Artigo

Principais desvantagens da terceirização e como evitá-los no seu negócio

Publicado 25 fevereiro 2022
Última atualização em 25 fevereiro 2022

Terceirização, relação B2B ou outsourcing, as três expressões remetem a prestação de serviços de empresa para empresa, mas, apesar de muito comum atualmente, será que existem desvantagens da terceirização?

Segundo o Information Services Group (ISG), o valor anual de contratos de terceirização em 2018 totalizaram US$ 47,8 bilhões, representando um aumento de 18% em relação ao ano anterior, e os setores que mais impactaram esse crescimento foram TI e infraestrutura.

Apesar de todo o aumento de faturamento que a terceirização de serviços tem motivado no mundo, existem alguns cuidados que precisam ser tomados, para que as desvantagens da terceirização não superem suas vantagens.

Para você entender os riscos da terceirização 20, e conseguir prevenir seu negócio de grandes problemas, reunimos neste conteúdo, informações como:

  • quais os riscos de se terceirizar um serviço;
  • quais as principais desvantagens da terceirização;
  • quais cuidados devem ser tomados ao terceirizar serviços;
  • dentre outros apontamentos.

Leia com atenção, aproveite o conteúdo e anote as dicas!

O que é a terceirização?

A terceirização de serviços é a prática que muitas empresas adotam, ao contratar outros negócios para realizarem serviços específicos dentro dos seus empreendimentos.

Normalmente, a terceirização é firmada por meio de contrato entre a empresa tomadora e o negócio terceirizado, onde devem constar informações específicas do empreendimento terceirizado e seus serviços prestados.

No Brasil, para aumentar a segurança das empresas envolvidas em um contrato de terceirização, foi desenvolvida a Lei da Terceirização, que era a Lei n.° 6019/1974, que foi alterada com a Reforma Trabalhistas do país, onde passou a vigorar a Lei n.° 13.467/2017.

Essa lei estabelece diretrizes básicas para a prestação de serviços de terceiros, a fim de evitar que empresas burlem normas trabalhistas.

Terceirização e outsourcing são a mesma coisa?

O termo outsourcing é uma palavra em inglês, que quando traduzida para o português significa "fonte de fora". 

Sendo assim, dizer que terceirização e outsourcing são a mesma coisa não está totalmente errado, afinal, ambas as expressões remetem a contratação de serviço de terceiro. Porém, existe sim um pouco de diferença de aplicação das duas estratégias.

Enquanto o outsourcing preza por atuar de maneira mais estruturada, de forma terceirizada, em um setor específico de uma empresa, como em áreas de TI, RH, financeiro ou logística; a terceirização de serviços mais gerais, não é algo ligado a um setor específico, e nem exerce interferência estratégica em outras empresas.

É importante dizer que a terceirização de serviços tem vantagens e desvantagens, e é essencial que antes das empresas contratarem outros negócios para realizar tarefas em seus empreendimentos, entendam bem quais são as vantagens e desvantagens da terceirização.

Mas, antes de continuar nessa leitura, assista a seguir “Outsourcing”, um TED Talks onde o engenheiro civil e profissional de gestão, Andrew Gower, explica um pouco sobre o tema.

Como anda a terceirização no Brasil?

A terceirização no Brasil é um dos setores trabalhistas que mais empregam, e, segundo os dados mais atuais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) sobre o assunto, que correspondem a julho de 2018, 22% dos trabalhadores brasileiros formais se enquadram como terceirizados.

Esse fator tem corroborado para o surgimento de muitas empresas terceirizadas, sendo hoje muito comum encontrar profissionais de TI, marketing e vendas, e até mesmo empresários que atuam de maneira individual, oferecendo mão-de-obra mais econômica para grandes empresas.

A terceirização garante a prestação de serviços específicos, o que, de modo geral, é muito mais barato do que a contratação direta de profissionais, reduzindo a preocupação dos negócios com o pagamento de direitos trabalhistas como férias, benefícios e licenças.

Exemplos de terceirização

São muitos os setores de uma empresa que podem ser terceirizados, e isso incluí:

  • call center: é muito comum que grandes empresas terceirizam seus serviços de atendimento relacionados a SAC e prospecção de clientes, já que montar uma grande central de atendimento pode ser muito custoso;
  • setor de limpeza: é uma dos setores mais terceirizados em grandes negócios, pois não requer contratação direta de um grande número de profissionais;
  • salas de reunião: muitas startups atuam parcial, ou totalmente home office atualmente, e isso dispensa o grande gasto com o aluguel de imóveis, sendo assim, é comum que empresas aluguem salas de reunião de empresas terceirizadas;
  • empresas de TI: negócios que possuem um setor de tecnologia, sabem o quanto é caro manter maquinário de última geração, softwares sempre em dia com as atualizações, além de profissionais qualificados da área, por isso, a terceirização do setor é recorrente, e muito mais barata para os empreendimentos;
  • dentre outros.

Quais as vantagens da terceirização de serviços?

A terceirização de serviços pode ser muito vantajosa, desde que a empresa contratante tenha bem planejado, quais as suas necessidades, e principalmente, quais os valores pretende desembolsar para contratar serviços de terceiros.

Dentre os principais benefícios que esse modelo de contratação de serviços pode somar, podemos destacar:

  • a redução de custos com contratações;
  • a velocidade das contratações terceirizadas;
  • salvaguarda jurídica, garantida pela Lei da Terceirização;
  • a priorização de atividades;
  • otimização de recursos;
  • dentre outras.

Quais os riscos de se terceirizar um serviço?

Apesar das vantagens citadas acima, é muito importante dizermos que existem muitas desvantagens da terceirização, isso porque, caso a empresa não escolha bem a empresa prestadora de serviço, o contrato poderá render mais prejuízos do que economia para o negócio contratante.

Questões trabalhistas

Dentre as desvantagens da terceirização, podemos citar a questão de ilegalidades, que, quando comprovadas, podem causar consequências às empresas envolvidas, principalmente a contratantes.

Você deve estar se perguntando por qual motivo isso acontece, e a explicação é: a terceirização de serviços é possível quando uma empresa contrata outra empresa, porém, quando isso gera vínculo direto entre contratante e terceirizado, o contrato de terceirização pode ser considerado ilegal, e gerar questões trabalhistas para a empresa contratante.

Empresas desqualificadas

Das desvantagens do outsourcing, a falta de qualidade do serviço prestado pode ser um fator de risco da terceirização 20, isso porque, alguns profissionais podem oferecer uma coisa e entregar outra.

É importantíssimo que os negócios busquem por terceirizados de qualidade, para que problemas futuros sejam evitados.

Falta de padrão

Profissionais terceirizados não vivenciam a realidade da empresa, e, por esse motivo, desconhecem as estratégias e planejamento do negócio.

Sendo assim, uma das desvantagens da terceirização notada por muitas empresas, é que equipes terceirizadas podem não seguir o padrão de qualidade ou serviço da empresa contratante. Isso pode descaracterizar, e em muitos casos prejudicar a qualidade e a entrega de serviços de um negócio.

Dependência

Muitas empresas terceirizam serviços de limpeza, relacionamento, comunicação e marketing, TI, dentre outras áreas. E muitas delas se tornam totalmente dependentes dos serviços terceirizados.

Esse é um dos grandes pontos negativos da terceirização, que podem tornar empresas reféns de serviços, que, ao longo do tempo, podem se tornar ruins.

Comprometimento da qualidade da prestação de serviço

Outra desvantagem da terceirização, está diretamente relacionada à qualidade do serviço oferecido pelas empresas, principalmente quando essa terceirização está relacionada ao atendimento ao cliente.

Isso acontece porque muitas empresas terceirizadas têm seus próprios padrões internos, que, num primeiro momento, podem ser diferentes dos padrões da empresa contratante.

Alta rotatividade

Quando uma empresa contrata um profissional terceirizado, apesar do contrato estabelecido, não existe um vínculo da empresa com esse profissional. 

Claro que algumas condições são estabelecidas para a contratação do serviço terceirizado, mas, a verdade é que o profissional terceirizado é livre para seguir ou não prestando serviços para um negócio.

Além disso, uma das grandes desvantagens da terceirização está na falta de integração entre empresa e terceirizado, quando o serviço prestado teoricamente não exerce grande impacto na questão organizacional do contratante.

Por isso, é muito importante que as empresas observem bem as empresas e profissionais com quem fecham serviços terceirizados, para que não se veja na mão com um prestador de serviços.

Quais cuidados devem ser tomados ao terceirizar serviços?

Por conta das inúmeras desvantagens da terceirização, alguns cuidados preventivos devem ser tomados na hora de contratar um profissional ou empresa terceirizada. Isso porque, de nada adiante o negócio conseguir economizar, se, no final das contas a contratação render mais prejuízos que ganhos.

Pensando nisso, veja a seguir cinco cuidados que devem ser tomados ao terceirizar serviços.

  1. Busque recomendação e qualificação

Como vimos, uma das desvantagens da terceirização é a falta de qualidade dos serviços oferecidos por empresas.

De nada adianta um negócio conseguir economizar em uma contratação, se o produto final não oferecer qualidade e boas experiências, principalmente quando o serviço contratado afetar o relacionamento com os clientes.

Pensando nisso, é fundamental que as empresas se preocupem em encontrar empresas terceirizadas que disponham de bons profissionais, e desempenhem um serviço de muita qualidade. 

Para isso, dois fatores precisam ser considerados antes de fechar uma contratação, são eles: recomendação e qualificação. Se a terceirização somar as duas coisas, a possibilidade do serviço prestado ser de qualidade é bem grande.

  1. Transparência

Outro fator que conta positivamente na hora de contratar uma empresa terceirizada, é a sua transparência ao fazer negócios. 

É importante entender:

  • quem são os profissionais que prestam serviços na empresa terceirizada;
  • como eles são tratados;
  • quais os seus diferenciais;
  • se apesar deles serem profissionais mais baratos, eles recebem o que lhes é direito;
  • se todas as documentações da empresa seguem as normas do trabalho terceirizado;
  • dentre outras informações relevante para que um contrato de terceirização seja firmado.

Esses dados são relevantes, pois, quanto mais transparente é a empresa, menos erros ela comete, o que, para um negócio contratante, é fundamental saber.

  1. Valores competitivos

A frase “o barato sai caro” se encaixa perfeitamente às desvantagens da terceirização, por isso é melhor valorizar qualidade, do que se importar com preço, em casos de serviços terceirizados.

Valores muito abaixo do que os praticados no mercado, pode impactar na qualidade dos serviços oferecidos, afetando diretamente no resultado das estratégias das empresas.

Terceirizar o atendimento ao cliente é uma boa?

Apesar de todas as vantagens e desvantagens da terceirização de serviços, é importante dizer que em alguns setores, como o atendimento ao cliente, a terceirização é fundamental, pois, com uma equipe a parte para realizar o relacionamento com os consumidores, fica muito mais fácil oferecer boas experiências de atendimento.

Ainda assim, é necessário que as empresas observem bem as qualificações das empresas contratadas para isso, afinal, os SACs dos negócios são setores que lidam diretamente com os clientes, por isso precisam ser qualificados e devem estar alinhados com as estratégias dos contratantes.

Nesses caso as desvantagens da terceirização podem ser superadas com treinamentos específicos, capazes de dar a empresa terceirizada a cara do atendimento da empresa que contrata.

Como identificar a melhor empresa terceirizada para melhorar o atendimento de uma empresa?

Como vimos, a terceirização de serviços possuí muitas vantagens e desvantagens, sendo as desvantagens muito mais perigosas para os empreendimentos. 

Por isso, para que a terceirização de atendimento renda bons frutos, é fundamental que ao contratar uma empresa terceirizada, o empreendimento entenda bem as qualificações do negócio que está contratando.

Atualmente, diversas empresas lidam com o atendimento terceirizado, mas, para elas serem qualificadas, é necessário que contem com:

  • agentes de atendimento bem treinados;
  • uma estrutura de relacionamento bem planejada;
  • um software de atendimento qualificado;
  • e disponha de um boas estratégias para fidelizar os clientes.

Gostou de entender um pouco mais sobre a terceirização de serviços e as suas desvantagens?Leia também “Acesso remoto: o que é, como funciona e os benefícios de usar esse recurso no atendimento ao cliente.”, e entenda a importância de um software como o Zendesk para atendimento ao cliente organizando a estrutura de relacionamento com os consumidores, de uma empresa terceirizada.