Ir para o conteúdo principal

Artigo 11 min read

5 aplicativos de controle de vendas + 7 dicas para gestão comercial

Por Douglas da Silva, Web Content & SEO Associate, LATAM

Última atualização em 13 dezembro 2022

Em um negócio mais simples, uma planilha de controle de vendas pode ser o bastante para manter uma gestão organizada, principalmente considerando que uma única pessoa atua na comercialização de produtos e controle do estoque.

No entanto, à medida que temos uma empresa mais complexa ou que atua em diferentes canais ao mesmo tempo, é preciso aumentar o cuidado com a organização interna. Nesse ponto, temos alternativas cada vez mais assertivas entre os aplicativos de controle de vendas.

Esses apps estão disponíveis para smartphones de todos os tipos, com versões gratuitas e pagas, conferindo uma opção de alto nível até para pequenas e médias empresas, fazendo com que o profissionalismo desses empreendimentos fique otimizado.

Na prática, eles servem como ferramenta administrativa para acompanhar o faturamento, medir a performance dos vendedores e observar a flutuação dos produtos em estoque. Com isso, vemos ainda que atendem mais que o setor de vendas, abrangendo também a logística e o financeiro.

Por atender uma necessidade de grande importância para o sucesso de uma empresa, reunimos um guia com 5 opções de aplicativo para controle de vendas, porém, achamos importante ir além e mostrar toda a relevância dessa atividade, assim como dicas para que sua execução seja realizada adequadamente.

Continue lendo e veja como essas ferramentas contribuem para a gestão e saúde operacional do seu negócio.

O que é o controle de vendas?

Para começar, vamos definir o que é o controle de vendas. De modo geral, essa atividade consiste no registro, análise e acompanhamento de informações sobre o fluxo operacional de uma empresa, avaliando o desenvolvimento do processo de recebimento de produtos no estoque até o seu envio ao cliente.

Ela abrange as atividades de produção, compra, venda, estoque e logística de um negócio, servindo para organizar as entradas e saídas de recursos, acompanhando os eventos que resultam da sua estratégia de mercado, ao mesmo tempo que permite visualizar na prática a interação com seus consumidores.

Independente do modelo de negócio ou mercado de atuação, essa atividade se mantém relevante para a saúde de um empreendimento, já que ela visa garantir o uso inteligente dos recursos e que as negociações concretizadas sejam devidamente atendidas.

Qual a importância de realizar o controle de vendas e estoque na sua loja?

Saber como fazer o controle de vendas é essencial para assegurar a sobrevivência de uma empresa, considerando que ela permite visualizar os recursos disponíveis, realizar projeções, embasar estratégias e, acima de tudo, garantir um uso inteligente e focado no melhor aproveitamento possível.

Com base nos dados apontados pelo controle de vendas, é possível criar estratégias de vendas, captar clientes, planejar metas mais assertivas e direcionar os esforços da sua equipe para obter o melhor faturamento com base no que a empresa é realmente capaz de alcançar.

Investir nessa etapa de gerenciamento pode fazer com que os planejamentos estratégicos sejam mais confiáveis. Por exemplo, ao observar os períodos de maior venda para determinados produtos no seu catálogo, é possível planejar suas compras para reforçar os estoques, vender mais e melhorar a receita.

Essa organização permite criar estratégias de sucesso, já que ela ressalta os fatores previsíveis relacionados à sua operação.

Ela também permite observar diretamente o fluxo de caixa, avaliando a saúde financeira da empresa em cada período. Assim, é possível reconhecer os momentos mais adequados para realizar certos investimentos ou entrar em modo de economia.

Por fim, temos a importância do controle de vendas para o estoque, que permite manter níveis seguros e mais econômicos dos itens armazenados, para possibilitar um atendimento integral da demanda comercial, sem que eles acabem exorbitantes e parados, gerando apenas custos.

A partir disso, vemos que tanto o relacionamento com os consumidores finais quanto com seus fornecedores pode ser melhorado, já que é possível criar pedidos programados a longo prazo, favorecendo a fidelização.

Por que utilizar um aplicativo de controle de vendas?

Com tudo isso, o que indica que utilizar um aplicativo de controle de vendas pode ser a melhor alternativa para uma empresa? 

Para começar, é relevante apontar que esse recurso surgiu com base na expansão da transformação digital para empresas, que aumentou a qualidade das ferramentas digitais que contribuem para a administração de organizações, independente do tamanho da sua estrutura.

Dessa forma, vemos que o grande diferencial dos aplicativos de controle de vendas é permitir uma visualização facilitada do painel de gestão, que pode ser acessada facilmente por meio de dispositivos móveis, como tablets e smartphones.

Além disso, temos a integração dos apps para controle de vendas com outros sistemas de gestão, possibilitando a automação de processos relacionados à venda, como registro de informações do cliente e nutrição das métricas de desempenho.

Assim, não é necessário manter um controle manual desses dados, tornando o acompanhamento mais ágil, assertivo e confiável.

5 aplicativos de controle de vendas

Existem recursos para todos os modelos de negócio e níveis de investimento. Isso significa que temos tanto apps controle de estoque e vendas grátis quanto modelos mais completos, que servem como CRM de vendas mais completo.

É importante identificar qual modelo é mais adequado para sua empresa e qual tem a melhor durabilidade, ou seja, por quanto tempo ele poderá atender às suas demandas e qual a dificuldade que terá para trocar de plataforma no futuro.

Lembre-se de considerar esses fatores para escolher a alternativa mais interessante. De qualquer modo, aqui temos alguns aplicativos de controle de vendas que podem contribuir para a gestão da sua empresa:

1. Zendesk Sell

Esse é o software CRM de vendas da Zendesk, desenvolvido para atuar como sistema completo de gestão e relacionamento entre clientes, colaboradores e canais de venda. Ele permite uma visualização completa do pipeline, favorecendo a organização estratégica mesmo no curto prazo.

Com muitos recursos interessantes, a grande vantagem dessa ferramenta é que ela permite o acesso via dispositivos móveis, permitindo o controle de vendas de qualquer lugar, ao mesmo tempo que fornece todos os recursos de uma plataforma completa e desenvolvida sob medida para o uso profissional.

Isso significa que ele pode atender suas demandas por toda a evolução do seu negócio, indo muito além da utilidade como ferramenta de controle. Ao mesmo tempo, é necessário criar uma estrutura mais robusta e planejada a fim de assegurar seu melhor aproveitamento.

2. Boss

A seguir temos um aplicativo de controle de vendas e estoque com versão grátis e premium. O Boss permite um acompanhamento bem detalhado e simples, mostrando valores faturados, gastos, fluxo de caixa e níveis de estoque.

Também possibilita registrar contatos de fornecedores, clientes e parceiros, garantindo uma praticidade a mais na hora de fazer seus pedidos e interagir com oportunidades de negócio.

3. Meu Caixa

Essa é uma opção bem simples, intuitiva e prática. Com o Meu Caixa, disponível tanto para Android quanto iOS, é possível acompanhar o histórico das vendas concretizadas, acompanhar receita gerada, clientes em débito, entre outros recursos.

Ele também possui planos gratuitos e pagos (premium), que alteram os recursos acessados pelo usuário.

4. VendaPRO!

Aqui temos um app criado com micro e pequenos empreendedores em foco. Ele permite entrar em contato com o cliente para fechar vendas, cadastro de descontos e acréscimo de juros, registro e envio de orçamentos, criação de catálogo, parcelamento e gestão de caixa.

Vale mencionar que algumas dessas funções só estão disponíveis na versão premium do aplicativo, o que é padrão nesse tipo de ferramenta.

5. Koop Vendas

Permitindo um amplo controle de vendas e estoque sem qualquer necessidade de um servidor dedicado ou computador, o Koop Vendas é um app bem simples, que permite gerar relatórios de vendas, exportar e compartilhar pedidos de orçamentos, registrar dados de clientes, controlar estoque e indicar previsões de entregas.

A funcionalidade em nuvem é muito interessante, assim como a manutenção de históricos de pedidos, relação de produtos mais vendidos, vendas futuras e outras métricas que trazem insights importantes para uma empresa.

Existem diferentes planos a serem contratados, variando de acordo com o número de usuários, sendo que um deles será o administrador e os outros podem ser atribuídos aos vendedores.

Desafios para o controle de vendas

Conhecendo os principais apps para controle de vendas, podemos concluir que existem alternativas acessíveis para negócios de todos os tipos e tamanhos. Nesse ponto, é relevante entender quais os desafios enfrentados por esse setor, para identificar qual modelo é mais adequado.

Nesse caso, é interessante ficar atento aos seguintes obstáculos, antecipando as possíveis demandas que serão ocasionadas para sua operação se manter saudável:

  1. gestão de equipe: é muito importante que todos os dados trabalhados durante as vendas estejam em um ambiente seguro e monitorado, garantindo proteção às informações dos clientes e acompanhamento para a atividade dos vendedores;
  2. prospecção de clientes: identificar clientes em potencial e guiá-los através do funil de vendas é uma etapa muito importante desse controle, que precisa ficar atento ao número de interações utilizadas para fechar cada negócio;
  3. controle de fluxo de caixa: os recursos implementados na operação de uma empresa devem ser utilizados com foco no melhor aproveitamento possível, por isso, o gerenciamento de vendas também deve cobrir o fluxo de caixa, assim como dados de gastos e ganhos gerais;
  4. acompanhamento de métricas: o desempenho da sua operação pode ser medido com base no controle de vendas, por isso, é essencial que o aplicativo permita o cadastro de métricas e automação do registro desses dados;
  5. satisfação de clientes e fornecedores: um aplicativo de controle de vendas ou um CRM de vendas mais completo deve facilitar o relacionamento com clientes e fornecedores, facilitando a fidelização desses contatos para tornar a operação mais previsível e escalável.

Como fazer o controle de vendas em 7 passos?

Vamos finalizar esse conteúdo com 7 dicas de como fazer o controle de vendas na sua empresa, uma demanda que pode ser facilitada com a utilização de ferramentas como as que foram citadas nesse post.

Confira o passo a passo:

Passo 1. Registro de dados

O primeiro passo é garantir que todas as informações relacionadas a gastos, faturamentos, oportunidades geradas, vendas fechadas e perdidas, contatos de clientes e similares sejam devidamente registradas em um sistema organizado.

Essa é a base para um bom controle de vendas, permitindo a análise de diversas informações que atestam a saúde e a qualidade de uma operação.

Passo 2. Definição de objetivos

Na atuação empresarial, saber onde está é tão importante quanto saber onde quer chegar. Por isso, defina metas e objetivos para as estratégias de vendas, que irão direcionar seus esforços e servir como comparativo para os dados registrados.

Não se esqueça que essas metas precisam ser amplamente compreendidas pela sua equipe, além de permitirem um acompanhamento claro e objetivo.

Passo 3. Capacitação

A equipe de vendas precisa ser capacitada para atender as demandas atribuídas a ela e para assegurar que as metas tenham maiores chances de serem atingidas.

Mais que isso, é importante manter esse treinamento sempre atualizado e estender sua cobertura para os gestores e líderes do setor de vendas, gerando alinhamento e identificação para obter uma vantagem competitiva e melhorar o employer branding.

Passo 5. Mapeamento de vendas

As etapas do fluxo de vendas devem ser mapeadas, facilitando a visualização de cada uma delas em meio à operação diária de uma empresa. Isso mantém o pipeline organizado, previsível e com responsáveis definidos em todos os pontos de interesse.

Passo 6. Gestão de estoque

Não adianta vender um produto que não está disponível para entrega, por isso, um controle de vendas adequado inclui ferramentas de gestão de estoque e logística em suas atividades. Nesse caso, as movimentações de entrada e saída devem ter seu registro automatizado para facilitar o acompanhamento.

Passo 7. Acompanhamento de indicadores

Os indicadores de desempenho servem para fazer uma correlação entre os dados registrados, as estratégias definidas e as metas do setor de vendas. Eles que irão mostrar se a operação está sendo bem-sucedida, se temos oportunidades de melhorias ou necessidade de ajustes.

Otimize o controle de vendas com o Zendesk Sell

O CRM de vendas Zendesk Sell é a ferramenta mais completa para quem deseja vendas mais inteligentes e diretas. Com essa plataforma é possível enxergar todas as etapas do fluxo operacional, gerenciar contatos, registrar informações e analisar os resultados em um único lugar.

Ele disponibiliza um ambiente mais seguro e funcional para a gestão e atividade das equipes de vendas, que podem organizar suas ações diárias com mais praticidade, gerando um melhor aproveitamento das oportunidades de negócio, além de ser facilmente integrável com todos seus canais de venda e atendimento.

Quer mais? Então conheça todos os recursos do Zendesk Sell e veja como obter uma demonstração gratuita!

Histórias relacionadas

Artigo
12 min read

O que é copywriting e como funciona? Descubra!

Veja o que é copywriting e como funciona + técnicas de persuasão em vendas, uso correto de gatilhos mentais e como implementar tudo isso na sua empresa.

Artigo
15 min read

Processo comercial de vendas: como criar? [Passo a passo]

Qual a importância do processo comercial de vendas? Descubra quais são as etapas e veja dicas para otimizar o da sua empresa. Saiba mais!

Artigo
16 min read

Ruídos na comunicação empresarial: o que são e como evitá-los

Quais os principais tipos de ruídos na comunicação empresarial? Entenda o que são, como impactam os resultados e mais.

Artigo
12 min read

5 cases de vendas: como se tornar um exemplo de sucesso?

Conheça as estratégias usadas por empresas como Sofit Frotas, Deskfy, QuantoSobra e outras para se tornarem exemplos de cases de vendas e inspire-se.