexto

Em segundo lugar, é fundamental estudar o contexto em que o suporte é necessário. A empresa passa por um momento de crise? O setor ao qual pertence o funcionário está desestruturado? Há divergências entre lideranças e liderados? 

Colete feedbacks

Por fim, abra um espaço para entender a percepção dos colaboradores sobre suas rotinas. 

Coletar feedbacks sistematicamente ajuda a identificar situações de forma preventiva, e, assim, atuar com mais eficácia no suporte emocional aos colaboradores.  

Como dar suporte emocional para um funcionário? Dicas práticas

Agora que você conhece os passos recomendados para estruturar um cronograma de suporte emocional, vamos às dicas práticas. Separamos 9 atitudes que podem ajudar a ampliar a qualidade de vida no trabalho. 

1. Crie um ambiente de acolhimento

Ter um “espaço seguro” para que os funcionários exponham suas dores e inseguranças é uma boa forma de oferecer suporte emocional. Escolha um local confortável e discreto, longe dos olhares curiosos do restante da empresa. 

2. Use perguntas como estímulos, mas escute acima de tudo 

Embora a essência do suporte emocional seja a escuta, pode ser necessário começar a abordagem com um estímulo. Pergunte como a pessoa se sente, sobre o que ela gostaria de falar e, caso atenda a uma situação específica, questione o que aconteceu. 

A partir daí, o foco deve ser na escuta. Olhe para a pessoa com atenção, reflita sobre o que ela diz e, em um primeiro momento, não tente responder – foque em elaborar o que é compartilhado. 

3. Reforce seu entendimento sobre a questão 

Demonstrar que compreendeu o que foi dito é um dos pilares do suporte emocional. Por isso, após acolher a fala do outro, reestruture o pensamento e confirme se você entendeu corretamente. 

Além de evidenciar que você deu atenção à questão proposta, a confirmação ajuda a endereçar os próximos passos da forma correta. 

4. Estimule a participação do outro na busca por soluções 

Após ouvir a demanda do apoiado, convide-o a participar com você da busca por soluções para o problema descrito. Use perguntas como “o que você gostaria de fazer sobre isso?” Ou “quais são as suas possibilidades?”

5. Transforme possibilidades em tarefas

Após a reflexão da etapa anterior, ajude o colaborador a tornar as possibilidades tangíveis. Selecione algumas tarefas simples e as ofereça como um passo a passo gradual. Lembre-se de respeitar ao máximo os limites do apoiado e de evitar um tom de voz autoritário. 

6. Esteja presente 

O processo de suporte emocional deve ser contínuo. Por isso, além da sessão de acolhimento, esteja presente dando apoio verbal e emocional. 

Cheque periodicamente se a pessoa está se sentindo melhor e se há algo que você possa fazer para contribuir. 

E aí, tudo pronto para fornecer suporte emocional aos colaboradores da sua empresa? Se quiser ficar por dentro de mais dicas de gestão de empresas e de pessoas, não deixe de acompanhar o blog da Zendesk

Software de suporte ao cliente

O software de suporte ao cliente da Zendesk é fácil de usar e oferece uma melhor experiência de atendimento.

Software de suporte ao cliente

O software de suporte ao cliente da Zendesk é fácil de usar e oferece uma melhor experiência de atendimento.

Experimente grátis