Artigo

Marketing Ágil: como implementar a gestão ágil na sua equipe?

Por Douglas da Silva, Web Content & SEO Associate, LATAM

Publicado 4 janeiro 2022
Última atualização em 4 janeiro 2022

Marketing Ágil, ou Agile Marketing, é uma metodologia adaptada da área de Tecnologia da Informação (TI) que consiste em utilizar ciclos curtos de trabalho, que têm por objetivo otimizar a entrega de valor de um projeto.

Na prática, a metodologia ágil não visa reduzir o tempo de entrega de algo, mas, sim, permitir que o cliente tenha a percepção de valor mais rapidamente, por meio da adoção de ações e práticas que contribuem para chegar a esse resultado.

No que se refere ao marketing, propriamente dito, esse modelo de gestão de projetos ajuda para que as empresas consigam responder mais depressa às mudanças desse mercado.

Além disso, ele também colabora para aumentar a produtividade dos times, fomentar a inovação, manter o foco no cliente, entre outras vantagens.

Como implementar o Marketing Ágil na sua empresa? Qual a origem dessa metodologia? Por que vale a pena utilizá-la? Confira essas e outras respostas agora, neste artigo!

O que é Marketing Ágil?

O Marketing Ágil é uma metodologia ágil de gestão de projetos. Essa metodologia, por sua vez, consiste na utilização de técnicas que permitem que o valor de algo seja entregue mais rapidamente ao cliente.

O Agile Marketing, como também pode ser chamado esse método, tem como origem o Manifesto Ágil, criado em 2001, por um time de desenvolvedores, a fim de aprimorar os processos de TI — falaremos mais sobre ele logo adiante!

Esse manifesto se tornou conhecido e passou a ser adaptado por outros setores, graças aos seus ganhos relacionados à eficiência, produtividade e agilidade.

Desse modo, em 2012, em um evento chamado Sprint Zero, profissionais de marketing de São Francisco, EUA, documentaram como deveria ser a metodologia ágil para esse setor, dando, assim, origem ao Agile Marketing Manifesto.

O documento em questão não chega a ser tão conhecido como o que inspirou a sua criação. Porém, serve como norte para empresas e profissionais da área que desejam implementar esse método.

A fim de acompanhar a complexidade e a velocidade com a qual o marketing acontece nos dias atuais, os cinco valores do Manifesto de Marketing Ágil são:

  1. Concentrar-se no valor para o cliente e nos resultados do negócio sobre a atividade e seus resultados

  2. Agregar valor no início e, muitas vezes, esperar pela perfeição
  3. Aprender por meio de experimentos e dados sobre opiniões e convenções
  4. Colaborar de forma multifuncional em silos e hierarquias
  5. Responder à mudança seguindo um plano estático

Com relação ao principios, os 10 descritos no documento são:

  1. Um bom marketing requer alinhamento estreito, transparência e interações de qualidade com clientes internos e externos

  2. Busque pontos de vista diferentes e diversos
  3. Abrace e responda às mudanças para aumentar o valor do cliente
  4. Planeje apenas em um nível suficiente para garantir a priorização e execução eficazes
  5. Arrisque-se e aprenda com suas falhas
  6. Organize-se em equipes pequenas e multifuncionais, sempre que possível
  7. Crie programas de marketing em torno de indivíduos motivados e confie neles para fazer o trabalho
  8. O sucesso de marketing de longo prazo se beneficia de operar em um ritmo sustentável
  9. O marketing ágil não é suficiente. A excelência em marketing também exige atenção contínua aos fundamentos do marketing
  10. Esforce-se pela simplicidade

Como funciona o Marketing Ágil?

Resumindo todos esses conceitos e orientações, podemos dizer que uma das principais propostas do Marketing Ágil é contribuir para o acompanhamento das mudanças desse setor, de maneira rápida, o que ajuda a evitar que a empresa “fique para trás”.

Por meio dessa metodologia é possível, por exemplo, transformar as equipes e seu modo de trabalhar. A ideia aqui é, se os times forem mais ágeis, a tendência é se tornarem mais colaborativos.

E por tornar possível seguir as modificações do setor de marketing, praticamente na mesma velocidade que acontecem, os profissionais se tornam mais flexíveis a alterações, especialmente as não programadas.

Também é preciso destacar que o funcionamento do Marketing Ágil tem como base a entrega de melhorias contínuas, possível de ser realizada por contar com ciclos mais curtos de trabalho, tudo isso tendo como centro da estratégia o cliente.

Dica de leitura: “Como aumentar a retenção e fidelização de clientes com marketing de conteúdo?

O que é a metodologia ágil?

Para tornar o entendimento sobre o que é Marketing Ágil e como ele funciona mais fácil, é interessante explicarmos o método que o originou, que é a metodologia ágil.

Como dissemos, a metodologia ágil é um conjunto de ações e práticas que contribuem para que um projeto se torne mais flexível e dinâmico.

As principais características desse método é que ele permite a formação de equipes mais enxutas, autogerenciáveis, multidisciplinares, concentradas e experientes.

A ideia por trás desse conceito é entregar valor ao cliente mais rapidamente, e não apenas quando o projeto está totalmente concluído. 

Também por isso, a metodologia ágil é dividida em ciclos curtos. Ou seja, a cada etapa finalizada algo é entregue, e somente com o término de uma fase é possível prosseguir para outra.

Uma das vantagens de se trabalhar dessa maneira é que, se surgirem mudanças e problemas durante a realização do projeto, fica mais fácil se adequar a elas e/ou solucioná-las.

Entenda TUDO sobre esse tema lendo o artigo: “[Guia] Entenda o que é metodologia ágil: origem, benefícios e tipos de metodologias ágeis

Quais as vantagens do Marketing Ágil?

E por falar em vantagens, vamos destacar agora os principais benefícios do Marketing Ágil, que são:

  • Aumento da produtividade
  • Mais eficiência para dos projetos
  • Melhor adaptação às mudanças
  • Alinhamento mais preciso das equipes
  • Abertura de espaço para inovações
  • Colaboração para a transformação digital da empresa
  • Manter o cliente como foco das estratégias 

Aumento da produtividade

Segundo o relatório The State of Agile Marketing, o principal motivo de adotar o Marketing Ágil, com 53% das impressões, é aumentar a produtividade.

Entre as razões que possibilitam esse tipo de resultado estão o fato que as equipes ficam mais direcionadas, não perdem tempo com reuniões improdutivas, e têm um direcionamento mais claro do que precisa ser feito.

Mais eficiência para os projetos

Se procurar a palavra eficiência no dicionário, verá que significa “capacidade de realizar tarefas ou trabalhos de modo eficaz e com o mínimo de desperdício; produtividade”.

Trazendo isso para o Agile Marketing, e relacionando aos seus princípios e valores, é possível dizer que se trata de adotar ações que ajudam a minimizar falhas e, com isso, entregar mais em menos tempo, sem perder a qualidade. 

Melhor adaptação às mudanças

O relatório que acabamos de citar também destaca que ter capacidade para mudar de prioridade é outra razão pela qual vale a pena adotar o Marketing Ágil, com 45% dos apontamentos.

Essa melhor adaptação às mudanças acontece por conta de uma das características que citamos dessa metodologia, que são os ciclos curtos de trabalho.

Dessa forma, sempre que algo precisa ser modificado, fica mais fácil de fazê-lo, e esse cenário pode incluir tanto mudanças de comportamento dos clientes quanto do próprio setor, ou ainda abordagem da empresa.

Assim, ao invés de ver as alterações como problemas, ou mesmo ignorá-las e seguir com o previsto em um planejamento longo, elas se tornam oportunidades de melhoria e de crescimento.

Sugestão de leitura: “Campanhas Sazonais: o que são, exemplos, como criar e como fidelizar clientes com ela

Alinhamento mais preciso das equipes

Lembra que dissemos que as equipes ágeis não perdem tempo com reuniões improdutivas? Pois bem, outra característica da metodologia ágil é que são feitos encontros diários rápidos, os quais permitem aos participantes alinharem diferentes pontos.

É possível, por exemplo, compartilhar informações sobre as atividades que já foram feitas, os primeiros resultados, testes, necessidades de adaptações etc.

A consequência disso é que o time consegue produzir mais e melhor, especialmente por estarem no mesmo patamar e “falando a mesma língua”

Aproveite e leia também: “O que é daily scrum: definição, principais vantagens e 5 dicas de como fazer reuniões ágeis com suas equipes

Abertura de espaço para inovações

Também segundo o relatório The State of Agile Marketing, fomentar a inovação é outro motivo para implementação do Marketing Ágil, com 42% das impressões.

A justificativa é bastante simples, mas totalmente relevante: é quase impossível ter processos e ideias inovadores com estruturas de atuação rígidas.

Ao criar equipes autogerenciáveis, multidisciplinares e autônomas, torna- se mais fácil obter ideias novas que podem, inclusive, contribuir em diferentes aspectos para o crescimento da empresa. 

Colaboração para a transformação digital da empresa

E por falar em inovação, vale destacar que esse conceito também está totalmente relacionado ao de transformação digital

Especialmente no marketing, se adequar às mudanças que envolvem redes sociais, mídias online e outras peças e ferramentas semelhantes pode fazer bastante diferença nos resultados do negócio.

Não deixe de ler: “Como aumentar a retenção e fidelização de clientes com marketing de conteúdo?

Manter o cliente como foco das estratégias 

Se antes as ações de marketing tinham como foco divulgar uma marca e estabelecê-la no seu mercado de atuação, hoje, o cliente está no centro de todas as operações.

No Agile Marketing o consumidor, suas necessidades, dores e anseios, são as diretrizes e base para a criação de campanhas e ações. Com isso, as chances de conversão aumentam, visto que tudo o que é criado está alinhado com as expectativas do público-alvo da companhia.

Como adotar a metodologia ágil na gestão de projetos de marketing?

Achou todas as informações interessantes? Quer saber como implementar a metodologia ágil na gestão de projetos de marketing também na sua empresa? Nossas dicas para isso são:

  • Escolha o seu framework
  • Monte a sua equipe
  • Treine adequadamente o seu time
  • Documente tudo o que foi planejado
  • Inicie a implementação da metodologia e faça os ajustes necessários

Escolha o seu framework

Frameworks são modelos de trabalho que podem ser utilizados para gerenciamento de projetos ágeis.

Dos mais utilizados para essa finalidade estão:

  • Scrum: tem como base os sprints, que são ciclos de trabalho que podem durar algumas semanas ou poucos meses
  • Kanban: sistema de acompanhamento visual o andamento das atividades
  • Nexus: indicado para projetos que contam com várias equipes que usam o Scrum
  • Lean: consiste em “enxugar” os processo, usando apenas os recursos e ferramentas essenciais
  • Scaled Agile Framework (SAFe): uma mescla do Lean com o Scrum.

A escolha do framework mais indicado, a exemplo do Scrum vs Kanban, deve considerar o perfil do negócio e dos profissionais, o ramo de atuação, o que será desenvolvido e outros critérios e características relacionados.

Monte a sua equipe

A montagem da equipe deve seguir as diretrizes do framework escolhido. Por exemplo, o Scrum é composto por um time de 5 a 9 profissionais multidisciplinares e um especializado, denominado Scrum Master.

Treine adequadamente o seu time

Se a sua empresa está adotando o Marketing Ágil agora, é bastante esperado que isso gere certa resistência. 

Por isso, é essencial treinar bem os colaboradores sobre como funciona essa dinâmica e, principalmente, destacar por quais motivos a metodologia ágil está sendo adotada, suas vantagens, pontos positivos etc.

Documente tudo o que foi planejado

Registre todos os passos dessa implementação, incluindo objetivos, expectativas, framework utilizado, membros das equipes, responsáveis por cada tarefa, prazos, entre outras informações.

Isso ajuda a alinhar percepções e a solucionar possíveis desentendimentos que venham a surgir.

Inicie a implementação da metodologia e faça os ajustes necessários

Com tudo definido, coloque o seu plano em prática e faça um acompanhamento pontual dos primeiros resultados. 

A ideia é identificar o que está dando certo e o que precisa ser modificado, por exemplo, trocar o modelo de trabalho ou intercalar os membros das equipes, a fim de que o Marketing Ágil traga o retorno esperado.

Quer saber mais como gerenciar projetos e times nesse formato? Então leia agora mesmo o artigo: “Gestão ágil de projetos: como aplicar?