Artigo

Lean Thinking: o que é e quais os seus princípios? Tudo sobre

Por Douglas da Silva, Web Content & SEO Associate, LATAM

Publicado 6 Janeiro 2021
Última atualização em 6 Janeiro 2021

Afinal, o que é Lean Thinking? Esse é um conceito relacionado à redução de desperdícios, priorização de demandas dos clientes (e do que ele enxerga como valor) e aumento da qualidade de entrega. 

Estamos falando de uma metodologia de gestão originada na Toyota, na década de 80, e popularmente conhecido em 1990, no livro “A máquina que mudou o mundo”.

Lean Thinking: o que é?

Agregar valor para o cliente e reduzir desperdício. Mesmo que isso não esteja muito claro dentro da empresa, se eu te perguntasse se esses são objetivos gerais do seu negócio você responderia que sim, correto?

E se eu te falasse que existe uma metodologia que tem como premissas principais atender a esses dois elementos? 

O Lean Thinking é exatamente uma metodologia que prioriza esses dois fatores e objetivos de gestão. 

Para alcançá-los uma série de ferramentas Lean são aplicadas, entre elas:

  • Kanban;
  • Kaizen;
  • Jidoka;
  • Just in Time, entre outras.

Dessa forma, é importante a compreensão de que o Lean Thinking não é uma ferramenta, mas uma filosofia, uma forma de pensar a gestão de processos da sua empresa. 

A tradução para Lean Thinking é “pensamento enxuto”. Mas, o que é isso?

Como falamos, Lean Thinking é uma forma de pensar a gestão e os processos da empresa. 

A mentalidade proposta nessa ferramenta é a de melhoria contínua de processos, a partir do foco em melhorar as entregas, utilizando menos recursos e priorizando apenas o que é visto como valor pelo cliente. Nesse modelo o foco é entregar, de forma eficiente, o produto ou serviço que o cliente precisa. 

O objetivo do Lean é desenvolver processos que sejam eficientes, sem desperdício sendo cada vez mais produtivo e atendendo ao que é valor do cliente e para o cliente. 

Por sua origem na Toyota, é comum que as pessoas pensem que o Lean Thinking é um pensamento apenas aplicado na indústria ou em fábricas. Diferente desse pensamento, a metodologia já se provou relevante para otimizar processos de empresas de todos os portes e ramos, inclusive empresas prestadoras de serviço. 

Além de atender a diferentes tipos de empresas, a metodologia pode contribuir para melhorar os resultados de diferentes setores dentro das organizações. Desde o setor de vendas, atendimento, financeiro e RH. 

A eliminação de desperdícios ajuda a reduzir os custos da empresa além de maximizar a produtividade. Por outro lado, ao priorizar a entrega de valor para o cliente sua empresa gera maiores índices de satisfação e retenção de clientes, o que também contribui para os resultados financeiros da organização. 

Princípios do Lean Thinking

Entendendo o que é Lean Thinking passamos para a outra etapa: entender quais são os princípios do Lean Thinking. 

A metodologia possuiu cinco princípios:

  1. Valor;
  2. Fluxo de valor;
  3. Fluxo contínuo;
  4. Produção puxada;
  5. Perfeição.

Entenda a seguir cada um deles. 

Valor

O que é valor para o cliente, ou melhor, o que seu cliente enxerga como valor dentro do seu produto ou serviço? 

É muito comum que as empresas apostem suas fichas desenvolvendo uma funcionalidade, recursos ou mesmo um produto completo que não é visto como um valor pelo cliente. Isso, além de ser um desperdício de tempo e recursos, impede sua empresa de ter tempo e equipe suficiente para desenvolver o que realmente é entendido como valor pelo cliente. 

Valor para o cliente é basicamente aquilo pelo qual o consumidor está disposto a pagar. O resto é desperdício e deve ser eliminado.

Dessa forma, o primeiro princípio do Lean Thinking é identificar o que é valor para o seu cliente. Para isso você vai precisar entender quem é o seu cliente por meio da criação de persona e pesquisas de satisfação e tendências. 

Fluxo de Valor

Identificado o que é valor para o cliente, busque avaliar as etapas que não são vistas como valor para ele e que a sua empresa ainda executa. 

Elimine as etapas, processos e recursos que não são entendidas como valor. Isso vai reduzir, automaticamente, o desperdício da sua empresa e consequentemente vai eliminar custos

Faça isso a partir do Mapeamento de Fluxo de Valor, importante na gestão de processos organizacionais

Fluxo Contínuo

Identificados e eliminados os desperdícios é hora de iniciar o novo processo de produção mais enxuto. 

O princípio do fluxo contínuo está relacionado à produção sem interrupções. 

A ideia seria atender as necessidades dos clientes com rapidez, com menor tempo para processar os pedidos e baixo estoque. Essa é uma das etapas mais difíceis de atingir com plenitude.

Produção Puxada

Um dos princípios do Lean Thinking é produzir apenas o que o cliente deseja. Isso quer dizer que estoques e “sobras” não são bem vindos, pelo menos não em grandes quantidades. 

Estoque parado é dinheiro parado e estoque desperdiçado é dinheiro desperdiçado. Já que o objetivo é diminuir o desperdício, fica mais fácil entender que, em uma produção puxada, a melhor técnica é produzir de acordo com a demanda. 

Perfeição

Perfeição ou melhoria contínua podem ser encarados como sinônimos aqui. Uma vez que você fez essa primeira ''limpa" nos processos é importante manter a cultura de melhoria, seja na área de processos, gestão ou pessoas

Sendo o Lean Thinking um pensamento, é claro que ele se mantém no dia a dia da empresa, até porque é improvável que você consiga fazer toda a otimização dos processos em um único ciclo. 

Além disso, quando falamos sobre “melhorar processos” há sempre o que ser feito.

Lean Thinking na satisfação dos clientes

Como vimos, o valor que o cliente espera receber da sua empresa é o centro de toda a mentalidade sobre o que é Lean Thinking.

Nesse sentido, estamos falando de uma ferramenta que contribui para o aumento da satisfação dos clientes. Junto com ela, de mãos dadas, está a gestão de relacionamento com cliente

Toda a experiência do cliente deve ser acompanhada e otimizada antes, durante e depois do projeto ser entregue. Por isso, combinar as técnicas de gerenciamento de projetos com sistemas de gestão de relacionamento com o cliente é fundamental. 

Conheça o CRM da Zendesk e o Support Suite, para garantir uma excelente experiência de atendimento.