Artigo

O que é nicho de mercado? 5 passos para definir o seu porque se preocupar com isso?

Por Douglas da Silva, Web Content & SEO Associate, LATAM

Publicado 5 outubro 2021
Última atualização em 6 outubro 2021

Iniciar um negócio demanda atenção a várias frentes, desde financeira até a demanda do mercado pelo tipo de produto ou serviço que você vai oferecer, isso sem contar as diversas outras decisões que devem ser tomadas para ampliar suas chances de alcançar o sucesso. Mas, sem dúvidas, definir o que será vendido e para quem, é uma das decisões que exigem mais dedicação e pesquisa. E para isso, entender o que é nicho de mercado é indispensável. 

O nicho de mercado escolhido pela sua empresa é o que vai definir:

  • os tipos de produtos e serviços comercializados,
  • a persona da empresa, 
  • os canais de venda, 
  • as campanhas de publicidade, 
  • o local em que a sua empresa deve ser aberta, 
  • onde anunciar, 
  • quais serão seus concorrentes, 
  • qual será o nível de dificuldade de entrada no mercado e mais.

De maneira geral, entender o que é nicho de mercado e definir o da sua empresa é o que vai decidir todos os próximos passos do negócio. 

Indo além, a definição do nicho de mercado da empresa pode definir o destino da empresa, direcionando-a para o sucesso ou fracasso. 

Mas, afinal, o que é nicho de mercado e como definir o da sua empresa? Continue lendo e encontre as respostas para essas e outras perguntas.

O que é nicho de mercado?

Nicho de mercado é uma segmentação específica dentro de um setor empresarial. É um recorte de uma área que atende as necessidades mais específicas de um grupo de pessoas. Geralmente, o nicho de mercado é valioso quando há poucas empresas atuando de forma tão específica, para atender a aquele público em particular. 

Que tal um exemplo para te ajudar a entender o que é nicho de mercado? Imagine que você deseja abrir uma loja online de roupas. Esse é o setor em que você deseja atuar. Agora, considere que você irá abrir uma loja virtual de roupas esportivas, mas não qualquer tipo de peça, apenas vestuário para ciclismo. Esse é um exemplo de nicho de mercado no qual a sua empresa pode atuar: roupas para ciclismo. 

Perceba que ele é muito mais específico do que o setor de roupas ou roupas esportivas. 

Mas, agora, você pode estar pensando, mas o nicho de mercado faz com que meu público diminua. Afinal, menos pessoas procuram por roupa de ciclismo do que por roupas esportivas.

A verdade entretanto é que quando você segmente um público você se torna mais relevante para ele. Além disso, reduz a concorrência que precisará enfrentar e atende a necessidades claras de um segmento, o que facilita a sua comunicação com aquele público e, potencialmente, amplia os resultados que a sua empresa terá na conversão de clientes. 

O nicho representa então uma fatia de mercado que engloba um público com características semelhantes e com necessidades específicas, ainda pouco exploradas pelo mercado. 

Ao definir um nicho de atuação, sua empresa passa a direcionar seus investimentos para atingir a esse mercado ainda pouco explorado, que está em busca de soluções para suas demandas específicas e que ficaria grato de conhecer uma empresa que atende a essas demandas. 

A importância do nicho de mercado em sua estratégia

A principal razão de estabelecer um nicho de mercado seguindo as características que listamos acima é a possibilidade de se destacar mais facilmente diante do público que você deseja atingir e assim alcançar o sucesso em menos tempo e com menor investimento.

Isso é possível porque, se você escolheu um bom nicho, não existem muitas outras empresas que atendam as demandas desse mercado. Logo, além da pouca concorrência, a empresa surge e acaba se tornando uma referência para os consumidores, mesmo com pouco tempo de mercado. 

Nessa mesma linha, a definição de um nicho de mercado eficiente contribui para a otimização dos investimentos que serão necessários para alcançar seu público, ou seja, será mais fácil criar uma segmentação de anúncios que alcance o público com perfil de cliente ideal da empresa. 

Isso sem contar que, ao impactar as pessoas certas, você amplia as taxas de cliques e conversão, levando para sua empresa um público qualificado e interessado no que você tem a oferecer. 

E o melhor de tudo, estamos falando de um grupo de pessoas que não tem muitas opções além da sua empresa e está disposto a pagar para ter sua necessidade atendida. 

Em suma, ao definir um nicho de mercado que seja realmente valioso, é mais fácil se destacar para o público que deseja atingir e agregar valor com um investimento muito menor e um retorno maior. 

Vale lembrar que clientes que fazem parte desses nichos, geralmente, estão dispostos a pagar mais por um produto que resolva suas necessidades e dores, e que se comunique diretamente com ele.

Em resumo, entre as vantagens de definir um nicho de mercado em sua estratégia de vendas estão:

  • menor concorrência
  • público mais qualificado
  • redução da necessidade de investimento, 
  • maior retorno sobre investimento
  • redução do custo de aquisição de clientes,
  • facilidade para a identificação de possíveis parcerias, 
  • assertividade nas campanhas de marketing e vendas, e mais. 

Tipos de nicho de mercado?

Antes de seguirmos para o passo a passo de como definir nicho de mercado, é preciso entender os tipos de nicho que podem ser criados. Esses nichos são definidos de acordo com a segmentação escolhida:

  • Segmentação geográfica
  • Segmentação demográfica
  • Segmentação psicográfica
  • Segmentação comportamental

Aprenda mais sobre cada uma, a seguir. 

Segmentação geográfica

É o tipo de segmentação que considera a localização da empresa e dos clientes que ela deseja atender: A segmentação geográfica pode acontecer por:

  • país, 
  • estado, 
  • cidade, 
  • região dentro da cidade. 

Estudar os seus concorrentes dentro dessa localidade é fundamental até mesmo para criar diferenciais. Lembre-se de atender e conhecer as características culturais da região. 

Segmentação demográfica

A segmentação demográfica considera características do público e não da região em que ele está. Entre esses atributos estão: 

  • gênero, 
  • idade, 
  • religião, 
  • renda,
  • grau de instrução.

Segmentação psicográfica

Ao observar as características psicográficas do seu mercado é necessário considerar informações como:

  • personalidade, 
  • estilo de vida, 
  • interesses, 
  • valores, e mais.

Como você pode perceber, são informações que vão criando um personagem que humaniza seu cliente, dando a ele características individuais e contribui para que você entenda mais facilmente quais são as dores, desejos e necessidades dele.

Segmentação comportamental

Ao definir o nicho da sua empresa a partir do comportamento dos clientes em potencial, será necessário listar: 

  • hábitos de consumo, 
  • comportamentos,
  • momentos da vida pelo qual estão passando, 
  • facilidades procuradas, 
  • dores, desejos e necessidades, e mais.

A partir dessas segmentações é indicado que você crie uma persona do cliente ideal da sua empresa. Com ela em mente (e no papel) será mais fácil direcionar suas campanhas, definir o mix de produtos e serviços, e mais.  

Como definir nicho de mercado? 

Entendido o que é nicho de mercado e quais os seus tipos, seguimos para a compreensão de como encontrar um segmento que realmente seja benéfico para o crescimento da sua empresa. 

O passo a passo de como definir um nicho de mercado inclui:

  1. Pesquise no mercado as tendências de consumo
  2. Avalie seus hobbies e paixões
  3. Aproveite conhecimentos que você já tem (e busque por mais)
  4. Avalie a demanda do mercado
  5. Identifique um problema

1. Pesquise no mercado as tendências de consumo

Como você pode imaginar, existem milhares de nichos de mercado que podem ser atendidos, e buscar referências no mercado sobre quais são as tendências de consumo é uma forma de começar a ter contato com essas possibilidades de negócio. 

Segundo o relatório “Tendências Globais de Consumo 2021” da Euromonitor alguns dos desejos de mercado que devem ser considerados pelas empresas são:

  • “reconstruir melhor”, cada vez mais a valorização e o consumo é voltado para empresa que investem em sustentabilidade e valores associados à construção de um mundo melhor, 
  • “desejo por conveniência”, nesse sentido, o relatório aponta que “as empresas devem manter a agilidade e a continuidade da jornada de compra em todos os canais”
  • “oásis ao ar livre”, representa a busca por locais abertos e que ofereçam contato com a natureza, para os especialistas “as empresas devem adaptar sua estratégia de desenvolvimento de produtos para abranger a tranquilidade da vida rural em ambientes urbanos e, assim, atender melhor aos insatisfeitos com as cidades”,
  • “realidade figital”, é fundamental que as empresas se adaptem realmente a um mundo em que não há divisão entre físico e digital, oferecendo esse tipo de experiência ao cliente,
  • “otimizando o tempo”, segundo o relatório “as empresas devem propor soluções que atendam ao desejo do consumidor de otimizar seu tempo, oferecendo uma maior flexibilidade”, essas e outras tendências você confere no relatório completo.

Conhecer esses movimentos do mercado vai ajudar você na busca por insights para a criação de um nicho específico e atual, que seja realmente de valor para as pessoas.

 

2. Avalie seus hobbies e paixões

Quando lidamos com um público muito específico é preciso mergulhar nesse universo para que realmente a sua empresa transmita autenticidade e paixão, a mesma que o consumidor possui.

Quando você realmente tem paixão pelo nicho de mercado em que atua, todo o trabalho fica mais fácil, inclusive a busca por produtos e serviços que são necessários ao setor e na criação de uma comunicação mais eficiente

As suas paixões podem ser compartilhadas por outras pessoas e permitir que você inicie um negócio em torno disso. 

Além disso, ao olhar para as coisas que você gosta de fazer, fica mais fácil identificar faltas e assim buscar preenchê-las com produtos ou serviços.

Observar o que você gosta pode ser um caminho eficiente para a definição de um nicho de mercado de sucesso!

3. Aproveite conhecimentos que você já tem (e busque por mais)

Seguindo a dica acima, uma das formas de definir o nicho de mercado em que você irá atuar é observar quais são as suas habilidades, o que você sabe fazer, com o que já trabalhou, qual é a sua formação, e mais. 

Todas essas suas experiências podem te ajudar a criar produtos e serviços que sejam de valor para o consumidor.

Engenheiros, por exemplo, podem criar uma forma mais sustentável de construção, que preserva recursos do planeta e diminui o custo das obras para o consumidor. 

Perceba que nesse caso, o nicho de mercado foi definido a partir do conhecimento do profissional e da identificação de duas tendências de mercado, que são a sustentabilidade e a economia.

Observe as suas habilidades e como elas podem ser usadas para atender a um nicho específico.

4. Avalie a demanda do mercado

Além de identificar as tendências de consumo, outra boa prática que pode te ajudar a definir o nicho de mercado e pesquisas sobre as demandas atuais do mercado.

Para isso, existem diferentes ferramentas, inclusive gratuitas, que vão contribuir para essa pesquisa, entre elas: 

  • Keyword planner do Google, apresenta o comportamento de busca por determinado produto, nicho ou serviço e pode te ajudar a ter insights sobre o segmento com o qual deseja trabalhar,
  • SEMRush, acompanha os principais termos buscados dentro de um determinado setor, 
  • Buzzsumo, identifica temas que estão sendo abordados ao redor no mundo,
  • Google Trends, identifica tendências de pesquisa, consumo e temas, entre outras.

5. Identifique um problema

Tudo o que falamos até aqui nos traz a essa dica de como definir nichos de mercado para sua empresa. Isso porque o grande pulo do gato de nichos bem segmentados é oferecer soluções diferentes para necessidades, dores e desejos de um público disposto a comprar, mas que possui poucas opções para isso

Logo, uma das formas de garantir que o nicho escolhido tem potencial de levar você ao sucesso é identificar quais são os problemas enfrentados por quem faz parte dele.

Com essas questões em mãos é hora de listar as soluções que podem ser criadas por você

De maneira geral, negócios que surgem para solucionar problemas de um nicho específico possuem um grande potencial de sucesso. 

Um exemplo de nicho de mercado que foi conquistado a partir dessa identificação é o nicho de hotéis e hospedagens para animais de estimação. 

Quando o site e todo o sistema da DogHero foi criado para conectar donos de pets e pessoas que estavam dispostas a cuidar desses animais, seu objetivo era - e ainda é - solucionar os problemas que tutores de animais tinham ao viajar ou quando precisavam trabalhar o dia todo e deixar seus animais sozinhos.

Cada vez mais pessoas possuem animais de estimação que hoje são considerados um membro da família. O setor movimenta milhões de Reais todos os anos. A empresa foi criada para atender a um nicho de mercado que tinha um problema claro, que foi solucionado. 

E você? Qual problema você deseja solucionar? Já sabe qual será o nicho de mercado que irá atender? É hora de começar a colocar a mão na massa!

Como se tornar uma autoridade no seu nicho de mercado?

Nicho de mercado definido é hora de criar sua empresa, desenvolver seus serviços ou produtos, organizar as ações de marketing, criar uma identidade, investir na atração de clientes e gerenciar o atendimento, fundamental para  a conversação e fidelização da base de clientes. 

É importante lembrar que consumidores que fazem parte de um nicho segmentado, buscam por uma experiência personalizada com a empresa, sendo ainda mais exigentes com essa relação do que consumidores de nichos amplos. 

A relação entre cliente e empresa deve receber um cuidado ainda mais especial por parte do negócio, sendo fundamental para a manutenção de um relacionamento a longo prazo. 

Vale lembrar que nichos de mercado possuem um público menor, logo, é necessário fazer com que os clientes que chegam, optem por ficar, realizar novas compras, se manterem fiéis ao seu serviço ou produto.

Para isso, é fundamental a adoção de ferramentas e soluções voltadas à gestão de vendas e ao atendimento da sua empresa, que permitem a personalização da comunicação, um atendimento ágil e eficiente, e mais. 

O sistema de CRM para equipe de vendas pode ser usado antes e após a conclusão de um negócio. O software contribui, entre outras coisas, para otimizar os processos e etapas de vendas e analisar dados para melhoria e otimização das suas estratégias

Outra solução, o software de atendimento ao cliente, oferece funcionalidades para análise, monitoramento e definição de ações com base nas necessidades de seus clientes, além de dezenas de outros recursos, para otimizar os resultados do setor. 
Entre em contato com a Zendesk, faça um teste gratuito das nossas soluções que vão contribuir para a sua gestão de KPIs e descubra o que podemos fazer para te ajudar a melhorar o desempenho da sua empresa.