Artigo

O que é integração API? Entenda como usar essa tecnologia

Por Douglas da Silva, Web Content & SEO Associate, LATAM

Publicado 6 Mai 2021
Última atualização em 12 Mai 2021

A inovação é uma das principais características da era digital, onde a automação é um caminho trilhado por muitas empresas que querem se destacar no mercado. Nesse quesito, a integração via API permite às empresas otimizarem a adaptação de seus sistemas, o que faz dessa ferramenta uma grande ponte de novidades nas organizações.

Se a sua empresa não sabe o que é integração via API, ou se não utiliza algum dos tipos de API em seus processos, existe uma boa possibilidade dela estar ficando para trás, e isso ficou comprovado através do relatório do ProgrammableWeb, que mostrou um crescimento de 2.000 novas APIs ao ano.

As novas tecnologias nos proporcionam comodidade, conforto e praticidade, tudo isso com uma velocidade sem igual, que anos atrás poderíamos achar impensada, mas que hoje em dia são essenciais, como aplicativos de delivery, aplicativos de rotas e tantos outros.

Para mostrar os benefícios que a tecnologia por trás da integração via API pode proporcionar, não só as pessoas, mas, principalmente para o crescimento das empresas, vamos explicar tudo o que você precisa saber sobre o uso de APIs. 

Leia também: Promova a transformação digital das empresas com APIs.

Boa leitura!

O que é integração via API?

API é a abreviação de Application Programming Interface, que traduzindo para o português significa Interface de Programação de Aplicação.

Trata-se de um conjunto de instruções, rotinas e padrões de programação utilizados em conjunto, permitindo a construção de uma interface inteligente, que se torna o meio pelo qual dois sistemas interagem.

É através da integração via API que dados são trocados entre sistemas distintos, e isso permite que tarefas automatizadas sejam pré-definidas, e quando determinada informação de um sistema for obtida, outra ação é iniciada automaticamente.

Basicamente, a integração via API é usada para que aplicativos interligados por meio de internet, conversem entre si, sem a necessidade da intervenção humana no abastecimento desses dados.

Quais os benefícios de fazer integração via API?

O processo de integração via API facilita muito as rotinas de trabalho dentro de uma empresa, e dentre as tarefas que são facilitadas com essa integração estão automação de ações como:

  • atualização de endereços;
  • envio de e-mails;
  • emissão de notas;
  • lançamentos contábeis;
  • preenchimento de planilhas;
  • e muito mais.

Além disso, alguns benefícios são notórios nas vivências da empresa, como: menos gastos com custos operacionais na área de TI, facilitação de gerenciamento de diversos processos; a integração de setores como vendas, marketing e logística, e muito mais segurança das informações.

Melhoria na comunicação: um fator chave da integração via API fica por conta da comunicação. A API atua recebendo e transmitindo os dados de uma empresa, isso facilita a comunicação entre setores, melhorando o aproveitamento de todas as informações que circulam numa empresa.

Outra vantagem que deve ser levada em consideração ao implementar um sistema de integração via API, é o aumento da fidelização dos clientes. Uma conexão via API permite que as empresas customizem os sistemas para agradar cada tipo de cliente, e isso impacta tanto na fidelização dos clientes, quanto na produtividade da empresa de forma positiva.

Quais são os tipos de APIs?

Além de entender o que é integração via API - Application Programming Interface, é importante saber que existem vários tipos API. 

Existem três tipos de APIs:

  • privadas: utilizadas internamente nas aplicações de uma empresa;
  • parceiros: utilizadas entre parceiros de negócios;
  • públicas: utilizada livremente.

Quando se fala em variações de API, a referência é a maneira que as APIs são criadas, suas linguagens e arquiteturas de programação implementadas. A seguir, destacamos as 3 variações de API mais conhecidas.

1. CRUD API

A sigla CRUD representa os seguintes verbos:

  • Create - criar
  • Read - ler
  • Update - atualizar
  • Delete - deletar

O CRUD API é uma linguagem bem básica e antiga, considerada um ciclo de programação. Por não ser considerado como uma arquitetura de criação para APIs, é menos utilizado.

2. REST API

A sigla REST significa Representational State Transfer,  em português, Transferência Representacional de Estado. 

É extremamente utilizado, pois as interações não dependem de requisições prévias, e foi criada para ser utilizada por rede com uso prioritário de HTTP. uma das linguagens de programação mais utilizadas na atualidade.

A linguagem REST é representada pelos seguintes verbos:

  • Get - pegar (recuperação de dados);
  • Post - enviar;
  • Put - atualização de recursos;
  • Delete - deletar.

As APIS Rest levam informações de uma ferramenta para outra de forma rápida e eficiente, além de ter uma curva de aprendizagem curta. 

2. SOAP API

A sigla SOAP significa Simple Object Access Protocol, em português, Protocolo de acesso a objetos simples.

Essa API é a mais abrangente, pois possui plataforma de comunicação independente, sem depender de HTTP, como a REST, e cria automatizações com muita facilidade.

Esta é a melhor opção para ambientes corporativos que buscam implementar um sistema de integração via API moderno, rápido e eficiente. 

Para entender mais sobre automatização, leia: O que é automatização de processos?

Por que sua empresa deve apostar em um sistema de integração via API?

Muitas empresas adotam a integração via API em seus negócios, a fim de ganhar eficiência e agilidade em tarefas que podem deixar de ser manuais para serem automatizadas, essa é a nova realidade.

Através da integração via API, diversas funções se tornam automatizadas, dentre elas a emissão de notas fiscais, a automação de marketing, questões logísticas e tantas outras.

Otimização de processos e redução de custos, no curto prazo esses são os dois principais fatores que contam positivamente a favor da tecnologia API, a qual cada vez mais empresas têm apostado para aproveitar os dados da melhor maneira possível.

Utilizar a integração via API atrelada ao CRM é uma boa estratégia, e melhor ainda se a empresa puder contar com uma boa plataforma. Como opção, apresentamos o Zendesk Sunshine, uma plataforma de CRM open API, que permitirá que você conecte os dados do seu cliente com toda a empresa, utilizando APIs para facilitar toda a comunicação. Conheça agora!

Plataforma de CRM aberta

O Zendesk Sunshine conecta dados de seus clientes de qualquer origem em uma plataforma de CRM aberta, flexível e nativa da AWS.