Artigo | 5 min read

Perfil de consumidor: como avaliar e quais os principais tipos?

Por Zendesk

Última atualização em 23 março 2023

Traçar o perfil de consumidor é uma etapa essencial, caso você deseje ter sucesso nos negócios. 

Isso porque, como mostrou uma pesquisa feita pela Zendesk sobre tendências de atendimento ao cliente, 68% das pessoas esperam receber experiências personalizadas ao entrar em contato com uma marca.

E qual é a maneira mais fácil de entregar isso? É saber quais as principais características do seu público-alvo e adaptar seus serviços ao que ele deseja obter em cada interação.

Conhecer qual é perfil e comportamento do consumidor também facilita a segmentação de marketing e o uso de técnicas de venda mais adequadas para cada pessoa. 

Justamente por isso, você verá no artigo a seguir não apenas o que é, mas também como definir quais os principais tipos de perfil de consumidor. Confira!

Primeiramente, o que é perfil de consumidor?

O perfil de consumidor é um compilado de características, valores e comportamentos influenciados por fatores sociais, psicológicos, culturais e pessoais que compõem um determinado público. 

Ele serve como um guia, que te auxiliará a descobrir o que seus clientes desejam receber ao comprar na sua empresa. 

Sendo assim, traçar esse perfil é importante, pois possibilita:

Os principais benefícios desse processo são:

  • redução de custos operacionais, pois diminui as chances de erros na estratégia; 
  • otimização da experiência do cliente, que recebe atendimento personalizado; 
  • aumento das vendas, pela melhora da satisfação, o que ajuda na retenção. 

Como avaliar o perfil e comportamento do seu consumidor?

O perfil do consumidor brasileiro não é nada fixo, até em companhias do mesmo nicho. Afinal, as pessoas são diferentes e costumam ter interesses distintos. 

Então, como analisá-lo? Você pode se questionar. E a resposta para isso é simples: pesquisando. Sim, será necessário “arregaçar as mangas” para obter resultados concretos e reais. 

Isso acontece porque a análise dessas características se dá a partir da coleta de dados feita ao longo do tempo. Logo, não é um “achismo”, mas uma estratégia válida e baseada em informações verdadeiras e relevantes. Desde que, é claro, seja feito corretamente.

Não precisa “arrancar os cabelos”, porque esse processo não é tão complicado, especialmente com as redes sociais que já mostram insights sobre quem segue você. Dito isso, para avaliar o perfil do seu cliente, você deve:

  • coletar informações sobre seu público-alvo; 
  • fazer pesquisas de satisfação para descobrir o que ele quer receber;
  • ouvir o que seus consumidores têm a dizer. 

E pronto! Bem fácil, não é? 

Entretanto, lembre-se que esse tipo de processo não é feito uma única vez. Muito pelo contrário, ele deve ser repetido constantemente. Até porque os interesses das pessoas e seus hábitos de consumo mudam com bastante frequência e é crucial saber disso para conseguir acompanhá-los. 

O que considerar ao traçar o perfil dos seus clientes?

Como já falamos, um jeito fácil de traçar um perfil dos clientes da sua marca, obviamente, é coletar dados sobre eles. Esse processo pode ser feito por pesquisas com uma pequena parcela deles, que servirá de amostra, com as seguintes questões: 

  • idade; 
  • onde mora; 
  • quanto ganha; 
  • redes sociais que mais usa; 
  • estado civil; 
  • escolaridade; 
  • profissão; 
  • o que faz nas horas vagas; 
  • pelo que se interessa. 

Essas são apenas algumas das informações necessárias para que você consiga traçar o perfil dos seus consumidores. Para ficar mais claro, um advogado, casado e de 40 anos, provavelmente, não se interessará pelas mesmas coisas que um designer de 23 anos.

Quais os tipos de perfil de consumidor: 3 exemplos mais comuns 

É preciso ter em mente que existem diferentes perfis de consumidor. Por exemplo, há aquele que influencia alguém a adquirir um produto de certa marca e o que toma a decisão de levar ou não o produto ou serviço. 

Para te ajudar a entender, separamos três deles, com suas principais características. Confira!

1. Influenciador

Um perfil do cliente bem comum é o chamado influenciador. Como o nome já indica, esse é aquele consumidor que, além de concretizar a compra, serve como referência para amigos e familiares.

Em outras palavras, ele apresenta sua marca para outras pessoas e as influencia a também comprar na sua empresa. 

>>>> Veja mais: 10 fatores que influenciam o comportamento do consumidor e como utilizá-los a seu favor

2. Iniciador 

Esse é outro tipo de perfil de consumidor que é autoexplicativo. Trata-se do cliente que toma a decisão de adquirir um produto ou serviço. 

Isso pode ser feito após ele perceber que tem a necessidade de algo ou ver alguma propaganda que o faz ingressar na jornada de compra. 

3. Decisor

Esse cliente é o que toma a decisão final sobre a compra. Ele pode ser desde um pai ou mãe que resolve adquirir um brinquedo para o filho até um gestor que assinou a aquisição de um novo equipamento para a empresa. 

>>>> Aproveite e leia: perfil de cliente ideal – o que é e como definir o ICP em 3 passos?

A tecnologia pode te ajudar a atingir diversos perfis de consumidor

Agora que você já sabe o que é e como analisar um perfil de consumidor, sabia que a tecnologia pode te auxiliar a atingir todos eles, de maneira mais prática e rápida?

Pois é, um bom software de atendimento, como o Zendesk Service, permite que você atenda seus clientes onde eles estiverem, personaliza os processos e, ainda, otimiza as tarefas dos seus agentes. 

Sabe qual é a melhor parte? Tudo isso é feito de um só lugar. Aproveite para fazer um teste gratuito hoje mesmo e constate na prática como a ferramenta pode alavancar seus resultados!

Software de suporte ao cliente

O software de suporte ao cliente da Zendesk é fácil de usar e oferece uma melhor experiência de atendimento.

Software de suporte ao cliente

O software de suporte ao cliente da Zendesk é fácil de usar e oferece uma melhor experiência de atendimento.

Experimente grátis