Artigo | 7 min read

Estratégia de employee experience: confira como montar a sua!

Por Zendesk

Última atualização em 16 fevereiro 2024

Você se preocupa com a qualidade da experiência que o colaborador vive com sua empresa? Uma vez que chegou até esse texto sobre como criar uma estratégia de employee experience, vamos considerar que sim. Parabéns! Você realmente deveria se atentar a isso!

Segundo uma pesquisa divulgada pela Harvard Business Review, entre os benefícios da employee experience, está o fato de tais melhorias podem representar um aumento de mais de 50% na receita de um negócio!

Diante desse número, não precisamos ficar aqui defendendo a necessidade de cuidar dessa área, não é mesmo? Então, vamos direto ao assunto: entender o que é e como aplicar uma estratégia de employee experience em seu negócio.

Resumo

  • Employee experience (experiência do colaborador) visa criar ações que melhorem a vivência do profissional com a organização e meçam a qualidade desses contatos, principalmente em busca de retenção de talentos.
  • Os fatores que impactam a employee experience são: cultura organizacional, interações com colegas, liderança inspiradora, tecnologia adotada, ambiente de trabalho, equilíbrio entre vida pessoal e profissional, desenvolvimento etc.
  • Dicas para montar a estratégia de employee experience: colete feedbacks, valorize quem trabalha com você, ofereça oportunidades de aprendizado e desenvolvimento, escolha bem a liderança e invista no ambiente de trabalho.

Conteúdos relacionados

Neste artigo, você aprenderá

O que é employee experience?

Employee experience é um termo em inglês que pode ser traduzido como experiência do colaborador. Na prática, é um conceito usado pelas empresas para criar ações que melhorem a vivência do profissional com a organização e meçam a qualidade desses contatos, em busca de retenção de talentos.

Quando falamos sobre a experiência de um colaborador com a empresa, estamos nos referindo a tudo o que ele vive dentro do ambiente do trabalho. 

Por exemplo, o clima organizacional faz parte da formação do employee experience, pois o contato com líderes e colegas de trabalho impacta o sentimento desse profissional em relação à companhia.

Ao mesmo tempo, a qualidade das ferramentas que utiliza em seu dia a dia também diz muito sobre a percepção dele sobre a companhia. 

Imagine chegar no trabalho precisando terminar um relatório para enviar ao cliente, tentar ligar o computador e não conseguir. Agora, pense nisso acontecendo de duas a três vezes por semana, durante seis meses. Você concorda que seria uma experiência ruim e que muitos sentimentos negativos estariam envolvidos nisso? 

Por que a empresa não troca meu computador?

Que empresa é essa que deixa um computador estragado por tanto tempo? 

O quanto essa empresa está disposta a crescer, se não investe em boas ferramentas?

Meu tempo não é valorizado pela organização, logo, eu não sou um funcionário fundamental. 

Esses são apenas alguns exemplos de pensamentos negativos que podem surgir em seus colaboradores, a partir de um computador que não funciona direito, ou seja, uma experiência ruim que vive com a companhia. 

Elementos-chave da employee experience

A situação apresentada acima é apenas um exemplo de acontecimento banal, que pode impactar os resultados de employee experience. Existem muitos outros fatores que interferem nisso, como:

  • cultura organizacional positiva;
  • interações com colegas de trabalho;
  • liderança inspiradora;
  • tecnologia empregada pela companhia;
  • ambiente de trabalho;
  • equilíbrio entre vida pessoal e profissional;
  • desenvolvimento profissional;
  • possibilidade de crescimento;
  • conexão com a missão e os valores;
  • e mais.

Nesse cenário, uma estratégia de employee experience visa criar um ambiente de trabalho positivo e envolvente, com foco no bem-estar e no engajamento dos funcionários.

Logo, suas metas estão relacionadas ao alcance de colaboradores:

  • engajados;
  • motivados;
  • satisfeitos com seu ambiente de trabalho.

Continue lendo e entenda como colocar isso em prática.

Como montar a estratégia de employee experience?

A seguir, elencamos dicas práticas para aprimorar a experiência do colaborador.

#1 Colete feedback dos colaboradores

Se você deseja melhorar a experiência dos seus colaboradores com a empresa, comece perguntando para eles o que sentem em relação ao ambiente de trabalho hoje em dia.

Aprofunde questionamentos sobre o clima organizacional, a liderança, remuneração, o ambiente físico e a tecnologia empregada na companhia.

Esses são aspectos importantes de uma estratégia de employee experience. 

O foco dessa etapa é identificar problemas que estão acontecendo e encontrar elementos que possam contribuir para uma melhor experiência desses funcionários. 

Dê espaço também para que eles compartilhem opiniões e façam comentários sobre a experiência que vivem na organização como um todo.

Esse tipo de trabalho pode ser executado a partir de pesquisas anônimas, entrevistas e grupos focais.

Depois que as mudanças para melhorar a experiência dos colaboradores forem aplicadas, lembre-se de fazer a medição do employee experience para avaliar se os indicadores de satisfação estão melhorando. 

#2 Valorize quem trabalha com você

Uma vez que o objetivo é implementar estratégias de employee experience, comece priorizando seus colaboradores, valorizando as opiniões, reconhecendo os esforços e garantindo que eles se sintam seguros e respeitados. 

Nesse sentido, é preciso envolver líderes para que coloquem em prática o que não pode ficar só no discurso. 

Seus colaboradores devem se sentir seguros e livres para propor melhorias, fazer críticas e compartilhar ideias.

É essencial também criar um clima organizacional de colaboração, em que as pessoas de um mesmo time se apoiem e criem laços de trabalho fortes. 

Esse bom relacionamento leva a resultados como:

  • maior produtividade;
  • menores taxas de rotatividade;
  • mais satisfação no trabalho. 

Lembre-se que o reconhecimento também inclui boas remunerações e benefícios, além de feedbacks positivos.

#3 Ofereça oportunidades de aprendizado e desenvolvimento

O aprendizado deve ser constante. Logo, a empresa deve incentivar e oferecer canais de capacitação constantes para que os colaboradores se mantenham aprendendo e evoluindo. 

No artigo criado para a Forbes, Ann Holland, PhD em Desenvolvimento de Talentos, Consultora Organizacional e de Aprendizagem e Desenvolvimento, indicou que os funcionários ficam motivados quando têm a oportunidade de aprender e crescer em suas funções.

Sendo assim, propiciar oportunidades de treinamento pode ajudá-los a alcançar melhores resultados em suas funções, o que funciona como uma boa fonte motivação para o trabalho.

Afinal, quem não gosta de bater a meta com tranquilidade? Executar um trabalho com excelência? Ou entregar bons resultados para os clientes e gestores? 

Esse sentimento de realização, junto com a possibilidade contínua de aprendizado, é uma boa fórmula para a estratégia de employee experience.

Alie a isso a possibilidade de crescimento, criando um plano de carreira claro e transparente.

#4 Escolha bem sua liderança

Segundo o relatório da GoodHire, 82% dos trabalhadores afirmam que deixariam o emprego por causa de um líder ruim.

Isso significa que não há estratégia de employee experience sem a participação de líderes que têm os mesmos valores da companhia e valorizam seus colaboradores.

É fundamental que eles vistam a camisa e compreendam a importância de manter seus colaboradores satisfeitos e motivados. 

Isso não significa passar a mão na cabeça de ninguém. Uma liderança inspiradora é capaz de cobrar desempenho e atender às demandas dos funcionários.

É indispensável que sua empresa ofereça treinamentos de liderança para os gestores de todas as áreas, colete feedback dos colaboradores e acompanhe indicadores, como as taxas de turnover dos setores.

#5 Invista no ambiente de trabalho

Seja o espaço físico adequado e confortável ao trabalho ou as tecnologias adequadas para a realização das atividades de maneira ágil e eficiente, o ambiente de trabalho tem um impacto direto na experiência do colaborador. 

Por exemplo, a adoção de ferramentas de automação que permitem que os funcionários parem de realizar tarefas manuais e repetitivas e possam usar seu tempo para funções que exijam seu conhecimento e criatividade, tendem a aumentar a satisfação e motivação, o que resulta em melhores índices de produtividade. 

Nessa direção, uma pesquisa feita pela consultoria Robert Half mostra que 89% dos colaboradores felizes são mais produtivos.

E, se você quer investir em tecnologia para poupar tempo dos colaboradores e propiciar mais produtividade, o que melhora a employee experience, conte com o Zendesk Service

Com o apoio da inteligência artificial, seus agentes podem focar em atendimentos mais complexos, já que as demandas simples podem ser atendidas por bots.

Faça uma avaliação gratuita e, depois, escolha o plano que atende às demandas da sua empresa!

Software de suporte ao cliente

O software de suporte ao cliente da Zendesk é fácil de usar e oferece uma melhor experiência de atendimento.

Software de suporte ao cliente

O software de suporte ao cliente da Zendesk é fácil de usar e oferece uma melhor experiência de atendimento.

Experimente grátis