Ir para o conteúdo principal

Artigo 6 min read

Inteligência artificial humanizada no atendimento ao cliente! Guia

Por Zendesk

Última atualização em 20 fevereiro 2024

O uso da tecnologia para o suporte ao cliente é uma realidade nas empresas. Até mesmo os consumidores enxergam os benefícios de interagir com recursos dotados de IA. Contudo, é preciso saber como usar essas funcionalidades de modo eficiente, gerando uma melhor experiência. 

Nesse cenário, surge o conceito de inteligência artificial humanizada. No caso, o foco é aliar os benefícios das ferramentas de IA, como a velocidade no suporte, ao desenvolvimento de experiências de alta qualidade para o cliente, que envolve critérios como:

  • usabilidade;
  • design centrado no ser humano;
  • empatia.

O relatório da Zendesk sobre tendências no atendimento ao cliente indica que 65% dos líderes acreditam que a IA que eles usam está se tornando mais natural e semelhante aos humanos.

Ao mesmo tempo, 75% dos consumidores acreditam que as interações com a inteligência artificial se tornarão mais naturais e humanas ao longo do tempo.

Esses números indicam que o avanço da tecnologia nas empresas caminha em direção à criação de interações mais humanizadas. Mas, afinal, o que isso significa, na prática? Siga conosco para entender!

Resumo
  • A humanização da tecnologia visa oferecer interações mais naturais entre pessoas e máquinas, a partir do reconhecimento de emoções e preferências dos clientes, além da melhoria da usabilidade e experiência do usuário.

  • Por sua vez, a inteligência artificial humanizada tem como diferencial a tecnologia de processamento de linguagem natural (PLN), de modo que a máquina possa “falar a mesma língua” do cliente, seja por voz ou texto.

  • Essa tecnologia também considera elementos como ética, respeito à privacidade dos dados e transparência. A propósito, esses são fatores vitais na relação empresa-cliente, seja qual for o canal usado para a interação.

Conteúdos relacionados

Neste artigo, você aprenderá

O que é a humanização da tecnologia?

A humanização da tecnologia é o processo de desenvolver recursos capazes de oferecer interações mais naturais entre uma pessoa e uma máquina. Isso acontece a partir do reconhecimento de emoções e preferências dos clientes a cada contato, além da melhoria da usabilidade e experiência do usuário.

Personalize as interações com seus clientes com apenas alguns cliques

Um chatbot com recursos que permitem a humanização do suporte, por exemplo, é mais empático com o usuário que está interagindo com ele e, assim, atende às demandas apresentadas com atenção, agilidade e eficiência. 

O objetivo é fazer com que a pessoa se sinta ouvida e acolhida pelo sistema, tal como seria se o suporte fosse realizado por um ser humano. 

Para que essa comunicação seja realmente natural e ofereça uma experiência positiva aos clientes, os fatores determinantes são a qualidade e a facilidade da comunicação. 

Processamento de linguagem natural: o aliado mais valioso

É por isso que um dos elementos centrais para a criação de uma inteligência artificial humanizada é a tecnologia que viabiliza o processamento de linguagem natural (PLN). 

Afinal, nada mais orgânico para um ser humano do que se comunicar usando seu próprio idioma, seja por voz ou por texto.

Isso é muito mais espontâneo do que a comunicação por cliques, por exemplo. 

Como assim, comunicação por cliques? 

É provável que você já tenha vivido a experiência de acessar o chat de uma empresa e precisar selecionar opções de resposta, em uma lista de múltipla escolha. 

Nesse caso, é preciso selecionar por clique a opção que mais se aproxima à sua necessidade.

Esse é um exemplo de comunicação por clique, que usa a tecnologia para responder o cliente, mas sem nenhum tipo de humanização. 

Então, como seria um suporte por meio de um chat com inteligência artificial humanizada?

Em um atendimento humanizado, ao acessar o site ou outro canal de comunicação da empresa, um usuário receberia uma mensagem como: “Olá, boa tarde! Como posso te ajudar?”. 

Em seguida, ele pode responder algo como: “Boa tarde, eu ainda não recebi o produto que comprei e gostaria de saber a previsão de entrega”. 

A partir daí, a comunicação se manteria com a linguagem natural, a mesma que você usaria se estivesse falando com um atendente humano. 

Frases, gírias e regionalismos comuns fazem parte do diálogo. E a comunicação é tão fluida que você pode achar que está conversando com outra pessoa. 

Inclusive, a ferramenta é empática aos sentimentos do visitante, sejam de alegria ou frustração.

Por exemplo, em uma mensagem na qual o usuário fica feliz em saber que o produto comprado está próximo da entrega, a resposta da ferramenta pode ser algo como “Ah! Que bom que você está feliz, é um prazer te atender. Espero falar com você em breve. Tenha uma boa noite, [nome do usuário]”.

Tecnologia e empatia

Perceba que a comunicação por meio da inteligência artificial humanizada tem aspectos emocionais, não só da parte do usuário que interage com a ferramenta, mas também por parte do robô. 

Isso acontece porque as ferramentas de Natural Language Processing (NLP) conseguem identificar padrões e descobrir as intenções de cada pessoa com a qual se comunicam.

Esse costumava ser um aspecto muito particular dos humanos (pelo menos, até agora). 

Note que, no seu dia a dia, você se comunica de diferentes formas com cada indivíduo do seu ciclo de convivência, por exemplo: chefe, amigo, filho ou o síndico do prédio. 

Como uma pessoa, você detecta o tom de voz, a intenção por trás de uma pergunta e tantas outras particularidades. 

Adicionalmente, consegue escolher as palavras que vai usar para se comunicar e qual é o nível de emoção que vai adicionar. 

Tudo isso contribui para a qualidade da comunicação, auxiliando o outro a entender o que você quer dizer, persuadindo e até quebrando o gelo. 

De maneira similar, os recursos de inteligência artificial buscam perceber a intenção e as emoções por trás de cada mensagem recebida, visando propiciar um atendimento humanizado, personalizado e não robótico.

Vale dizer que os avanços da inteligência artificial humanizada consideram elementos como a ética, o respeito à privacidade dos dados e a transparência. Afinal, são fatores vitais na relação entre empresa e consumidores, independentemente do canal usado para interação. 

Leia também: Ética no atendimento ao cliente: por que ela deve ser valorizada?

Inteligência artificial humanizada no atendimento ao cliente

A inteligência artificial é uma parceira do atendimento ao cliente, oferecendo vantagens para o consumidor e para a companhia que inclui essa solução nos seus processos. 

Para o cliente, os benefícios envolvem a possibilidade de solucionar suas demandas com velocidade, quando e onde quiser, sem depender do horário de atendimento da empresa e, ainda, recebendo respostas para todas as dúvidas, com empatia e proatividade.

Já para a empresa, é possível melhorar os índices de satisfação do cliente, que refletem na fidelização, na reputação e no aumento do ticket médio. Ainda, pode-se reduzir custos e permitir que a equipe de customer experience se dedique aos atendimentos mais complexos, como o planejamento de melhorias e a criação de novas experiências.

Sistema que alia inteligência artificial, humanização e personalização

Quer experimentar um sistema que possibilita a criação de um chatbot humanizado com inteligência artificial? Com o Zendesk Service, seu time pode criar conexões significativas, expandir a oferta de atendimento e manter-se flexível durante as mudanças. 

Veja a demonstração gratuita do sistema de atendimento da Zendesk e entenda como nossos recursos funcionam. Em seguida, escolha o plano que atende às suas demandas.

A Zendesk tem planos adaptados à realidade da sua empresa, seja ela grande ou pequena.

Histórias relacionadas

Artigo
5 min read

Como melhorar os processos internos de uma empresa? 5 dicas

Buscando saber como melhorar os processos internos de uma empresa, seja um pequeno ou grande negócio?…

Artigo
9 min read

Sistemas de IA para experiências do usuário: urgências e tendências

Entenda como os sistemas de IA para experiências do usuário podem ser utilizados para otimizar o trabalho dos agentes e trazer mais satisfação aos clientes.

Artigo
6 min read

Dados em tempo real: como melhoram a experiência do cliente?

O uso de dados em tempo real vem ganhando força entre os líderes de CX e as empresas. Aprenda a implementar esse recurso em seu negócio!

Artigo
7 min read

Tendências emergentes no CX Inteligente: uma visão geral

Descubra quais as principais tendências de CX Inteligente e como os líderes de CX estão encarando essas tecnologias emergentes.