Artigo

O que é Big Data e para que serve?

Por Douglas da Silva, Web Content & SEO Associate, LATAM

Publicado 1 fevereiro 2021
Última atualização em 1 fevereiro 2021

O que é Big Data e para que serve? Big Data consiste em um processo que faz a análise e a interpretação de grandes volumes de dados, tanto estruturados quanto não estruturados.

O Big Data serve para que os dados armazenados remotamente possam ser utilizados pelas empresas como base para as suas tomadas de decisões.

As informações extraídas ajudam, por exemplo, a melhorar estratégias e processos, aumentar o poder competitivo da empresa, a compreender melhor o consumidor e muitas outras possibilidades.

O que é Big Data e para que serve?

Saber o que é Big Data e para que serve é uma maneira de melhorar a atuação e o posicionamento da sua empresa.

Isso porque o Big Data é um processo que realiza a análise de grandes volumes de dados. Essas análises, por sua vez, geram informações importantes que podem ser aplicadas em diversas vertentes do seu negócio.

Como funciona o Big Data?

O Big Data funciona baseado no chamado “5 Vs”: volume, variedade, velocidade, veracidade e valor.

Volume

O volume refere-se à quantidade de dados gerados a cada segundo por uma empresa. Esses podem ser provenientes de diversas fontes virtuais, tais como mídias sociais, e-mails, dispositivos eletrônicos etc.

Variedade

No processo de saber o que é Big Data e para que serve, a variedade diz respeito a todos os locais onde os dados podem ser armazenados e extraídos. 

Velocidade

A velocidade com que o Big Data analisa os dados é altíssima, e é sobre isso que se refere o 5º V.

O processo faz a análise dos dados no exato instante em que eles são criados. Isso acontece, por exemplo, com mensagens que viralizam em redes sociais, transações realizadas via cartão de débito e de crédito etc.

Veracidade

Entre as milhares de informações que são geradas todos os dias, muitas podem ser falsas e é preciso excluí-las da sua análise.

Quando se entende o que é Big Data e para que serve, descobre-se que esse processo ajuda a “filtrar” o que é real do que não é.

Um dos princípios para isso é que, se várias fontes apontam para determinada informação, entende-se que aquela é a real. 

Valor

O objetivo de ter acesso a tantas informações é fazer com que elas agreguem, de alguma forma, valor para a sua empresa.

O Big Data tem justamente esse propósito: fazer uma análise precisa dessas informações e gerar insights valiosos para os gestores que irão utilizá-las. 

Onde é usado o Big Data?

Para que o entendimento do que é Big Data e para que serve esse processo fique completo, é fundamental saber onde ele pode ser utilizado.

Assim, o Big Data pode ser usado nos mais variados setores de uma empresa, por exemplo, no marketing, financeiro, atendimento ao cliente, vendas, entre outros. 

Por que usar Big Data?

Outra maneira de entender melhor o que é Big Data e para que serve é compreendendo por que você deve utilizar esse processo na sua empresa.

O Big Data é uma das melhores formas de um negócio aproveitar todos os dados que são gerados diariamente a favor do seu crescimento.

Esse processo permite, por exemplo:

  • Prevenir fraudes financeiras
  • Identificar novas oportunidades de negócios
  • Identificar processos que podem ter os seus custos reduzidos
  • Conhecer de maneira mais pontual as necessidades dos clientes, aumentando o seu nível de satisfação
  • Tomar decisões mais assertivas

Como o Big Data pode ser usado pelas empresas?

Por todas as possibilidades e vantagens citadas anteriormente, o Big Data pode ser usado para:

  • Melhorar estratégias de marketing
  • Fazer a análise do mercado de atuação de uma empresa
  • Estudar a concorrência
  • Conhecer melhor o comportamento do consumidor e identificar padrões de comportamento
  • Melhorar a sua experiência de compra dos clientes
  • Aumentar o volume de vendas
  • Aprimorar estratégias de marketing

Quais as 4 análises possíveis no Big Data?

Se a ideia é entender a fundo o que é Big Data e para que serve, é bem importante que você conheça os 4 tipos de análises que podem ser feitas com esse processo.

As análises que podem ser realizadas com o Big Data são:

  • Análise preditiva
  • Análise prescritiva
  • Análise descritiva
  • Análise diagnóstica

Análise preditiva

Também conhecida como data science, a análise preditiva faz uma previsão sobre possibilidades futuras, tendo como base os padrões encontrados nos dados analisados da empresa.

Análise prescritiva

O objetivo da análise prescritiva é apresentar as possíveis consequências que cada ação pode gerar para o negócio. 

Isso contribui para escolher as estratégias mais adequadas, que gerarão mais e melhores resultados para a empresa.

Análise descritiva

A análise descritiva visa trazer informações sobre questões presentes. Ou seja, esse tipo de análise colabora para decisões que precisam ser tomadas em tempo real.

Análise diagnóstica

Esse tipo de análise permite analisar os resultados e desdobramentos de determinadas ações. Com isso, é possível ajustar as estratégias que estão sendo aplicadas.

Quais os exemplos práticos de Big Data?

Alguns segmentos que utilizam o Big Data são bancos, área da saúde, educação, varejo, governo, entre outros.

Como exemplos práticos de Big Data podemos citar a Nike e a UPS (United Parcel Service).

Nike

Em parceria com uma empresa de tecnologia, a Nike passou a oferecer aos seus clientes dispositivos vestíveis (wearables) que fazem o monitoramento dos dados gerados durante as corridas.

Com isso, informações referentes à velocidade, batimentos cardíacos, distância percorrida, entre outras, podem ser obtidas pelos usuários e, inclusive, compartilhadas em suas redes sociais.

A estratégia aumenta o engajamento dos clientes com a marca, fideliza e contribui para a empresa entender melhor as expectativas dos consumidores e, com isso, aprimorar os seus produtos e serviços.

UPS (United Parcel Service)

A UPS, United Parcel Service, é uma empresa de logística com sede em Atlanta, Geórgia, Estados Unidos.

O uso do Big Data permitiu a otimização das suas rotas de entrega, o que resultou em uma considerável economia com combustível, tempo de entrega, impactando, inclusive, na qualidade de vida dos seus colaboradores.

O que faz o profissional de Big Data?

Conhecer a fundo o que é Big Data e para que serve consiste em também entender qual profissional está por trás desse processo.

O profissional de Big Data é o responsável por fazer a gestão e a análise dos dados, por meio da utilização de ferramentas (softwares) que contribuam para esse processo.

A ideia é que esse colaborador extraia informações e insights importantes que, de fato, possam contribuir para o crescimento da empresa.

E por falar em ferramentas que ajudam a analisar dados, a Zendesk possui uma solução para a criação de relatórios e análise de dados contribuindo para que você use essa base para melhorar o atendimento aos seus clientes.

Por meio de relatórios e análises você tem a chance de conhecer mais profundamente o seu público, o seu negócio, e de aprimorar os serviços entregues e o relacionamento com os seus clientes.

Quer entender como o Zendesk funciona? Faça um teste grátis!

Software de análise do cliente e criação de relatórios

Melhore seus resultados acompanhando de perto as principais métricas da sua empresa a partir de um dashboard completo.