Ir para o conteúdo principal

Artigo 10 min read

O que são micro-momentos? Desafios e exemplos!

Por Douglas da Silva, Web Content & SEO Associate, LATAM

Última atualização em 18 setembro 2023

Você sabe o que são micro-momentos e como aproveitá-los para gerar mais vendas para sua empresa? Não? Então este artigo é para você. 

Afinal, ao entender o uso dos micro-momentos você vai poder aplicá-los para ajudar seus clientes a tomarem decisões de compra que favoreçam o seu negócio e ampliam a satisfação dos compradores. 

Ficou curioso? Então, continue lendo este artigo e aprenda como usar micro-momentos para melhorar os resultados do seu negócio. 

O que são micro-momentos?

Micro-momentos são instantes da jornada de um consumidor, nos quais eles demonstram uma intenção de compra mais clara. Esses micro-momentos podem ser classificados em quatro tipos diferentes: “eu quero saber”, “eu quero fazer”, “eu quero comprar” e “eu quero ir”. 

O conceito foi criado pelo Google, que também definiu os quatro tipos de micro-momentos, sobre os quais falamos abaixo. 

#1 “Eu quero saber”

Esse é o instante em que o usuário teve acesso a alguma informação sobre determinado produto ou serviço, seja por meio de um anúncio ou indicação de alguém, e deseja saber mais sobre aquilo. 

Esse é o micro-momento em que o potencial consumidor está se informando sobre um produto ou serviço.

#2 “Eu quero fazer”

Nesse caso, o usuário está em busca de dicas práticas sobre como fazer, criar, instalar, montar ou executar alguma coisa — aqui, os vídeos fazem sucesso. 

Os conteúdos em formato de tutorial em vídeo ou texto são ótimas opções de estratégia. 

De maneira geral, todo o marketing de conteúdo é muito útil nessa etapa, te ajudando a tornar a sua marca uma referência para o consumidor, como fonte de informação relevante. 

Esse relacionamento contribui para o comprador desenvolver confiança em você e enxergar a companhia como uma autoridade no assunto. 

Logo, quando chegar o momento da compra, a tendência é que ele busque os produtos e serviços que você oferece.

#3 “Eu quero comprar”

Se refere ao micro-momento em que o usuário está fazendo pesquisas com a real intenção de compra.

Esse processo, naturalmente, passa pela internet, por meio de pesquisas digitais. 

Segundo um estudo do Google, nove em dez brasileiros pesquisam on-line antes de comprar.

O mesmo relatório ainda indica que o consumidor brasileiro entra, em média, em seis canais de varejistas diferentes antes de decidir onde comprar.

Logo, se a sua empresa não tem um posicionamento digital relevante, dificilmente ela será, sequer, considerada.

Contudo, aproveitar esse micro momento em que a pesquisa com intenção de compra ocorre, é essencial para boas taxas de conversão.

Vale a pena destacar que, normalmente, os termos utilizados nessas buscas, trazem o nome do produto ou serviço e são específicos, como “smartphone 64GB”. 

Dessa forma, lembre-se de ter páginas de produto com boas descrições e investir no SEO, para ocupar as melhores posições de busca nos mecanismos de pesquisa e responder aos potenciais compradores. 

Leia também: SEO para vendas: saiba a importância para os negócios e como aplicar essa estratégia

#4 “Eu quero ir”

Aqui, o usuário tem a intenção de chegar a algum lugar. Podemos citar, por exemplo:

  • a busca pelo endereço de uma loja;
  • a definição de rotas até determinado local;
  • a pesquisa por indicações de estabelecimentos nos arredores da sua posição atual. 

Nesse momento, o geomarketing pode ser bem aproveitado em uma estratégia sólida.

Perceba que ao compreender o que são mico-momentos você pode organizar sua estratégia de marketing digital para colocar sua empresa presente em cada fase, aumentando a sua participação no processo de tomada de decisão de compra do cliente. 

Desafios e riscos dos micro-momentos

Os micro-momentos resultam das mudanças de comportamento dos clientes ao longo dos anos, especialmente a partir da transformação digital, que ainda acontece. 

Afinal, as alterações do processo de compra e venda não param de surgir a partir da chegada de novas ferramentas e tecnologias no mercado. 

A inteligência virtual, por exemplo, é o assunto do momento, com recurso como chat GPT e chatbots capazes de personalizar a comunicação e oferecer um suporte de excelência. 

Tudo isso vem causando uma revolução na relação consumidor com a marca. 

Uma vez que eles são exemplos da nova realidade proporcionada pela evolução digital, utilizar promoções não é mais suficiente. 

É preciso estudar o perfil do seu cliente ideal e ter uma estratégia sólida para alcançar o usuário, em momentos nos quais ele está formando sua opinião. 

Somente por meio de contatos positivos nas horas certas, ou nos micro-momentos, surgirá o diferencial que influenciará na decisão de compra.

Tão rápido quanto o cliente está na sua mão, ele pode mudar de ideia e optar pela concorrência.

Essa inconstância é consequência da conectividade cada vez mais presente no dia a dia, logo, a sua marca tem que estar preparada para conquistar o cliente.

É importante que ela esteja presente em diferentes etapas desse fluxo, porque, mesmo que o consumidor encontre o produto ou serviço da sua empresa depois de uma busca, ele tende a continuar sua pesquisa por mais informações. 

Isso acontece, especialmente, por meio de dados exclusivos e personalizados, que o ajudam a escolher a melhor opção do mercado. 

Entre os dados que auxiliam nessa busca, estão: 

  • características do produto ou serviço;
  • benefícios;
  • vantagens da compra. 

Ou seja, o cliente precisa estar convencido de que a sua marca é a melhor para solucionar o problema.

Como usar os micro-momentos para melhorar os resultados do  negócio?

Entendido o que são micro-momentos e quais os seus desafios e aplicações, é hora de avançar e considerar como usar micro-momentos para tomar decisões de compra, ou melhor, auxiliar o cliente a fazer essa escolha. 

Nesse sentido, é importante destacar que optar pelo uso de micro-momentos em sua campanha ajuda nas estratégias de atração, conversão, relacionamento e vendas, além de garantir ótimos níveis de retorno sobre investimento, ROI.

Para isso, é fundamental contar com o Inbound Marketing, que faz com que cada cliente em potencial seja tratado de forma única, respeitando a etapa em que ele se encontra na jornada de compra

Dependendo dos estímulos produzidos pelas ações, é possível direcionar uma comunicação personalizada e conveniente, sem ser intrusivo.

De fato, pesquisas como a apresentada no Relatório de Tendências dos Consumidores da Zendesk mostram que os compradores buscam por isso.

O estudo indicou que 59% deles querem que as empresas usem os dados coletados sobre eles para criar experiências personalizadas, sendo que 62% dizem que recomendações personalizadas são melhores do que as genéricas e 60% acham que as recomendações personalizadas são valiosas.

Logo, para aproveitar os micro-momentos, é preciso considerar a etapa da jornada de compra na qual o consumidor está, bem como desenvolver uma comunicação eficiente e personalizada, capaz de se comunicar diretamente com as demandas de cada pessoa.

Uso de tecnologia na gestão dos micro-momentos

Nesse sentido, o uso de tecnologia se torna imprescindível, afinal, sem ela, a personalização do contato entre a sua marca e seus potenciais clientes se torna difícil de ser implementada. 

Isso significa que, para explorar bem as oportunidades de micro-momentos, você deve utilizar ferramentas como:

  • Google Keyword Tool e SEMRush, que vão te ajudar a ter insights sobre os termos mais utilizados pelos usuários, quando eles procuram algo semelhante ao que você vende;
  • sistema de automação de marketing, para estabelecer uma comunicação contínua e segmentada com os contatos da sua base de leads e oferecer mais valor a cada um deles. Ao compreender suas necessidades e o estágio da jornada de compra em que estão, é possível atender às demandas de cada tipo de micro-momento; 
  • software de CRM de vendas; ideal para centralizar dados relevantes, obter insights valiosos, gerar insights valiosos sobre o processo de venda e mais;
  • ferramenta de atendimento ao cliente, opção para oferecer as respostas que os compradores buscam com velocidade e assertividade, personalizar o relacionamento com clientes no pós-venda e mantê-los próximos à companhia, melhorando a reputação do negócio e gerando novas vendas a partir da fidelização.

Como você pode ver acima, a jornada de compra do cliente, assim como o funil de vendas, não termina quando o cliente faz um pedido. Isso significa que os micro-momentos também continuam a acontecer e a se repetir mesmo após a concretização do negócio.

Logo, fique atento para manter a sua marca presente em todas as fases do processo de compra do cliente.   

Para isso, existem algumas práticas importantes que vão te ajudar a aproveitar todos os benefícios do que são micro-momentos.

Como usar micro-momentos para tomar decisões de compra?

Agora que você já conhece os exemplos de micro-momentos e entende esse conceito, é hora de seguirmos para a prática e aprender como usar micro-momentos para tomar decisões de compra, ou melhor, auxiliar os compradores da empresa a fazerem isso.

Afinal, não basta ter as ferramentas certas em mãos, é preciso saber como usá-las. 

Nesse sentido, é essencial organizar e planejar suas ações de marketing e vendas. 

Confira algumas dicas de como fazer isso, a seguir. 

Entenda o comportamento dos usuários

Faça uma análise dos termos de busca mais utilizados pelo seu público-alvo para encontrar informações sobre algum produto ou serviço. 

Direcione seus esforços para compreender também quais são as intenções por trás dessas pesquisas. 

Assim, você consegue identificar padrões de comportamento do mercado mobile e utilizá-los a seu favor, atendendo às demandas de cada micro-momento.

Isso pode ser feito por meio da ferramenta Google Search Console, que permite acessar o relatório “Search Analytics” para descobrir os termos de busca em que suas páginas aparecem.

Outro fato importante, é saber qual o dispositivo mais utilizado para os usuários encontrarem a sua marca (smartphone, computador, tablet, etc).

Estruture sua campanha

Conhecendo a fundo os seus potenciais clientes, você consegue entender como cada ação ou conteúdo pode ser útil para atrair o usuário durante os micro-momentos. 

Avalie se é interessante criar materiais ricos, como ebooks, vídeos e planilhas, para satisfazer as necessidades dos usuários e engajá-los com informações persuasivas.

Lembre-se de investir na produção de conteúdo relevante para o seu site e blog, respondendo às dúvidas mais comuns dos compradores sobre o nicho em que você atua.

Recursos gratuitos como o Google Keyword Planner te ajudam nessa etapa, ao listar as perguntas feitas por usuários do Google.

Responda a essas questões e amplie as chances de levar os usuários da plataforma para dentro do seu site. 

Otimize seus meios de comunicação

A oportunidade de impactar o usuário é imediata, principalmente com a facilidade dos smartphones e do acesso à internet, a qualquer hora e lugar. 

Por isso, transforme a experiência do usuário em prioridade e certifique-se de que seu site esteja otimizado para aparelhos mobile com um design responsivo e boa velocidade de carregamento.

Portanto, fique atento a detalhes como:

  • velocidade de carregamento das páginas;
  • experiência do usuário e design responsivo;
  • uso da tecnologia Accelerated Mobile Pages (AMP).

Agora que você entendeu o que são micro-momentos e como colocar em prática, espero que ajude a impulsionar a produtividade da sua empresa, sendo um aliado à estratégia de marketing. 

Como dissemos acima, para isso, a tecnologia é essencial e não pode ficar de fora do seu plano de ação. 

Então, finalizamos esse guia com um convite: faça um teste gratuito da ferramenta de vendas e suporte da Zendesk e veja como podemos te ajudar a escalar seus resultados, aproveitando cada micro-momento do seu consumidor, e gerando melhores taxas de conversão em todas as etapas da jornada comercial. 

Histórias relacionadas

Artigo
7 min read

SAC 3.0 e SAC 4.0: conceitos, diferenças e principais tendências

SAC 3.0 e SAC 4.0 são a evolução do serviço de atendimento ao cliente, com ferramentas e tecnologias que visam melhorar a experiência do consumidor.

Artigo
7 min read

WhatsApp no atendimento ao cliente: principais tendências

Usar o WhatsApp no atendimento ao cliente já não é novidade. Além do suporte multicanal, a tendência é integrar IA nos apps de mensagem. Saiba TUDO!

Artigo
7 min read

Melhores livros de atendimento ao cliente [Parte 2]: +7 dicas

Qual o melhor livro de atendimento ao cliente? Confira uma lista atualizada com mais 7 sugestões de leitura indispensáveis para o customer success.

Artigo
11 min read

10 livros para abrir a mente e por que eles realmente funcionam

Top 10 livros para abrir a mente: sugestões de leitura para expandir seu conhecimento, amadurecer a mente e melhorar, como pessoa e profissional.