Artigo

Desempenho de equipe: como avaliar a produtividade dos funcionários que trabalham em home office?

Por Douglas da Silva, Web Content & SEO Associate, LATAM

Publicado 5 novembro 2020
Última atualização em 5 novembro 2020

A pandemia trouxe mudanças significativas no mundo e as rotinas no mercado de trabalho certamente nunca mais serão as mesmas. O home office, por exemplo, que antes era restrito para alguns profissionais nunca foi tão requisitado. Logo, não é por menos que as empresas estão com dificuldade de avaliar a produtividade e o desempenho de equipe.

Só para você ter uma ideia, de acordo com o dados da Agência Brasil, segundo a Pesquisa Gestão de Pessoas na Crise covid-19, as atividades de home office passaram a ser adotadas por 46% das empresas durante a pandemia. Sendo que, 67% tiveram dificuldades no início do trabalho à distância.

Nesse contexto, fica a questão: como avaliar a produtividade e o desempenho de equipe? Se você está em busca de respostas, atente-se aos próximos tópico. Nesse artigo, iremos refletir sobre a maturidade das empresas e seus funcionários na hora de realizar a avaliação de desempenho de equipe. Confira!

Crescimento do home office no mundo 

Inicialmente, o principal motivo para o surgimento do home office no mundo foi a redução de custos fixos por parte das empresas. No entanto, com as mudanças de comportamento e com a chegada de novas profissões, principalmente interligadas ao universo digital, a prática do home office foi se tornando cada vez mais comum e vantajosa.

Nos dias de hoje, a busca pela saúde e pela valorização do tempo tem provocado uma quebra de paradigmas entre a relação capital-trabalho. Comportamentos e ocasiões que antes eram toleráveis como trânsito, rotina agitada e alimentação baseada em fast food, atualmente, tem sido motivo de reflexão.

Nessas condições, o aumento de profissionais em busca de empresas que ofereçam o home office como alternativa tem se tornado frequente.

Essa crescente pode ser observada através dos dados de pesquisa de home office 2018, obtidos por meio da empresa de recrutamento Robert Half. A pesquisa realizada em 16 países e com 1.876 diretores de recursos humanos comprova a tendência de que o home office tem se tornando uma prática mais difundida no Brasil e no mundo. 

Vale ressaltar, que a mesma pesquisa aponta o Brasil como o 3° país no mundo onde os modelos de trabalho a distância mais crescem.

Benefícios do home office para as empresas e funcionários

Como podemos perceber, o home office que antes fazia parte de poucas empresas brasileiras, passou a compor o quadro de atividades de muitas organizações, visto principalmente as vantagens associadas com a prática dessa modalidade de trabalho.

Nesse contexto, separamos abaixo alguns dos principais benefícios do home office para as empresas e funcionários.

Benefícios do home office para as empresas

  • Economia

Manter um escritório físico funcionando promove gastos com aluguel do espaço, energia, estrutura de internet, abastecimento de água e demais insumos. Logo, ao estabelecer o trabalho office os gastos por parte da empresa caem drasticamente.

  • Diminuição de faltas e atrasos

O chamado absenteísmo - padrão habitual de ausências no trabalho é um problema que se mantém principalmente nas organizações que apenas estabelecem um padrão de trabalho presencial. 

Isso porque, quando o colaborador está em home office ele de fato não precisa enfrentar o estresse diário de deslocamento e isso já diminui bastante a ocorrência de faltas, atrasos e saídas antecipadas.

  • Ruptura de barreiras geográficas

A prática do home office torna possível a contratação de colaboradores de diferentes localidades. A queda de barreiras geográficas que o trabalho a distância proporciona permite que as empresas sejam multiculturais.

Benefícios do home office para os funcionários

  • Flexibilidade de horários

Um dos principais benefícios associados a prática do home office certamente é a flexibilidade de horários, visto que essa flexibilidade traz ainda mais motivação de equipe. 

Isso porque, durante a trabalho a distância você tem mais controle sobre os seus horários e passa a usar seu tempo de forma mais organizada e saudável colocando em prática até mesmo atividades que dentro de um escritório você dificilmente iria conseguir realizar como tirar um cochilo, praticar esporte físicos ou passear com o seu pet no horário do almoço.

  • Aumento da qualidade de vida

Com a ausência do estresse diário provocado pelo deslocamento de casa até o escritório, o desempenho de equipe daqueles que trabalham em home office acaba sendo mais produtivo, visto que os colaboradores estão mais relaxados, menos estressados e mais concentrados nas suas tarefas.

Como avaliar o desempenho de equipe: 4 fatores para colocar em prática

As avaliações de desempenho de equipe são fundamentais para o crescimento e desenvolvimento dos colaboradores dentro da empresa. Afinal, a partir dessas avaliações é possível destacar pontos positivos e melhorias que precisam ser feitas no time.

Nesse contexto, separamos abaixo 4 fatores que devem ser levados em conta durante a avaliação de desempenho de equipe, sendo eles:

1.Comunicação e produtividade

Procure identificar se o colaborador durante a prática de home office apresenta diferenças na comunicação e nas tarefas individuais e em equipe. Se possível, tente encontrar maneiras de medir sua produtividade no trabalho e fique atento quanto a liderança de equipe.

No departamento comercial, por exemplo, realize a gestão de equipe de vendas de forma a observar se os colaboradores estão engajados durante o processo de venda dos serviços e produtos do seu negócio.

2.Respeito as normas e cultura da empresa

Observe como o colaborador está se adaptando a modalidade de home office. Além disso, avalie se o mesmo também mantém o respeito quanto as normas, cultura, horários e demais regras da organização.

3.Prazos e entrega de resultados

Durante o home office, mais do que nunca é preciso se atentar aos prazos e a entrega dos resultados. Observe se as tarefas estão sendo entregues com qualidade ou se a atividade de home office está deixando brechas para que os colaboradores não entreguem a atividade com excelência.

4.Entenda os comportamentos individuais

As mudanças fazem parte do nosso dia a dia no trabalho, por essa razão, a dica é avaliar o comportamento dos seus colaboradores mediante os reajustes que podem vir a acontecer dentro do seu negócio.

Nesta etapa, procure questionar sobre inteligência emocional, proatividade, resiliência, proatividade, autogestão, espírito de coletividade, comunicação, produtividade e respeito, ou seja, levante quais comportamentos podem impactar diretamente sua empresa e como consequência avalie a postura de cada funcionário.

Agora que você já está ciente quanto aos benefícios do home office e sobre os fatores que podem te auxiliar durante a avaliação de desempenho e engajamento de equipe, fica aqui o nosso convite. 

A Zendesk oferece uma série de soluções eficientes que permite aos seus colaboradores atenderem todas as demandas dos seus clientes mesmo trabalhando no modelo home office. Acesse nosso site, fique por dentro dos nossos serviços e veja de que forma podemos lhe ajudar.