Artigo

Mundo VUCA x Mundo BANI: quais são as principais diferenças e impactos?

Por Douglas da Silva, Web Content & SEO Associate, LATAM

Publicado 5 janeiro 2022
Última atualização em 5 janeiro 2022

Mundo VUCA x Mundo BANI. O que mudou entre esses dois cenários e como se portar perante eles? 

Antes de responder essa questão, é importante destacarmos que ambos os termos foram criados com o objetivo de facilitar a compreensão sobre a realidade que vivemos, tendo como base as mudanças mais significativas que acompanham as transições pelas quais a humanidade passa e buscando uma forma de olhá-las por outra ótica.

Da Guerra Fria à pandemia de Covid-19, entre diversos pontos, as relações interpessoais e as de trabalho foram afetadas, e é preciso saber como se preparar para enfrentar da maneira mais adequada possível cada uma dessas situações.

De um mundo volátil, incerto, complexo e ambíguo, passamos para um que é frágil, ansioso, não-linear e incompreensível. Quanto isso impacta a sua empresa e como preparar gestores e colaboradores para circunstâncias tão distintas?

Se essa também é a sua dúvida, continue a leitura deste artigo e confira:

  • O que é mundo VUCA
  • O que é mundo BANI
  • Principais características do mundo BANI
  • Diferenças entre Mundo VUCA x Mundo BANI
  • Como se preparar para o atual panorama mundial

O que é mundo VUCA?

Para fazer um comparativo entre Mundo VUCA x Mundo BANI é preciso, primeiro, explicarmos o que é e as principais características de cada um, certo?

O termo mundo VUCA foi criado pelo Exército dos Estados Unidos, logo após o fim da Guerra Fria, com o propósito de descrever as transformações mundiais ocorridas, quais seriam as possíveis novas dinâmicas e como deveria ser o modo de agir dos militares caso outros conflitos viessem a acontecer.

A sigla VUCA é utilizada para identificar os termos em inglês volatility, uncertainty, complexity e ambiguity que, em português, significam Volatilidade, Incerteza, Complexidade e Ambiguidade.

V (volatility) = Volatilidade

A primeira letra do acrônimo VUCA se refere à velocidade com as quais as mudanças acontecem, seja em um mercado em especial, na indústria, ou ainda no mundo de forma geral.

Aqui, vale lembrar que no mesmo período que a Guerra Fria estava se encaminhando para o fim, quase no início da década de 1990, a internet estava chegando às casas das pessoas. 

Essa significativa nova onda de transformação, fomentada por essa ferramenta, se tornou essencial para o mundo VUCA se concretizar, assim como para mensurar o seu impacto.  

Desse modo, é possível entender que quanto maior a volatilidade do mundo, mais rápida as mudanças acontecem.

U (uncertainty) = Incerteza 

Já a incerteza diz respeito à incapacidade de fazer previsões quanto ao que está por vir. Por conta disso, se torna bastante difícil, ou quase impossível, encontrar e definir padrões a serem seguidos.

C (complexity)= Complexidade

No mundo VUCA, a complexidade mostra que existem vários lados que precisam ser ponderados e analisados antes que uma decisão seja tomada. A relação, ou não, entre elas, a quantidade de fatores que as afetam, entre outros pontos similares, precisam ser considerados para tomada de decisões eficientes. 

A (ambiguity)= Ambiguidade 

Situações ambíguas ocorrem, por exemplo, quando há muitas informações, agravando quando elas são contraditórias, incompletas e/ou imprecisas, o que dificulta tomar decisões acertadas, tornando as escolhas mais arriscadas.

O que é mundo BANI?

Assim como dissemos, para fazer uma comparação entre mundo VUCA x mundo BANI é essencial esclarecer o que contempla, significa e abrange cada um deles. Por isso, agora vamos falar sobre o segundo termo.

Muitos acham que o mundo BANI foi definido por conta da pandemia do novo coronavírus, porém, na verdade, ele foi determinado um pouco antes dessa fase, em 2018, pelo antropólogo e futurologista Jamais Cascio, durante um evento organizado pelo Institute For The Future (IFTF).

É possível dizer que o período pandêmico o potencializou e o reforçou, mas o mundo BANI ganhou efetiva notoriedade com a publicação do artigo de Cascio, denominado “Facing The Age Of Chaos”, ou “Encarando a Era do Caos'', em tradução livre.

Assim, de acordo com o autor: 

BANI é uma forma de melhor enquadrar e responder ao estado atual do mundo. Algumas das mudanças que vemos acontecendo em nossa política, nosso meio ambiente, nossa sociedade e nossas tecnologias são familiares — estressantes à sua maneira, talvez, mas de um tipo que já vimos e lidamos antes. Mas muitas das convulsões, agora em curso, não são familiares, são surpreendentes e completamente desorientadoras. Elas se manifestam de maneiras que não apenas aumentam o estresse que experimentamos, mas também o multiplicam” 

Quais são as principais características do mundo BANI?

A sigla BANI se refere às principais características desse atual conceito de como o mundo está se apresentando que são:

  • B (brittle) = Frágil
  • A (anxious) = Ansioso
  • N (nonlinear) = Não-linear
  • I  (incomprehensible) = Incompreensível

B (brittle) = Frágil

Cascio destaca em seu artigo que “Fragilidade é força ilusória”. Para que você consiga entender isso de uma maneira fácil e simples, vamos usar a internet como exemplo.

Em um primeiro momento, a rede mundial de computadores é algo bastante sólido, certo? Porém, basta um pequeno momento de instabilidade para deixar um número incontável de pessoas e empresas sem conexão, causando um transtorno que pode ter resultados imensuráveis, a depender de quem e do que foi atingido.

No conceito do mundo BANI, fica claro que sistemas (não se limitando aos de cunho tecnológico e/ou digital) são sólidos até que deixem de ser. 

Quando isso acontece, eles não costumam se desfazer de uma forma ordenada, esperada, e previsível. De modo geral, ao chegarem ao seu ponto de ruptura, esses processos se despedaçam de forma catastrófica.

Sugestão de leitura: “Falta de comunicação interna: entenda os problemas que isso pode causar

A (anxious) = Ansioso

A consequência de sistemas frágeis é a sensação de ansiedade que eles geram. Essa palavra, inclusive, foi uma das mais comentadas e discutidas por conta da pandemia.

Um relatório da Bites, empresa de análise de dados, o qual foi parcialmente divulgado em uma matéria no site O Globo — Saúde, revelou que, em agosto de 2021, a palavra “ansiedade” teve seu volume de busca aumentado em cinco vezes no Google, em comparação ao mesmo período de 2014. O pico de pesquisa a esse termo foi em abril de 2021.

Vale destacar também que a mesma reportagem cita que, de acordo com levantamento do Datafolha, 44% dos brasileiros apresentaram sintomas de ansiedade e/ou depressão no mês de agosto de 2021.

Trazendo esse sentimento para o mundo BANI, Cascio ressalta que ele causa a sensação de impotência, atrelado à ideia que, por mais que façamos algo para mudar uma situação, ainda será insuficiente ou algo permanecerá errado.

Por conta disso, em um mundo potencialmente ansioso, todas as escolhas têm chances de trazer resultados não desejados e até mesmo desastrosos.

Somado a isso, há duas condições que podem nortear as tomadas de decisão: ou a passividade (menos probabilidade de errar se não tomar nenhuma atitude), ou o desespero (impressão de estar perdendo oportunidades importantes e que não voltarão a acontecer).

Não deixe de ler este artigo: “Como dizer não no trabalho? + dicas para praticar no dia a dia

N (nonlinear) = Não-linear

Não linear é um termo utilizado para definir algo que não apresenta um sentido único, ou que não segue uma mesma regra no seu início, meio e fim. No conceito de mundo BANI, ele também se refere a um desequilíbrio entre ações que foram executadas e as que não foram.

Por conta disso, até decisões consideradas pequenas podem trazer consequências em massa, sendo que elas podem ser tanto boas quanto más.

Outra forma de explicar o não linear no BANI são os resultados derivados de eventos inesperados e não programados (como o coronavírus) e, consequentemente, a quebra de padrões estabelecidos e utilizados.

Quanto a esse modo de ver e de comportar perante novas situações, é preciso destacar que tudo o que rompe o habitual tende a refletir em diferentes ambientes e grupos, tais como o social e o político.

Um reflexo disso pode ser visto nas tomadas de decisões, que comumente são abaladas pela incerteza do novo caminho que se abre decorrente da mudança de um padrão.

Por exemplo, durante o período mais grave da pandemia, as empresas precisaram adaptar o modo de trabalhar, a fim de evitar a proliferação do vírus. Com isso, o home office se popularizou e se tornou uma das formas mais indicadas para que os negócios continuassem funcionando, ao mesmo tempo em que se protegia os funcionários do coronavírus.

Dica de leitura: “Como gerenciar equipes remotas? 9 dicas para os melhores resultados

I (incomprehensible) = Incompreensível

De modo geral, quando os cenários mudam, as respostas que as pessoas buscam tendem a não fazer muito sentido. 

Isso costuma acontecer por duas razões em especial: 

  • Ou ainda não há definições para o novo cenário, o que impede a entrega de respostas precisas; 
  • Ou o que é orientado não convence o interlocutor, por parecer ilógico e, principalmente, fora do padrão conhecido até então.

Em situações como essa, de incompreensão, até excesso de dados (como os gerados por Big Data) podem mais a atrapalhar que trazer orientações adicionais conclusivas.

Essa concepção leva a outros pontos. Por exemplo, quando não temos resposta para algo que é importante para nós, o natural é buscarmos mais informações, o que pode levar ao consumo excessivo de orientações e até mesmo à sensação de FoMo, Fear of Missing Out, em português, medo de perder algo.

Este TED pode ajudar você a compreender melhor esse conceito:



Em um ambiente corporativo, a busca exagerada por informações pode levar ao distanciamento de outras pessoas e à falta de confiança nos gestores e colegas de trabalho, comprometendo seriamente os relacionamentos interpessoais. Por outro lado, falhas e problemas de comunicação com o cliente e/ou com os funcionários podem potencializar contratempos, desentendimentos e aumentar os níveis de insatisfação dos envolvidos.

Não deixe de ler: “Clientes satisfeitos: entenda qual a importância do cliente para empresa

Software de suporte ao cliente

O software de suporte ao cliente da Zendesk é fácil de usar e oferece uma melhor experiência de atendimento

Software de suporte ao cliente

O software de suporte ao cliente da Zendesk é fácil de usar e oferece uma melhor experiência de atendimento

Experimente grátis