Ir para o conteúdo principal

Artigo 5 min read

Employer branding x employee experience: veja o que significam

Por Zendesk

Última atualização em 13 fevereiro 2024

Employer branding x employee experience: afinal, o que cada um desses termos significa e como eles podem ser usados no dia a dia do negócio? 

Antes de falar sobre as diferenças entre os conceitos, vale entender uma importante similaridade: ambos consideram o relacionamento da empresa com seus colaboradores. 

Além disso, observa-se a percepção que os funcionários têm sobre essa relação.

Será que há uma sinergia entre o que a companhia está fazendo e o que o colaborador está percebendo?

Responder a essa pergunta positivamente é essencial, se você deseja ter um negócio de sucesso, capaz de reter talentos e aproveitar o melhor de cada pessoa que está no time. 

Isso é relevante porque colaboradores satisfeitos com o ambiente de trabalho, geralmente, produzem mais. 

Já a produtividade é um indicador imprescindível para o crescimento escalável da organização. 

Contudo, ao contrário do que alguns gestores acreditam, bons salários não são suficientes para manter sua equipe engajada, motivada e produtiva. 

Mais do que isso, é vital contribuir para o bem-estar dos colaboradores.

Aliás, perder um talento é muito mais caro para a empresa do que treiná-lo, motivá-lo e buscar solucionar as flutuações comuns de produtividade.

Para se ter uma ideia, pesquisas como a divulgada pela empresa de recrutamento TLNT  mostram que o custo total para substituir um profissional de nível médio é 150% do valor do salário anual dele.

Já a perda de um funcionário de alto nível ou altamente especializado eleva a despesa para 400% do salário anual dele. Ou seja, perder um colaborador é uma grande despesa para a companhia. 

É nesse cenário que os conceitos de employer branding e employee experience são a chave do sucesso. Siga conosco para entender tudo sobre o assunto! 

Resumo
  • Employer branding mede a reputação da empresa perante os futuros, atuais e antigos funcionários. Isso ajuda a atrair talentos e reter os melhores profissionais, o que requer um bom ambiente de trabalho, por exemplo.

  • Já a employee experience visa implementar estratégias que possibilitam que o funcionário tenha uma boa experiência em sua relação com a companhia, incluindo o relacionamento com a liderança, o plano de carreira etc.

  • Para otimizar a employer branding e a employee experience, é vital entender como os colaboradores se sentem, quais são as necessidades e o que é importante para eles, compreendendo o que faz bem ao ambiente de trabalho.

Conteúdos relacionados

Neste artigo, você aprenderá

O que é employer branding?

Employer branding é o termo usado para medir a reputação que a empresa tem perante seus futuros, atuais e antigos funcionários. Como o próprio nome sugere, é o poder que a marca tem junto aos seus colaboradores. Em outras palavras, é a maneira como ela é reconhecida pela equipe.

É preciso estar sempre atento ao employer branding para que sua empresa possa atrair talentos e reter os melhores profissionais do mercado.

Para construir uma boa employer branding, é crucial:

  • promover um bom ambiente de trabalho;
  • criar uma cultura empresarial forte;
  • estabelecer uma excelente comunicação com seus funcionários;
  • oferecer uma série de benefícios que façam sentido para todos.

Leia também: Benefícios para funcionários: quais são os melhores?

O que é employee experience?

Diferente de employer branding, o termo employee experience (EX) pode ser traduzido como experiência dos colaboradores diante da organização. É um conceito que tem como plano de ação implementar estratégias internas, que, juntas, possibilitam que o funcionário tenha uma boa experiência em sua relação com a companhia. 

Isso inclui atenção a diferentes áreas, como:

  • relacionamento com a liderança;
  • clima organizacional;
  • plano de carreira;
  • treinamentos oferecidos; 
  • ferramentas disponibilizadas para agilizar a rotina de trabalho;
  • e mais.

Para entender mais detalhadamente, indicamos que você acesse o e-book gratuito “A importância de EX para os negócios” para entender os impactos positivos e os desafios de implementar uma estratégia eficiente de experiência do colaborador.

Qual a diferença entre employer branding e employee experience?

Employer branding e employee experience são conceitos relacionados, mas diferentes. Enquanto o employer branding está atrelado à reputação que a empresa tem diante de seus colaboradores, o employee experience diz respeito ao conjunto de experiências que eles vivem no negócio.

Um conceito reforça o outro, ou seja, as boas experiências (employer experience) fazem com que o colaborador tenha uma boa imagem da marca (employer branding). 

Ter uma boa reputação interna ajuda a colocar no mercado a imagem de que a empresa é um ótimo lugar para trabalhar, fazendo com que a organização consiga atrair mais talentos.

Mas essa não é a única razão para investir na criação e no monitoramento das experiências que seus colaboradores vivem no dia a dia de trabalho. 

Afinal, um bom ambiente é essencial para a felicidade, motivação e produtividade.

De acordo com um estudo da Gallup, empresas com funcionários felizes têm 50% menos acidentes laborais. Adicionalmente, são 31% mais produtivas, 85% mais eficientes e 300% mais inovadoras.

Esses são bons números para defender a importância de um bom trabalho de employer branding e employee experience, não é mesmo?!

Como anda a employer branding e employee experience em sua empresa?

É muito importante entender como está a relação entre employer branding e employee experience em sua empresa para, então, tomar as decisões certas e ajustar cada um destes conceitos.

Sua companhia precisa realizar uma boa gestão de marca, que impacta as estratégias de atração e retenção de talentos.

Para isso, é vital entender como seus colaboradores se sentem, quais são suas necessidades e o que é importante para eles.

O primeiro passo precisa ser dado de dentro para fora. Isso significa entender o que faz bem ao ambiente de trabalho de sua empresa. 

Ouça seus colaboradores e aplique ações efetivas para melhorar continuamente a experiência deles com a companhia e, consequentemente, otimizar a imagem que eles têm do negócio. 

A partir daí, não deixe de divulgar, replicar e acompanhar os resultados, sempre com atenção necessária para a realização de ajustes.

Para otimizar os resultados, conte com o apoio do Zendesk Service. Por sinal, te convidamos a ver uma breve demonstração e fazer a avaliação gratuita para conferir como a solução poupa tempo dos colaboradores e propicia mais produtividade.

Com recursos de inteligência artificial, por exemplo, seus agentes podem focar seus esforços em atividades mais complexas e estratégicas, já que as demandas simples podem ser atendidas por chatbots.

Aproveite a oportunidade de melhorar tanto a employer branding, quanto a employee experience!

Simplifique o trabalho dos seus agentes com Zendesk.

Histórias relacionadas

Artigo
5 min read

Como melhorar os processos internos de uma empresa? 5 dicas

Buscando saber como melhorar os processos internos de uma empresa, seja um pequeno ou grande negócio?…

Artigo
9 min read

Sistemas de IA para experiências do usuário: urgências e tendências

Entenda como os sistemas de IA para experiências do usuário podem ser utilizados para otimizar o trabalho dos agentes e trazer mais satisfação aos clientes.

Artigo
6 min read

Dados em tempo real: como melhoram a experiência do cliente?

O uso de dados em tempo real vem ganhando força entre os líderes de CX e as empresas. Aprenda a implementar esse recurso em seu negócio!

Artigo
7 min read

Tendências emergentes no CX Inteligente: uma visão geral

Descubra quais as principais tendências de CX Inteligente e como os líderes de CX estão encarando essas tecnologias emergentes.