Artigo

5 domínios da transformação digital: saiba o que sua empresa precisa mudar para continuar relevante no mercado

Por Douglas da Silva, Web Content & SEO Associate, LATAM

Publicado 11 Mai 2021
Última atualização em 11 Mai 2021

A tecnologia trouxe alterações no comportamento do consumidor e nas necessidades dos negócios. Mais da metade das empresas entrevistadas pelo Relatório de Tendências da Experiência do Cliente 2021 da Zendesk afirmam querer investir mais em tecnologias que possam ajudá-las, entre outras coisas, a se adaptar para acompanhar as exigências dos clientes.

Além disso, 75% dos líderes das empresas concordam que a pandemia global comprimiu o cronograma de aquisição de novas tecnologias. Atualmente, as marcas buscam novas maneiras de alcançar os clientes e conectar equipes distribuídas. Isso é possível por meio da transformação digital, especialmente utilizando os 5 domínios da transformação digital que ajudam a conduzir essa mudança dentro da empresa.

Isso porque a tecnologia se tornou uma grande aliada para atender as demandas de clientes, especialmente os da geração Z, nascidos a partir de 1994 e considerados nativos digitais, que correspondem a 32% da população mundial, superando os millennials.

O que é transformação digital?

A transformação digital é o processo no qual uma empresa passa a usar a tecnologia para solucionar problemas tradicionais, aprimorar o desempenho e garantir melhores resultados. É mais do que estar presente nas redes sociais. A tecnologia passa a ter um papel estratégico e central.

Para essa transformação digital funcionar, é necessário que seja feita uma mudança estrutural nas organizações. Não é apenas o setor de TI que deve ser encarregado por pensar nisso. Os 5 domínios da transformação digital auxiliam empresas, especialmente as tradicionais, a pensarem em como conduzir essa mudança dentro da empresa.

Quais são os 5 domínios da transformação digital?

Os 5 domínios para a transformação digital foram listados por David L. Rogers, especialista em estratégia digital, em seu livro "Transformação Digital: repensando o seu negócio para a Era Digital". Os pontos listados são:

  • clientes
  • competição
  • dados
  • inovação
  • valor

No livro, o autor traz diversos insights, especialmente para empresas que nasceram na era pré-digital, de como aplicar os 5 domínios da transformação digital dentro do seu negócio.

Abaixo, destacamos os principais pontos do livro e algumas das sugestões que o autor dá para transformar cada um desses domínios dentro da sua empresa.

Clientes

Na era digital, a relação com os clientes mudou profundamente. Agora, as empresas precisam se conectar e interagir dinamicamente com os consumidores, por diversos meios e modos.

Os clientes agora se influenciam reciprocamente e ajudam a construir ou destruir a reputação de marcas por meio de redes sociais e aplicativos de mensagens instantâneas.

Neste contexto, as empresas devem repensar os funis de marketing tradicional, a jornada de compra dos clientes e devem começar a reconhecê-los em redes, como grupos de foco e parceiros de inovação.

Entre as mudanças sugeridas pelo autor para as empresas estão:

  • De: clientes como mercado de massa – Para: clientes como rede dinâmica
  • De: comunicações são transmitidas aos clientes – Para: comunicações fluem em mão dupla
  • De: a empresa é o principal influenciador – Para: os clientes são os principais influenciadores
  • De: marketing para induzir compra – Para: marketing para inspirar a compra, lealdade e defesa da marca

Competição

Para o autor, a competição e a cooperação eram vistas como opostas. Tradicionalmente, as empresas cooperavam com parceiros da cadeia de fornecimento e competiam com marcas que ofertavam serviços e produtos similares.

Agora, as fronteiras entre os setores estão mais fluídas e é possível que a sua empresa tenha concorrentes assimétricos, ou seja, negócios que não são do seu setor, mas que oferecem valores concorrentes aos seus para os clientes.

Diante disso, é possível que as empresas comecem a ter que cooperar com antigas rivais, por conta dos modelos de negócio interdependentes e por compartilharem desafios externos mútuos.

As tecnologias digitais estão permitindo que empresas criem interações envolvendo outras empresas e clientes. Diante disso, a competição se torna uma disputa não só pela venda de um produto similar, mas sim por influência entre empresas.

Três das mudanças sugeridas pelo autor são:

  • De: competição em setores delimitados – Para: competição entre setores fluidos
  • De: distinções nítidas entre parceiros e rivais – Para: distinções nebulosas entre parceiros e rivais
  • De: produtos com características e benefícios únicos – Para: plataformas com parceiros que trocam valor

Dados

No domínio dados é importante pensar em como sua empresa produz, gerencia e usa a informação. Atualmente, contamos com uma quantidade massiva de dados produzidos por meio de conversas online, interações e processos dentro e fora da empresa.

Os dados estão se transformando em força vital dentro das organizações, sendo fundamentais para o funcionamento e a diferenciação da sua empresa no mercado.

Além disso, temos dados não estruturados provenientes de mídias sociais, que são gerados sem o planejamento da sua empresa.

O big data, por exemplo, é uma tecnologia que permite novos tipos de previsões e analisa padrões inesperados nas atividades de negócio.

A transformação digital no domínio dos dados pode ser feita por alguns desses passos, segundo David L. Rogers:

  • De: o desafio dos dados era armazenar e gerenciar – Para: desafio é converter dados em informações valiosas
  • De: empresas usam apenas dados estruturados – Para: dados não estruturados são cada vez mais úteis e valiosos
  • De: dados são dispendiosos para serem gerados na empresa – Para: dados são gerados continuamente em todos os lugares

Inovação

Antes, a inovação era focada no produto, as ideias eram detalhadamente desenvolvidas, testadas e lançadas.

Agora, a inovação pode ser encarada como experimentação, especialmente devido ao aceleramento de testes de ideias e feedbacks recebidos do mercado desde o início do processo.

Os produtos então são desenvolvidos por meio de repetições sucessivas, um processo que economiza tempo, reduz o fracasso e melhora o aprendizado organizacional.

Algumas das sugestões de transformação do autor são:

  • De: as decisões são tomadas na base da intuição e autoridade – Para: as decisões são tomadas com base em testes e validações
  • De: teste de ideias é caro, lento e difícil – Para: teste de ideias é barato, rápido e fácil
  • De: otimize o modelo de negócios por tanto tempo quanto possível – Para: evolua antes de ser necessário, para manter-se à frente da disrupção

Valor

Por último, o autor destaca o domínio valor. Tradicionalmente, os negócios de sucesso eram aqueles que tinham propostas de valores claras, diferenciação no mercado, seja por preço ou marca, e melhor execução e entrega.

Na era digital, o valor da sua empresa não pode ser imutável e a evolução deve ser constante. Para isso, é necessário usar tecnologias para melhorar cada vez mais a proposta de valor aos clientes.

As empresas devem aproveitar as oportunidades emergentes de inovação constantemente.

Para o autor, a transformação no domínio valor se dá:

  • De: proposta de valor definida pelo setor – Para: proposta de valor definida pela evolução das necessidades dos clientes
  • De: execute a sua atual proposta de valor – Para: descubra a próxima oportunidade de criar valor para o cliente

Desafios da transformação digital nas empresas

Muitas regras da era pré-digital não se aplicam mais ao mundo dos negócios atual, ainda mais depois das mudanças trazidas com a pandemia do coronavírus.

A transformação digital leva tempo e recursos, mas não é apenas sobre dinheiro. É preciso ter um ambiente colaborativo e pensar estrategicamente. Ela é um desafio para a gestão que deve pensar em como incorporar a tecnologia como central dentro da empresa.

A transformação digital é utilizada para melhorar os processos da empresa internamente e a relação com o cliente, por isso é fundamental pensar nesses dois componentes ao implementar os 5 domínios da transformação digital.

A sua empresa está preparada para a transformação digital? Que tal usar um software que te auxilie na análise de dados e transforme a sua relação com os clientes? Conheça o software de CRM de vendas da Zendesk, a ferramenta que monitora informações detalhadas dos seus consumidores e cria relatórios para ajudar a analisar e melhorar os seus negócios!

 

Software de CRM de vendas completo

CRM de vendas para melhorar a produtividade, os processos e a visibilidade do pipeline para as equipes de vendas