Ir para o conteúdo principal

Artigo 4 min read

Tendências do varejo: o que rolou na NRF 2023

Por Zendesk

Última atualização em 19 setembro 2023

Acompanha as tendências do varejo e gosta de saber para onde apontam os movimentos estratégicos do segmento? Então você certamente conhece a NRF 2023, maior evento de varejo em escala global. 

Realizada em janeiro de 2023, a NRF trouxe discussões ricas sobre práticas, tecnologias e plataformas que podem aproximar empresas e clientes com um viés cada vez mais digitalizado. 

Quer conhecer algumas dessas tendências de mercado e entender como incorporá-las no seu negócio? Continue a leitura.

Sobre a NRF

A NRF, National Retail Federation, é a maior associação de comércio varejista do mundo. Representando o setor há mais de um século, a NRF reúne membros representantes de diferentes segmentos do varejo, incluindo lojas de departamento, cadeias de restaurantes, supermercados, varejo independente e marketing multinível. 

Anualmente, a NRF oferece um evento, chamado “NRF Retail ‘s Big Show”, de visibilidade global, no qual reúne centenas de especialistas e representantes de diversos setores para discutir o futuro do varejo. 

O evento tem três dias de programação educacional, uma exposição com as mais recentes soluções de varejo, além de um laboratório de inovação e uma zona de startups com tecnologia inovadora.

Veja, no vídeo abaixo, uma coletânea com os melhores momentos da NRF 2023 Retail ‘s Big Show.

Tendências do varejo: 7 tópicos abordados na NRF 2023

Separamos 7 tópicos abordados na NRF 2023 para pautar o seu debate sobre o que incluir no planejamento estratégico deste e dos próximos anos. Observe que as palavras de ordem são disrupção, integração e digitalização no varejo

1- Metaverso no radar

Em 2023, a consciência da importância de pensar estratégias que incluam a ideia de metaverso cresceu. Isso porque, a cada ano, cresce também o nível de interação entre consumidores e marcas com presença neste novo universo virtual.

Para você ter uma ideia, 67% dos brasileiros acreditam que o metaverso vai impactar suas vidas na próxima década. O índice é maior do que a média global, e evidencia a relevância do tema para varejistas e empreendedores do país.

Embora ainda seja um tema novo, já se discute sobre as possibilidades de uso do metaverso em favor do varejo. 

Uma vez que ele combina os mundos físico e virtual para criar novas formas dinâmicas de interação entre as pessoas, é possível pensar na criação de universos virtuais para vender produtos reais ou mesmo infoprodutos, relacionados ao entretenimento e à educação, por exemplo. 

2-  Retailtainment, a integração do varejo físico e virtual

Outro item pontuado na lista de tendências do varejo da NRF 2023 foi a integração entre a experiência de compra física e virtual. 

A tendência surge a partir da necessidade de tornar a experiência de compra em lojas físicas diferenciada e impactante. 

A partir daí, o conceito de “Retailtainment” (Retail + entreteniment, ou varejo + entretenimento) surge, com o objetivo de combinar experiências físicas e digitais para construir um varejo que também entretenha. 

3- Web3 e blockchain

No contexto do metaverso, outras tecnologias disruptivas, como a Web3 e o blockchain, fizeram parte das tendências do varejo para os próximos anos. 

A chamada “nova internet” prevê meios de pagamento descentralizados e independentes de instituições financeiras, transações confiáveis e rastreáveis e o uso de moedas digitais em substituição ao dinheiro físico.

O uso do blockchain como forma de pagamento não deve ficar restrito às transações cliente-empresa. A aquisição de insumos para manutenção da cadeia de suprimentos também deve adotar a nova prática, o que torna todo o processo mais facilmente auditável. 

4- Comércio 3D e novas mídias de varejo

Realidade Virtual e aumentada são duas tendências do varejo que prometem trazer inovação para o setor. 

Por meio destes recursos, as lojas podem oferecer experiências mais imersivas nas compras digitais, incluindo imagens 3D dos produtos disponibilizadas em aplicativos e plataformas muito mais interativas. 

Veja, no vídeo abaixo, como funciona uma estratégia de comércio 3D. Ative as legendas automáticas em português clicando na engrenagem disponível no canto inferior direito da tela: 

5- Inteligência Artificial ganha espaço

Se você acompanha o blog da Zendesk, sabe que falamos sobre o advento da Inteligência Artificial em vendas há alguns anos. O recurso vem sendo aprimorado através dos tempos, e se torna cada vez mais essencial para os varejistas. 

Isso porque, com a ajuda dos robôs, é possível oferecer experiências de compra cada vez mais personalizadas e aprimoradas por dados primários. 

É importante destacar também o início de um debate paralelo sobre o uso indiscriminado de ferramentas de inteligência artificial (como o Lensa e o ChatGPT) generativas, sobretudo no que tange a aspectos éticos e regulatórios. 

6- Propósito como bandeira

Impacto social, sustentabilidade, agendas ambientais. Para os próximos anos, o propósito corporativo deve permanecer sendo uma das tendências do varejo que levam à conexão entre marcas e consumidores. 

Na NRF 2023, o debate propôs encontrar caminhos práticos e simples para colocar as agendas em prática. Mais do que estratégico, o compromisso com causas socioambientais precisa partir para o nível tático. 

7- Digital first

A estratégia digital mostrou sua potência no período da pandemia do coronavírus. A partir de então, foi preciso enxergá-la como mais do que uma “possibilidade”: uma prioridade. 

Outro fator que impacta diretamente na percepção de importância das estratégias digitais é o perfil do novo consumidor. As novas gerações, sobretudo a geração A (ou Alfa), de nascidos após os anos 2010, é altamente conectada e, em breve, corresponderá a uma fatia expressiva do mercado global de consumo. 

Para estes consumidores, a relação com as marcas é ativa, e vai além do simples processo de compra. Há uma necessidade forte de conexão, interação e personalização nas experiências de compra

Tendências de mercado: por onde começar a incorporar? 

Inserir novas tecnologias na rotina comercial é desafiador e demanda um acurado olhar estratégico. Se você quer dar o primeiro passo, mas não sabe por onde começar, aqui vai uma dica: garanta que a sua força de vendas tenha acesso às melhores tecnologias para gerenciamento da jornada de compra.

Sejam quais forem as tendências do varejo incorporadas na rotina, é essencial que o time esteja preparado para receber os leads e trabalhá-los de forma satisfatória. 

Lembre-se de que personalização, integração e agilidade são palavras de ordem para o atendimento ao cliente, e ter em mãos softwares que facilitem a gestão de informações é uma forma efetiva de entregar o que o cliente busca.

Experimente usar um software de CRM para gerenciar seu funil de vendas. Em uma só plataforma, ele reúne informações-chave, emite relatórios com dados atualizados e permite a consulta a um histórico rico em dados sobre cada prospect. 

O Zendesk Sell, CRM da Zendesk, ainda oferece ferramentas colaborativas de trabalho, bem como funcionalidades que possibilitam a comunicação em tempo real entre os times. 

Quer ver como funciona na prática? Preencha o formulário e teste gratuitamente!

Histórias relacionadas

Artigo
7 min read

SAC 3.0 e SAC 4.0: conceitos, diferenças e principais tendências

SAC 3.0 e SAC 4.0 são a evolução do serviço de atendimento ao cliente, com ferramentas e tecnologias que visam melhorar a experiência do consumidor.

Artigo
7 min read

WhatsApp no atendimento ao cliente: principais tendências

Usar o WhatsApp no atendimento ao cliente já não é novidade. Além do suporte multicanal, a tendência é integrar IA nos apps de mensagem. Saiba TUDO!

Artigo
7 min read

Melhores livros de atendimento ao cliente [Parte 2]: +7 dicas

Qual o melhor livro de atendimento ao cliente? Confira uma lista atualizada com mais 7 sugestões de leitura indispensáveis para o customer success.

Artigo
11 min read

10 livros para abrir a mente e por que eles realmente funcionam

Top 10 livros para abrir a mente: sugestões de leitura para expandir seu conhecimento, amadurecer a mente e melhorar, como pessoa e profissional.