Artigo

Avaliação de desempenho: o que é e quais os seus objetivos?

Por Douglas da Silva, Senior Specialist, Digital Marketing, LATAM

Publicado 22 março 2022
Última atualização em 22 março 2022

Muito se ouve falar sobre o que é avaliação de desempenho, e como essa ferramenta é importante para as análises de desenvolvimento dos colaboradores, ainda assim, algumas pessoas não entendem bem como uma avaliação pode auxiliar as empresas estrategicamente.

Existem diversos tipos de avaliação de desempenho, e a maioria dos negócios utiliza esse método para mensurar os resultados das equipes e criar insights que estimulem ainda mais resultados, tanto de forma coletiva, como individualmente. 

Por meio da avaliação de desempenho as empresas conseguem avaliar a produtividade dos funcionários, reunir feedbacks sobre processos, engajar profissionais, dentre outros parâmetros que se tornam palpáveis para os negócios, tornando esse um método extremamente eficiente para o desenvolvimento dos empreendimentos. 

Pensando nisso, reunimos neste material algumas das principais informações sobre avaliação de desempenho o que é, e os principais objetivos e tipos de avaliação que você pode utilizar na sua empresa. Continue a leitura e aproveite!

Avaliação de desempenho: o que é?

Se você está se perguntando, “avaliação de desempenho, o que é?”, saiba que a resposta mais adequada para esta pergunta é: uma ferramenta utilizada pelo RH, ou por lideranças de equipes, para mensurar os resultados do trabalho dos colaboradores ou setores nas empresas.

Essa avaliação pode ser feita individual ou coletivamente, e costuma medir o valor agregado por um funcionário em comparação aos padrões de mercado, estabelecendo, a partir desses padrões, medidas internas como metas de desempenho.  

Por meio da avaliação de desempenho os negócios conseguem desenvolver uma visão mais estratégica, e criar um ciclo de gestão de pessoas melhor estruturado, graças ao hábito de fornecer feedbacks periódicos aos funcionários, e revisar constantemente os processos internos da empresa.

Essas avaliações são benéficas tanto para os empreendimentos, como para os seus colaboradores, pois, ambos passam a se conhecer melhor e criam oportunidades de desempenho mais direcionadas. 

Avaliação de desempenho e gestão de desempenho são a mesma coisa?

A avaliação de desempenho e a gestão de desempenho são complementares, mas não a mesma coisa, e estão completamente interligadas no processo de avaliação.

A gestão de desempenho é um processo que se divide em ciclos, e esses ciclos se iniciam na criação de expectativas de desempenho desenvolvidas em metas, indicadores de competências e comportamentos, e são finalizados com avaliações do desempenho desses ciclos. 

Já a avaliação de desempenho é o método utilizado para fechar um ciclo de gestão de desempenho. É por meio dele que as empresas verificam se as expectativas do negócio foram alcançadas, ou seja, a avaliação de desempenho é a parte mais analítica da gestão de desempenho. 

Quais os objetivos da avaliação de desempenho?

Após entender o conceito de “avaliação de desempenho o que é”, é importante determinar os objetivos que uma empresa espera alcançar utilizando esse método para mensurar seus resultados. Dentre esses, destacamos: 

  • verificar a performance dos funcionários;
  • melhorar o diálogo entre líder e liderados;
  • identificar as hard e soft skills de cada agente;
  • identificar talentos de destaque na organização;
  • ter um histórico de desempenho de cada funcionário;
  • melhorar o desempenho dos colaboradores;
  • melhorar o engajamento da equipe;
  • ajustar os princípios dos colaboradores aos valores da empresa;
  • reduzir o índice de rotatividade;
  • reunir feedbacks;
  • impedir o desgaste das equipes;
  • melhorar a credibilidade da empresa;
  • desenvolver habilidades nos colaboradores;
  • melhorar os processos do negócio;
  • inovar;
  • dentre outros.

Assista “Por que é hora de esquecer a hierarquia no trabalho” — e entenda o ponto de vista dado por Margaret Heffernan, líder empresarial, no TEDxTalk, a respeito da importância de pensar sobre a coesão social dos relacionamentos em equipe.

Como direcionar uma avaliação de desempenho?

Entendendo o que é avaliação de desempenho, e seus principais objetivos, fica mais fácil criar um direcionamento para as estratégias da empresa. 

Uma boa forma disso acontecer, é estabelecendo metas, a fim de criar um caminho de progresso e direcionamento para os colaboradores. Confira algumas metas que podem auxiliar nesse processo.

Meta de inovação

Inovações são necessárias para o crescimento natural das empresas, por isso, ao criar metas de inovação, o negócio delimita linhas que ajudarão a transformar o desempenho em produtividade, desenvolvimento e sucesso.

Meta de melhorias

As metas de melhoria são desenvolvidas para corrigir os erros encontrados no negócio. Essas metas são criadas a partir dos relatórios de desempenho dos colaboradores, e ajudam a empresa a realizar melhorias em seus processos. 

Meta de desenvolvimento

As metas de desenvolvimento correspondem ao crescimento do negócio e de seus colaboradores, e são estipuladas para que todos dentro de uma organização desenvolvam seu potencial pleno, para que o crescimento seja natural e constante. 

Essas metas podem ser criadas com base nos resultados das avaliações de desempenho, sendo uma ferramenta eficaz para as lideranças desenvolverem suas equipes. 

Tipos de avaliação de desempenho

Avaliar a performance e características individuais de uma equipe, ou um único colaborador não é uma tarefa fácil, principalmente quando os comportamentos precisam estar alinhados às normas da organização.

Ainda assim, as empresas buscam realizar avaliações de desempenho ao menos uma vez no ano, para que sempre consigam acompanhar a atuação dos seus funcionários, e adequar o comportamento dos colaboradores à cultura organizacional do negócio. 

Para isso, existem diversos tipos de avaliação de desempenho que podem ser utilizados na mensuração de resultados. Normalmente, essas avaliações são realizadas em formato de questionários, que podem ser escolhidos de acordo com o que a empresa pretende mensurar. 

Veja a seguir alguns dos tipos de avaliação de desempenho mais utilizados pelos negócios.

Autoavaliação de desempenho

Em uma autoavaliação de desempenho, o próprio funcionário é estimulado a listar seus pontos fortes e fracos, sendo esse um formato de avaliação ideal para empresas com equipes já maduras, onde os agentes se relacionem bem com seu líder, isso porque, a auto análise feita pelo colaborador é discutida com o líder.

Nessa avaliação de desempenho, o profissional e seu gestor avaliam juntos pontos de melhoria e de sucesso no comportamento do próprio colaborador, e todo o diálogo deve ser transparente e focado na melhoria dos resultados individuais dos funcionários.

Exemplo de autoavaliação de desempenho

RARAMENTE VÁRIAS VEZES FREQUENTE SEMPRE
ASSIDUIDADE
COMPARECE AO TRABALHO
CUMPRE O HORÁRIO DE TRABALHO
ESTÁ PRESENTE DURANTE O HORÁRIO DE TRABALHO
DISCIPLINA
CONHECE AS COMPETÊNCIAS, PRECONCEITOS E NORMAS DA EMPRESA?
MANTÉM CONDUTA ADEQUADA NO AMBIENTE DE TRABALHO?

Avaliação de desempenho da equipe

A avaliação de desempenho da equipe, é focada basicamente na comunicação e no relacionamento dos colaboradores. A ideia dessa mensuração é entender como os funcionários trabalham em equipe, e quais esforços coletivos impactam a empresa, tanto positiva, como negativamente. 

Por meio dessa avaliação os negócios conseguem organizar estratégias para o desenvolvimento das equipes, assim como promove a troca de conhecimento e experiências entre os agentes, para que a empresa consiga lucrar a partir dos resultados coletivos. 

Avaliação de desempenho 180 graus

Em uma avaliação de desempenho 180 graus, o desempenho do profissional é avaliado por seu líder direto, sendo esse um formato de avaliação popularmente usado no dia a dia das equipes. 

Essa avaliação é benéfica, pois envolve um julgamento direto de uma pessoa que convive com o colaborador diariamente, e conhece de perto seu comprometimento, suas qualidades e também os seus defeitos. Porém, caso exista algum atrito entre o funcionário e seu gestor, existe a possibilidade da avaliação não ser realizada com parcialidade.

Por esse motivo, é fundamental que o negócio utilize a calibragem da avaliação de desempenho como mediadora das avaliações de desempenho, dessa forma, um comitê, composto pelo gestor, um representante do RH e profissionais de diversos níveis hierárquicos, estará sempre à disposição para auxiliar as avaliações. 

Exemplo de avaliação de desempenho 180 graus

FATORES DE AVALIAÇÃO ÓTIMO BOM  REGULAR RUIM
CRIATIVIDADE (capacidade de inovação)
ASSIDUIDADE (quantidade de faltas)
REALIZAÇÃO (metas atingidas)
QUALIDADE (esmero nas atividades)

Avaliação de desempenho 360 graus

A avaliação de desempenho 360 graus é uma metodologia que mensura o desempenho dos colaboradores de uma equipe, com base no feedback de diversas pessoas da empresa que, de alguma forma, convivem com o avaliado. 

Normalmente, as informações da avaliação de desempenho 360 graus são absorvidas de diversos ângulos, considerando os relatos de:

  • colegas de trabalho do avaliado;
  • o gestor direto da equipe;
  • colegas de trabalho de outros departamentos;
  • subordinados do avaliado (quando se tratar de um líder de setor);
  • e em alguns casos, até mesmo de um SEO do negócio.

Esse método é uma soma da autoavaliação + avaliações de desempenho 90, 180 e 360 graus.

Exemplo de avaliação de desempenho 360 graus

NUNCA  ÀS VEZES SEMPRE
SEU COLEGA DE TRABALHO SABE TRABALHAR EM EQUIPE?
ELE GERENCIA BEM O TEMPO GASTA EM CADA TAREFA?
ELE COLABORA PARA QUE OS RESULTADOS SEJAM ENTREGUES NO PRAZO?

Avaliação por competência

A avaliação por competência é uma excelente forma de descobrir as competências necessárias, de acordo com cada função em uma empresa. Esse método é  muito utilizada por gestores que buscam uma avaliação mais focada, a fim de identificar parâmetros e definir metas. 

Esse tipo de mensuração pode ser aplicado em duas etapas, sendo elas:

  • comportamental: ligada ao comportamento dos profissionais;
  • técnica: ligada aos conhecimentos técnicos relacionados à atividade-fim da empresa, ou seja, o conhecimento específico dos profissionais.

Avaliação por objetivos

Nessa avaliação de desempenho, os colaboradores são os grandes responsáveis por estabelecer suas metas e tomarem as providências para alcançá-las.

Trata-se de um formato avaliativo focado em estabelecer objetivos e o caminho para que esses objetivos sejam cumpridos, e, para isso, os colaboradores devem:

  • revisar suas metas;
  • analisar suas atuações;
  • e verificar se o caminho determinado para chegar no potencial é o mais adequado. 

Avaliação do líder

A avaliação do líder é uma importante forma de análise da liderança, utilizado pelas empresas para entender a visão dos colaboradores sobre seus gestores diretos e indiretos; 

Essa análise é importante, pois possibilita que o negócio reestruture o direcionamento dos líderes, quando os mesmos recebem qualificações ruins dos agentes do negócio, sendo uma estratégia focada no desenvolvimento e resultados da empresa. 

Matriz 9 box

A metodologia de avaliação de desempenho matriz 9 box, chamada popularmente de Nine Box, é uma ferramenta de análise que auxilia as empresas a identificarem e avaliarem talentos dentro de um negócio, sempre analisando sua trajetória.

Esse método pode ser utilizado a partir de um sistema de gestão aplicado, por meio de planilhas divididas em potencial do colaborador (alto, médio e baixo), alinhadas a colunas de desempenho. Veja a seguir.

Escala gráfica

A avaliação de desempenho por escala é o jeito mais simples e tradicional de analisar uma empresa, e, esse formato é usado como guia para muitos dos exemplos de avaliação de desempenho citados aqui.

Trata-se de uma tabela, com colunas e linhas que representam as habilidades que serão avaliadas, e os valores dados para cada uma dessas habilidades, sendo essa  tabela o ponto de partida para diversos tipos de análises internas. 

Essa avaliação pode ser feita no formato de escala numérica,  geralmente com pontuações de zero a cinco, ou de zero a dez, ou em características qualitativas, ou quantitativas, como ótimo, bom, regular, ruim ou péssimo.  

Exemplo de avaliação de escala gráfica

FATORES ÓTIMO BOM REGULAR RUIM PÉSSIMO
Assiduidade (comparece ao trabalho sem faltas?)
Pontualidade (não tem atrasos?)
Trabalho em equipe (sabe trabalhar em equipe?)
Criatividade (costuma inovar?)
Produção (realiza as atividades solicitadas?)
Resolução de problemas (sabe resolver problemas?)