Artigo

Como dizer não no trabalho? + dicas para praticar no dia a dia

Por Douglas da Silva, Web Content & SEO Associate, LATAM

Publicado 16 setembro 2021
Última atualização em 16 setembro 2021

Encontrar boas maneiras de como dizer não no trabalho é uma das melhores formas de evitar uma série de transtornos pessoais e de relacionamento profissional.

Assumir mais demandas do que consegue dar conta, por exemplo, pode resultar em sobrecarga de tarefas, e isso pode comprometer a sua produtividade, qualidade do que está sendo entregue, e até afetar a sua saúde física e mental.

Por outro lado, não saber como dizer não educadamente pode passar a impressão de uma pessoa grosseira, ou que não sabe trabalhar em equipe.

A questão é que o ser humano tem a tendência natural de dizer sim uns para os outros. Essa postura vem da necessidade (quase inconsciente) de agradar as outras pessoas e de fazer parte de algo.

Ao recusar uma tarefa profissional que, ao que tudo indica, precisa ser feita por você, esses dois sentimentos vêm à tona, o que pode gerar extrema dificuldade em negar o pedido.

Porém, saber como dizer não no trabalho pode ser tão benéfico quanto dizer sim, tanto para você quanto para os demais membros da equipe.

A dúvida que muitos têm é como fazer isso de uma forma agradável, respeitosa e que não comprometa a sua imagem e atuação na empresa.

Neste artigo, você vai conferir 5 maneiras de recusar algo no ambiente de trabalho com práticas simples, mas com bons resultados. Por isso, continue a leitura e confira quais são essas ações. 

Como dizer não no trabalho? 5 estratégias

As nossas cinco dicas de como dizer não no trabalho são:

  • Ouça atentamente quem está fazendo o pedido
  • Avalie o seu volume de serviço
  • Demonstre empatia e sinceridade
  • Saiba como informar a sua decisão
  • Se prepare para feedbacks negativos

Ouça atentamente quem está fazendo o pedido

Para saber como dizer não para as pessoas, o primeiro passo é ouvi-las, mas atentamente. Por isso, evite ficar imaginando desculpas para negar o pedido enquanto o interlocutor explica o que deseja de você.

Preste atenção no que está sendo dito, demonstre se importar verdadeiramente com a solicitação e deixe claro que entende os motivos.

Essa é uma maneira de ter respeito e de se colocar no lugar do outro. Assim, ainda que negue o pedido, o outro terá a impressão que você ao menos se preocupou em ouvi-lo, e isso pode até fortalecer o relacionamento profissional entre vocês.

Leia também: “O que é escuta ativa, qual a sua importância e como desenvolvê-la?

Avalie o seu volume de serviço

Uma boa justificativa para não aceitar uma nova demanda de tarefas é considerar o volume de serviço que já está sob a sua responsabilidade.

Esse critério de avaliação vai ao encontro do que dissemos no início deste artigo, que é sobre como dizer não no trabalho para evitar sobrecarga de atividades e todas as consequências que vem com ela.

Além disso, se pautar nesse parâmetro comprova para a pessoa que está solicitando a sua ajuda o motivo da sua recusa, sem parecer que você está “fazendo corpo mole” para o serviço.

Demonstre empatia e sinceridade

Ao negar um pedido, é preciso pensar também em como transmitir essa informação ao seu solicitante. Para isso, considere a maneira como gostaria de receber esse posicionamento, imaginando o que gostaria de ouvir se fosse você quem estivesse pedindo ajuda.

Obviamente, a sinceridade é essencial para se manter um bom relacionamento com colegas de trabalho. Somado a isso, tenha empatia, deixando claro que você entende a necessidade do seu interlocutor, mas que não pode atendê-lo no momento.

Se considerar adequado, pergunte se há outras formas de ajudá-lo, mas que não seja assumindo a tarefa por completo, por todos os motivos expostos anteriormente.

Aproveite e leia também: “O que é Comunicação Não Violenta (CNV)?

Saiba como informar a sua decisão

Seguindo esse mesmo princípio, é essencial formular bem as frases que serão ditas, a maneira de expressá-las, e outros pontos como tom de voz e postura corporal.

Por exemplo, é melhor evitar frases ríspidas como “Não, tenho outras coisas mais importantes para fazer”, e substituí-la por “Adoraria ajudar você, mas, neste momento, estou com uma demanda que está tomando totalmente o meu tempo”.

Informar a sua decisão dessa forma deixa claro para o outro que você não vai ajudá-lo por que está comprometido com outros afazeres, mas sem descartar a importância do pedido dele e de mostrar que, se fosse em outra situação, ele poderia contar com o seu auxílio.

Atitudes assim também demonstram disposição para trabalhar em equipe, e ajuda a manter o bom relacionamento com os demais membros do time.

Este artigo pode interessar a você: “O que é linguagem corporal e quais são os principais tipos?

Se prepare para feedbacks negativos

Essas dicas de como dizer não no trabalho, certamente, ajudarão bastante você. Porém, é essencial se preparar para feedbacks negativos.

O fato é que, por mais que você tenha justificativas plausíveis para recusar o pedido, e que tenha pensado na melhor maneira de informar a sua posição para a outra pessoa, haverá casos em que o seu posicionamento não será bem aceito.

Tenha em mente que é praticamente impossível agradar a todos. No entanto, não deixe que o medo de receber um retorno negativo acione o botão da autossabotagem e leve você a assumir demandas as quais sabe que não conseguirá atender.

Dicas para praticar no dia a dia

Não é preciso aguardar um pedido grande para descobrir como dizer não no trabalho. Pequenas ações no dia a dia, mas que você sabe que comprometerão o seu rendimento, podem ser usadas para praticar essa ação.

Por exemplo, se um colega sempre pede para você cobri-lo no horário de almoço, mas ele atrasa o retorno, deixe claro que entende a importância de ajudá-lo, mas que deixará de fazer isso, pois ficar além do tempo acordado está afetando o seu cronograma de trabalho.

Outra forma de saber como dizer não para as pessoas sem afetar o relacionamento profissional que tem com elas é tendo as suas metas bem definidas.

Assim, sempre que alguém solicitar algo além das suas atribuições, poderá usar esse argumento para recusar e justificar a razão de não contribuir. Inclusive, pode complementar sugerindo outras pessoas que podem ajudar tanto quanto você naquele momento.

Que tal outras dicas tão boas quanto essas para a sua carreira? Então aproveite que está aqui, no blog da Zendesk, e leia o artigo “Produtividade e competitividade: saiba as principais diferenças

Software de suporte ao cliente

O software de suporte ao cliente da Zendesk é fácil de usar e oferece uma melhor experiência de atendimento