Artigo

O que é scrum, qual seu objetivo e principais vantagens?

Por Douglas da Silva, Web Content & SEO Associate, LATAM

Publicado 31 Agosto 2021
Última atualização em 31 Agosto 2021

Para entender o que é scrum, primeiro você precisa conhecer o conceito de metodologia ágil: são ações que contribuem para que um projeto seja desenvolvido e concluído com mais eficiência e rapidez. 

Com isso em mente, ficará mais fácil compreender as principais características do scrum. Aqui vamos explicar:

  • O que é scrum?
  • Qual o objetivo do scrum?
  • Quais são os pilares do scrum?
  • Quais são as principais vantagens do scrum?
  • Como fazer um scrum?

Confira! 

O que é scrum?

Scrum é uma metodologia ágil que tem como objetivo otimizar a execução de projetos. Por meio dessa estratégia é possível organizar melhor as equipes e fragmentar as tarefas em demandas granulares para tornar o processo mais eficiente.

A definição do scrum presente no Guia do Scrum mostra que “scrum é um framework simples que ajuda pessoas, equipes e organizações a gerarem valor por meio de soluções adaptativas para problemas complexos.”

Além disso, o scrum é baseado no empirismo, ou seja, todo conhecimento é obtido a partir da experiência e as decisões são tomadas tendo como referência aquilo que é observado. Assim, para que o scrum funcione é preciso que todos trabalhem de forma colaborativa e contribuam com suas ideias e habilidades.

Qual o objetivo do scrum?

O objetivo do scrum é ganhar agilidade para desenvolver produtos com um valor agregado cada vez maior para os clientes. E mais: por meio da metodologia, problemas complexos podem ser resolvidos com mais facilidade, o que otimiza processos.

O scrum também contribui para que as equipes desenvolvam a cooperação e aprendam com as experiências do dia a dia. 

Outro ponto importante é que os colaboradores passam a desenvolver a resiliência para lidar com as mudanças com mais agilidade.

Quais são os pilares do scrum?

O scrum tem três pilares:

  • Transparência
  • Inspeção
  • Adaptação

Transparência

Tanto quem estiver fazendo quanto quem estiver recebendo o trabalho deve ter uma visão clara sobre todo o processo. Pouca transparência pode levar a decisões equivocadas e aumentar o risco das ações. Isso está diretamente relacionado ao segundo ponto, a inspeção. Afinal, a inspeção apenas é eficiente quando feita com transparência.

Inspeção

Todos os detalhes referentes ao processo do scrum devem ser inspecionados com frequência para identificar possíveis problemas e corrigi-los em tempo hábil. Por consequência, a inspeção leva à adaptação, o terceiro pilar do scrum.

Adaptação

A análise constante do scrum permitirá encontrar oportunidades de ajustes que devem ser feitos rapidamente, o que irá exigir um alto potencial de adaptação. Para que isso funcione, é necessário que todos no time pratiquem a resiliência para lidar melhor com os cenários de mudança.

Quais são as principais vantagens do scrum?

Dentre as principais vantagens do scrum está o desenvolvimento de equipes ágeis, criativas e multifuncionais, capacitadas para lidar com mudanças e colocar planos em ação com eficiência. 

Além disso, a metodologia scrum também possibilita que os times se tornem mais colaborativos, o que aumenta a confiança entre os pares e dos pares com suas lideranças.

E mais: com o scrum os processos de trabalho ficam mais organizados, o dia a dia se torna mais produtivo e todos passam a ter mais clareza sobre quais são seus respectivos papéis e responsabilidades dentro da organização.

Como fazer um scrum?

Se você quer saber o que é o método scrum, também precisa entender quais são os quatro eventos fundamentais para que a metodologia funcione. São eles:

  • Planejamento do sprint
  • Reunião diária
  • Revisão do sprint
  • Retrospectiva do sprint

Antes de mais nada, o scrum deverá ser coordenado por um product owner, o qual será o “guardião” dos interesses dos clientes finais e também será responsável pela gestão do time scrum, os desenvolvedores. 

Além disso, há o papel do scrum master, o “guardião” das regras do scrum. É sua responsabilidade garantir que todos os envolvidos estejam aplicando a metodologia da forma correta e entregando suas demandas nos prazos estipulados.

A base do scrum são os sprints, ciclos de trabalho para a realização da entrega de partes de um projeto dentro de intervalos específicos, seja semanas ou meses. Os sprints sempre são realizados em sequência, de modo que assim que um termina o outro já começa em seguida.

Assim, o primeiro passo para colocar um sprint no ar é fazer o seu planejamento. Nele, a equipe deverá definir qual é o resultado que se espera atingir ao final da sprint e quais serão as etapas do processo que precisarão ser realizadas para que esse objetivo seja alcançado.

A próxima etapa é estabelecer reuniões fixas diárias, também chamadas de daily scrum, que servirão para para garantir que todos permaneçam alinhados, fazer possíveis ajustes e manter todos engajados com a ação. 

Elas não devem durar mais do que 15 minutos e têm como objetivo mostrar:

  • O que foi feito nas últimas 24 horas com o objetivo de atingir a meta do sprint
  • O que será feito nas próximas 24 horas para aproximar o time da concretização do objetivo
  • Quais são os obstáculos que estão impedindo que alguma etapa do trabalho seja executada

Entenda aqui o que é daily scrum e quais são suas vantagens.

Depois, ao término de cada sprint deve ser realizada uma reunião para revisar tudo o que foi feito e também para atualizar o backlog do time diante do que foi realizado, o que ficou pendente e novas demandas que surgiram.

Por fim, a retrospectiva do sprint ou retrospectiva do scrum serve para identificar oportunidades de melhoria e elencar fortalezas que contribuíram para o alcance de bons resultados. 

Vale destacar que, para que o scrum funcione corretamente e de maneira otimizada, é importante investir em ferramentas que agilizem o trabalho dos colaboradores e que tornem sua rotina mais produtiva. 

Por consequência, os resultados entregues aos clientes também serão potencializados, o que melhorará a satisfação dos consumidores.

Considerando especialmente as áreas de atendimento e vendas, você pode contar com as soluções da Zendesk, como o Zendesk Sell, um CRM de vendas completo, e o software de suporte ao cliente da Zendesk, com o qual os times de vendas e suporte atuam de forma integrada, mantendo sua empresa em sincronia. 

Faça um teste agora mesmo!