Artigo | 6 min read

Tudo sobre sistemas de inteligência artificial + aplicação prática!

Por Zendesk

Última atualização em 18 fevereiro 2024

A procura por um maior entendimento sobre os sistemas de inteligência artificial nunca esteve tão em alta quanto atualmente, devido à explosão de ferramentas que antes só faziam parte dos livros e filmes de ficção científica.

Aliás, um sistema de inteligência artificial pode ser projetado e treinado para diferentes propósitos.

Com as técnicas de aprendizado de máquina e a ajuda de uma imensa base de dados, pode-se realizar funções como criar imagens ou escrever textos.

Diante de tantas soluções e oportunidades, criamos este conteúdo para esclarecer os conceitos de inteligência artificial (IA ou AI, em inglês), como funciona e suas aplicações. Siga conosco!

Resumo

    • Os sistemas de inteligência artificial são projetados para replicar capacidades humanas. Os 4 tipos de IA são: reativa, limitada (como os chatbots disponíveis em sites e serviços de empresas), generalizada e superinteligente.
    • As aplicações da IA envolvem: análises de imagens na saúde, atendimento ao cliente em linguagem natural, detecção de fraudes, transporte com veículos autônomos, assistentes de voz e interpretação de grande volume de dados.
    • Os benefícios da inteligência artificial incluem: automação de tarefas repetitivas, aumento na eficiência e produtividade, avanços na área da saúde, monitoramento e detecção de erros ou falhas e otimização no uso de recursos.

Conteúdos relacionados

Neste artigo, você aprenderá

O que é um sistema de inteligência artificial?

O sistema de inteligência artificial é um software criado e projetado para replicar capacidades humanas, como aprendizado, raciocínio lógico, reconhecimento de padrões e interação em linguagem natural. A proposta é entender uma demanda compartilhada por voz ou texto e, assim, responder a ela.

Uma assistente virtual, como a Alexa (ferramenta da Amazon), é um exemplo de recurso que usa a IA para compreender mensagens em linguagem natural e responder a elas da mesma forma.

Não é preciso que o usuário conheça códigos, apenas que interaja naturalmente.

Além disso, a ferramenta pode aprender conforme é usada, oferecendo personalização ao atendimento das demandas de quem a usa.

Como funciona um sistema de inteligência artificial?

Um sistema de inteligência artificial funciona com o uso de algoritmos, juntamente com técnicas específicas de aprendizado de máquina.

Existem diferentes métodos e abordagens na criação e funcionamento de um software com IA. Porém, alguns pontos são comuns a maioria delas, como:

  • coleta de dados: o primeiro passo é coletar os dados que serão usados como base de conhecimento;
  • pré-processamento: com os dados selecionados, é preciso prepará-los para que possam ser usados adequadamente;
  • escolha do algoritmo: o algoritmo é o código guia que indicará como o programa irá trabalhar para interpretar todos os dados disponíveis, seja com redes neurais ou outras técnicas;
  • treinamento: aqui é o momento em que o algoritmo trabalha, utilizando grande poder de processamento para interpretar e reconhecer os padrões necessários para o aprendizado;
  • avaliação e ajuste: o último passo é validar o que foi aprendido, utilizando testes que buscam avaliar e ajustar o que a ferramenta aprendeu de acordo com o esperado.

Quais são os 4 tipos de inteligência artificial?

Conforme a classificação de Arend Hintze, professor na Universidade de Michigan, os atuais 4 tipos de inteligência artificial são:

  • inteligência artificial reativa;
  • inteligência artificial limitada;
  • inteligência artificial generalizada;
  • inteligência artificial superinteligente.

É importante notar que essas classificações não são definitivas, considerando a constante evolução na área.

Inteligência artificial reativa

A inteligência artificial reativa diz respeito às soluções projetadas para responder a situações específicas, com base em regras pré-programadas, sem qualquer memória ou capacidade de aprendizado.

Por exemplo, aqueles antigos computadores criados para vencer um jogador de xadrez.

Inteligência artificial limitada

A inteligência artificial limitada, ao contrário da reativa, possui algum tipo de memória e capacidade de aprendizado. No entanto, ela não tem uma compreensão completa do contexto.

Um exemplo são os famosos chatbots que você encontra em sites e serviços de empresas em geral.

Inteligência artificial generalizada

A inteligência artificial generalizada, também conhecida como IA forte, conseguem aprender por meio do uso de redes neurais e processamento de linguagem natural.

Para exemplificar, podemos citar o Chat GPT.

Leia mais sobre esse assunto: Guia completo para chatbots de IA

Inteligência artificial superinteligente

A inteligência artificial superinteligente, ou autoconsciente, é o ponto mais alto que uma IA pode chegar até o momento.

É um sistema de IA com senso de si, consciência e compreensão do que é. Um pouco assustador, não é mesmo?

Quais as aplicações da inteligência artificial?

Existem diversas aplicações da inteligência artificial na nossa vida, sejam pessoais ou empresariais. Elas podem nos ajudar em:

  • análises de imagens na área da saúde;
  • atendimento ao cliente em linguagem natural;
  • detecção de fraudes financeiras;
  • transporte com o uso de veículos autônomos;
  • assistentes de voz mais inteligentes e personalizados;
  • interpretação e preparação de grande volume de dados.

Considerando todos esses usos, o suporte está entre os que oferecem grandes resultados para as organizações, ao contribuir para a melhoria da experiência do consumidor e aumentar sua satisfação com a companhia.

Sobre esse assunto, criamos um artigo especial:Inteligência artificial no atendimento ao cliente: o que é, como usar e qual impacto para a empresa?”.

Quais os benefícios da inteligência artificial?

Muito se discute sobre as vantagens dessa tecnologia. Uns se dizem preocupados com o desaparecimento de empregos, outros encaram como uma mudança na forma de como trabalhamos.

Há muito o que se discutir neste campo, porém, já podemos observar alguns benefícios da inteligência artificial, como:

  • automação de tarefas repetitivas;
  • aumento na eficiência e produtividade;
  • avanços na área da saúde;
  • monitoramento e detecção de erros ou falhas;
  • otimização na utilização de recursos.

Aproveite o poder dos sistemas de inteligência artificial

Como você pôde ver, a visão computacional e a IA chegaram em níveis incríveis, que há pouquíssimo tempo sequer esperávamos que teríamos tão rapidamente em nossas vidas.

O uso de termos como redes neurais, aprendizado de máquina e tudo o que envolve a inteligência artificial tem tudo para ser uma constante no nosso dia a dia.

Com o avanço da tecnologia, diversas questões práticas e filosóficas vão aparecer. Cabe a nós entender a melhor forma de fazer o uso responsável dessas tecnologias.

Se você está se perguntando como implementar os sistemas de inteligência artificial na rotina e aproveitar todas essas vantagens, o Zendesk Service oferece soluções que permitem que você conecte e adicione um bot aos canais de comunicação da sua empresa.

Com ele, você otimiza o trabalho da equipe e cria as melhores experiências para seus clientes.

Além de conversar em tempo real com os consumidores, a ferramenta de chat de IA emite relatórios que propiciam a análise do desempenho da equipe e do nível de satisfação dos clientes.

Para começar a testar as funcionalidades e os resultados que o chatbot pode trazer para sua empresa, conheça mais sobre o chatbot da Zendesk e faça uma avaliação gratuita. Depois, é só escolher o plano que atende à sua necessidade!

 

Software de suporte ao cliente

O software de suporte ao cliente da Zendesk é fácil de usar e oferece uma melhor experiência de atendimento.

Software de suporte ao cliente

O software de suporte ao cliente da Zendesk é fácil de usar e oferece uma melhor experiência de atendimento.

Experimente grátis