Artigo

Segmentação de cliente: o que é, quais são seus tipos e benefícios?

Por Douglas da Silva, Web Content & SEO Associate, LATAM

Publicado 16 março 2021
Última atualização em 16 março 2021

A segmentação de cliente é um conjunto de ações que seleciona aspectos em comum da base de clientes e os divide em grupos distintos. Ela conta com quatro tipos diferentes e se apresenta como uma estratégia eficiente para atingir leads qualificados, melhorar a negociação e aumentar as vendas. 

Para entender de forma completa esse conceito, compreender sua aplicabilidade e descobrir seus benefícios, basta seguir com sua leitura, a qual abordará:

  • O que é segmentação de marketing?
  • O que é segmento de clientes no Canvas?
  • Quais são os 4 tipos de segmentação de mercado?
  • Segmentação demográfica e geográfica: quais são seus principais aspectos?
  • Segmentação comportamental: o que é?
  • O que é segmentação psicográfica?
  • Quais os benefícios da segmentação de cliente?

O que é segmentação de marketing?

A segmentação de marketing é a prática de dividir o público-alvo de uma empresa em classes semelhantes. Por meio dela, é possível criar subgrupos específicos e detalhados com base em dados demográficos, necessidades, prioridades, demandas e em outros critérios psicográficos, geográficos ou comportamentais. 

O que é segmento de clientes no Canvas?

É um modelo de negócios que traz uma representação visual dos principais aspectos de cada conjunto de clientes. Dividido em blocos, ele apresenta referências importantes sobre a base de consumidores, como o alcance, a profundidade da dor, como cada segmento está aberto para aderir ao produto do negócio, o orçamento destinado a cada um e o Lifetime Value. 

Quais são os 4 tipos de segmentação de mercado?

  • segmentação demográfica: que pode ser B2C ou B2B;
  • segmentação geográfica: baseada em região ou país;
  • segmentação comportamental: que traz aspectos mais subjetivos dos indivíduos e se baseia em suas atitudes;
  • segmentação psicográfica: que apresenta o estilo de vida e a personalidade do grupo e é fundamentada em suas ideias e pensamentos. 

Segmentação demográfica e geográfica: quais são seus principais aspectos?

A segmentação demográfica pode ser dividida em B2C e B2B. A primeira se baseia na classificação em atributos individuais e traz aspectos como gênero, idade e nível de escolaridade. Outros exemplos de segmento de clientes desse tipo são: renda e número de pessoas na família. 

Já a segunda conta com as especificidades das empresas, como número de funcionários, área de atuação e localização. 

A segmentação geográfica é considerada o tipo mais simples. Ela, como o próprio nome sugere, define os consumidores por área, que pode ser mais ampla, como o país, e mais específica, como zona urbana e zona rural. 

Segmentação comportamental: o que é?

A segmentação comportamental envolve as ações dos clientes, como seus hábitos de compra, padrão de consumo, quantidade de interações com a marca e canais preferidos.  Ela traz aspectos mais profundos dos consumidores e, desse modo, revela sua consciência e fidelidade em relação à empresa. 

Ela requer um conhecimento mais extenso dos clientes e demanda análise de dados. Para ser mais precisa e, assim, direcionar estratégias condizentes com a jornada de compra e com o momento do cliente, ela exige estudos mais intensos e soluções tecnológicas que tragam o histórico do consumidor e que apresentem seus parâmetros de compra. 

O que é segmentação psicográfica?

A segmentação psicográfica se parece com a comportamental, mas ela se concentra mais nas características psicológicas dos consumidores. Em linhas gerais, podemos estabelecer que a segmentação psicográfica se baseia no pensamento e nas ideias, enquanto a comportamental tem como foco a análise das ações. 

Alguns exemplos de segmento de clientes desse tipo são: estilo de vida, status social, valores pessoais, motivações, crenças e personalidade. 

Ela é conduzida, principalmente, com base em “como as pessoas pensam que são” e “no que elas desejam ser”. Logo, traz conceitos mais subjetivos e demanda uma abordagem diferenciada em relação ao tipo de linguagem utilizada e ao tratamento oferecido. 

Quais os benefícios da segmentação de cliente?

Os principais benefícios da segmentação de clientes são:

Direcionar campanhas certas no momento adequado

A segmentação de cliente permite que você conheça com profundidade tanto os desejos como as objeções de sua base. Logo, ela otimiza a qualidade das campanhas, uma vez que a linguagem, a mensagem, a abordagem e o timing são mais assertivos. 

Essa assertividade reflete diretamente no ROI do seu investimento em campanhas, visto que evita desperdícios necessários com ações equivocadas de marketing. 

Melhorar o processo de fidelização

Com dados e fatos reais sobre os mais diferentes aspectos dos grupos, é possível personalizar mensagens, oferecer um atendimento diferenciado e, assim, melhorar a satisfação de seus consumidores. 

Essas práticas despertam um sentimento de exclusividade no cliente, uma percepção essencial para que ele se mantenha leal a uma marca. 

Oferecer insights sobre o desenvolvimento de produtos 

Todo o conhecimento sobre o comportamento e sobre os aspectos que levam o seu público a realizar determinada ação de compra gera insights poderosos sobre a criação de novas soluções. 

Isso porque, com a segmentação de cliente, é possível entender o que sua audiência deseja, compreender os gaps do mercado em relação às suas necessidades e prever a aceitação de sua base perante um novo produto. 

Potencializar o reconhecimento sobre a marca

Como esse processo melhora a satisfação dos clientes, ele potencializa tanto a retenção, como a lealdade, como também incrementa o reconhecimento sobre a marca. 

Em outras palavras, o cliente consegue perceber o real valor de seu negócio, em um sentido mais profundo do termo e, assim, começa a relacionar a sua marca com qualidade de vida e bom atendimento, entre outras questões. 

Considerando que as pessoas dividem suas experiências em suas redes sociais, é possível compreender como essa estratégia aumenta o reconhecimento de um negócio não só diante de seus consumidores, mas perante o mercado. 

Para analisar, monitorar e agir com base nas necessidades de seus clientes, adotar uma solução tecnológica de qualidade, como o software de atendimento ao cliente da Zendesk representa uma boa alternativa. 

A Zendesk não só facilita as coisas para a gestão de atendimento aos seus clientes, como também leva a sua equipe ao sucesso, otimiza a experiência de seus consumidores e mantém a sua empresa em sincronia.

Para entender como o  software de suporte ao cliente da Zendesk funciona, convidamos você a testá-lo gratuitamente. 

Software para atendimento ao cliente

A Zendesk oferece um software de atendimento ao cliente para monitorar e resolver tickets de suporte com mais eficiência e rapidez.