Artigo

Gamificação em vendas: o que é, benefícios e como aplicar

Por Douglas da Silva, Web Content & SEO Associate, LATAM

Publicado 11 novembro 2021
Última atualização em 11 novembro 2021

A gamificação em vendas é uma estratégia que vem sendo usada por algumas equipes comerciais para aprimorar o engajamento e a motivação dos colaboradores. De maneira breve, consiste em construir um sistema de cumprimento de metas baseado em jogos.

Dependendo da realidade e dos objetivos do seu negócio, pode ser uma boa maneira de estimular o time, promover a integração e melhorar a comunicação. Visto que a estratégia possui diversos detalhes, escrevemos este artigo para te explicar tudo. Confira!

O que é gamificação?

A gamificação, ou gamification, se trata da inclusão de elementos de jogos em outros contextos. Ou seja, consiste em inserir um sistema baseado em desafios e recompensas em um curso ou na rotina de uma equipe, por exemplo.

Os jogos utilizam essa estratégia para manter seus usuários envolvidos com a narrativa e com os objetivos. Logo, a tática serve muito bem para engajar e motivar colaboradores ou usuários de outros tipos de produto.

Para visualizar com clareza o que estamos dizendo, pense no Duolingo. Acreditamos que você conheça essa plataforma de aprendizagem de línguas totalmente baseada em gamificação. Caso não conheça, assista ao vídeo abaixo e visualize como os conceitos se aplicam na prática:

Como a gamificação pode ser aplicada nas vendas?

Mas aprender uma nova língua não é uma situação bem diferente de vender? Sim, realmente é. Porém, os fundamentos para a implementação da gamificação são os mesmos, independentemente do contexto.

Sendo assim, para aplicar a gamificação em vendas é preciso construir uma estratégia guiada pelos seguintes elementos:

  • objetivo final: é o desafio principal a ser alcançado, por exemplo, ter a maior pontuação. É o que definirá quem foi o vencedor ou “zerou” o jogo;
  • desafios: além do objetivo principal, devem haver metas claras para guiar as ações. Elas serão as “missões" do jogo que, após serem concluídas, fornecem recompensas. Ter metas não é algo incomum para vendedores, não é mesmo?;
  • pontos/conquistas: é preciso elaborar uma maneira de mensurar as conquistas dos indivíduos, seja por meio de pontos ou outras formas;
  • recompensa: a pontuação já é, de certa forma, uma recompensa. No entanto, é interessante que algo seja oferecido para quem alcançar o objetivo principal;
  • feedback do progresso: o ideal é que todos possam acompanhar seu progresso em tempo real por alguma ferramenta. Caso não seja possível, deve-se comunicar o progresso com regularidade;

Isso é tudo que você precisa para construir a “regra do jogo”. Dessa forma, a gamification é desenvolvida com organização e eficiência.

Quais são os benefícios da gamificação para as vendas?

No início deste conteúdo, comentamos que a gamificação proporciona vários benefícios. Então, quais são eles? Listamos os principais a seguir:

  • melhora a motivação da equipe;
  • promove o reconhecimento;
  • cria um ambiente mais saudável.

Melhora a motivação da equipe

O principal benefício da gamificação em vendas é a melhora do engajamento e da motivação da equipe. Essa estratégia faz com que a “corrida” atrás das metas se torne divertida.

Os colaboradores se sentem estimulados em cumprir os objetivos para acumularem cada vez mais pontos e, no final, conquistarem a maior recompensa.

Promove o reconhecimento

A gamificação pode contribuir para que os colaboradores tenham um reconhecimento que muitas vezes não aconteceria devido à agilidade da rotina diária.

Além disso, pode auxiliar no desenvolvimento de uma cultura de feedbacks, fazendo com que os membros do time tenham uma evolução profissional mais ágil e assertiva.

Cria um ambiente mais saudável

Se bem estruturada e utilizada, a gamificação em vendas é capaz de contribuir para que o ambiente seja mais saudável, descontraído e animador.

Os elementos incentivam a colaboração e a comunicação entre as pessoas. E a competição faz com que as tarefas se tornem mais interessantes. Apenas ressaltamos que se deve ter controle sobre a competição para não torná-la tóxica e desmotivadora.

Passo a passo para fazer uma gamificação em vendas

Agora, você já sabe o que é e quais as vantagens da gamificação, mas como faz para aplicá-la no setor de vendas? Descubra com este passo a passo:

  1. defina os objetivos;
  2. determine os indicadores de desempenho;
  3. estruture o funcionamento;
  4. coloque em prática;
  5. acompanhe os resultados;

1. Defina os objetivos

O primeiro passo para implementar a gamificação em vendas é definir os objetivos da empresa com isso. É fundamental que haja um propósito por trás da decisão em inserir essa estratégia na estrutura da equipe comercial.

O intuito é aumentar as vendas? Melhorar o engajamento dos colaboradores? Aprimorar a integração e a comunicação do time?

Comece pelo porquê. Encontre um problema antes de criar uma solução. Assim, a probabilidade de sucesso é maior. Aliás, o “sucesso” somente pode ser determinado a partir de objetivos claros.

2. Determine os indicadores de desempenho

Em seguida, é interessante que se determine quais são os indicadores de desempenho que possibilitam compreender o progresso feito em direção ao objetivo.

Por exemplo, caso a meta seja aperfeiçoar o engajamento da equipe, é uma boa ideia acompanhar a taxa de rotatividade, a produtividade de cada colaborador, a satisfação, entre outros fatores.

Esta etapa é muito importante para que no futuro seja possível ter dados que mostrem os resultados da estratégia.

3. Estruture o funcionamento

Depois do que podem ser chamadas de “fases de planejamento”, passa-se para a construção da gamificação em vendas. Aqui, é o momento no qual se define como os elementos do gamification (desafios, recompensas, etc.) irão funcionar.

Neste estágio, não há fórmula mágica: deve-se reunir a equipe e conversar. Essa é a maneira mais efetiva de arquitetar um sistema que condiz com a realidade do negócio e que realmente é capaz de motivar o time.

Organizem reuniões e, em conjunto, definam quais serão os desafios, como será o modelo de pontuação e muito mais. Importante destacar que o objetivo final e as “missões” devem ser guiadas pelo propósito definido no primeiro passo.

4. Coloque em prática

Após o sistema de gamificação em vendas estar totalmente desenvolvido, parte-se para a aplicação prática. Neste momento, o principal desafio é fazer com que haja adesão por parte dos colaboradores.

Diante disso, procure estimular diariamente a inclusão do gamification na rotina. Isso fará com que se torne um hábito natural.

5. Acompanhe os resultados

Lembra-se que comentamos que os indicadores seriam importantes no futuro? Pois é, eles são essenciais para que se consiga acompanhar os resultados proporcionados pela implementação do sistema.

Então, por fim, ressaltamos a importância de utilizar os KPIs definidos anteriormente para mensurar e analisar os resultados que estão sendo conquistados.

Software de CRM de vendas completo

CRM de vendas para melhorar a produtividade, os processos e a visibilidade do pipeline para as equipes de vendas