Artigo

O que é trabalho híbrido e como preparar sua empresa para esse formato?

Por Douglas da Silva, Web Content & SEO Associate, LATAM

Publicado 29 dezembro 2021
Última atualização em 29 dezembro 2021

Passado o período mais intenso da pandemia do coronavírus, muitos gestores começaram a buscar explicações mais completas sobre o que é trabalho híbrido, principalmente para decidirem qual pode ser o melhor formato de atuação de suas empresas de agora em diante.

Se essa também é a sua dúvida, saiba que trabalho híbrido é aquele que permite o funcionário trabalhar alguns dias presencialmente e outros remotamente.

De forma prática, podemos dizer que o trabalho híbrido é a mistura do presencial com o home office — esse último, modelo que foi amplamente difundido e utilizado devido à necessidade de isolamento social.

Mas será que saber o que é trabalho híbrido e implementá-lo na sua companhia é mesmo um “bom negócio”? 

Obviamente, tudo depende da sua cultura organizacional, tipo de produtos e serviços que comercializa, segmento e outros pontos relacionados. Porém, vale destacar que esse formato de trabalho está chamando a atenção e se mostrando uma opção interessante tanto para empregados quanto para empregadores.

De acordo com uma pesquisa da Accenture, empresa multinacional de consultoria de gestão, tecnologia da informação e outsourcing, divulgada no site G1 Economia, 52% dos profissionais que estão trabalhando de suas casas querem manter esse formato, pelo menos, uma vez por semana.

Ainda que haja a preocupação no que diz respeito a quanto isso pode afetar o relacionamento com colegas e líderes, 34% dos entrevistados dizem que gostariam de trabalhar de casa três vezes por semana, e outros 18% citam duas vezes na semana.

É certo que o trabalho híbrido traz vantagens para todos os envolvidos, tais como a redução de custos e o aumento da produtividade. Sendo esse formato uma possível opção, o que é preciso para torná-lo realidade no seu negócio? 

A fim de responder essa questão, trouxemos neste artigo:

  • O que é trabalho híbrido
  • Diferença entre trabalho híbrido, teletrabalho e home office
  • Vantagens do trabalho híbrido
  • O que esperar do trabalho híbrido pós-pandemia
  • Como preparar a sua empresa para esse modelo de atuação.

O que é trabalho híbrido?

Afinal, o que é trabalho híbrido? Trabalho híbrido é aquele no qual a empresa permite que os seus funcionários trabalhem alguns dias de forma presencial, e outros de suas casas ou de outro lugar que julgarem adequado para exercício das suas funções.

Como mencionamos logo no início deste artigo, é possível dizer também que o modelo híbrido de trabalho é uma combinação do home office com a atuação presencial dos profissionais nas companhias.

A opção de trabalho híbrido está ganhando destaque nos últimos tempos devido à mudança do cenário pandêmico no Brasil. 

Conforme o número de pessoas vacinadas aumenta, novas medidas de flexibilização são definidas pelos governantes, permitindo que as empresas voltem a atuar em condições bem próximas das utilizadas antes da pandemia do coronavírus.

Para se ter uma ideia, de acordo com publicação no site IstoÉ Dinheiro, o percentual de brasileiros em home office caiu de 12,7% para 11,7% no mês de julho de 2021, conforme apontou o levantamento do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada, Ipea. 

Em um primeiro momento essa diferença pode parecer pouca, o que é facilmente justificável. Por mais que esteja se tornando possível voltar a trabalhar presencialmente, muitas companhias notaram que o formato home office é bastante vantajoso.

Nesse modelo de atuação há menos custos operacionais, atrasos e mais qualidade de vida para os funcionários. Porém, ele pode esbarrar em problemas de infraestrutura, dificuldade na comunicação interna e de interação. 

Por todos esses motivos, buscar informações sobre o que é trabalho híbrido tem se tornado uma alternativa para os gestores.

Não deixe de ler: “Como montar um call center home office: se adaptando ao novo normal

Qual a diferença entre trabalho híbrido, teletrabalho e home office?

Outra razão pela qual as empresas estão procurando saber o que é trabalho híbrido é devido a dúvida que têm se esse formato é igual ao teletrabalho e ao home office

Respondendo de maneira direta, não, trabalho híbrido, teletrabalho e home office são modelos de atuação diferentes.

Trabalho híbrido

O modelo de trabalho híbrido é aquele no qual o profissional pode atuar alguns dias da semana na empresa e outros da sua casa.

Legalmente falando, esse formato não está previsto na CLT, Consolidação das Leis do Trabalho. Porém, isso não quer dizer que ele vá contra as normas trabalhistas. 

O motivo é que a Reforma Trabalhista — Lei nº 13.467 de 13 de julho de 2017 — regularizou o teletrabalho, modalidade que vamos explicar logo adiante. Somado a isso, a Medida Provisória nº 927 de 20 de março de 2020, regulamentou, durante determinado período, o home office.

Considerando esses dois pontos, uma maneira que as companhias têm de formalizar o trabalho híbrido é fazendo um aditivo ao contrato de home office dos seus funcionários, especificando tudo o que foi acordado.

Teletrabalho

De acordo com a Lei nº 13.467 que acabamos de citar, em seu artigo 75-B:

“Considera-se teletrabalho a prestação de serviços preponderantemente fora das dependências do empregador, com a utilização de tecnologias de informação e de comunicação que, por sua natureza, não se constituam como trabalho externo.

Parágrafo único. O comparecimento às dependências do empregador para a realização de atividades específicas que exijam a presença do empregado no estabelecimento não descaracteriza o regime de teletrabalho.’

Assim, é possível entender que teletrabalho é um modelo fixo de atuação. Ou seja, o profissional já é contratado nesse formato. 

Aqui, vale destacar que a lei prevê que pode haver a mudança de regime do teletrabalho para o presencial, desde que seja de comum acordo entre as partes e registrado em aditivo contratual.

Diferentemente do trabalho híbrido, o teletrabalho tem legislação e regras próprias. Por exemplo, a mudança de local de trabalho deve ter um prazo mínimo de transição de 15 dias. Equipamentos, infraestrutura, tecnologias e outros, devem estar determinados e descritos em contrato.

Aproveite e leia este artigo: “7 dicas para a sua integração remota de novos funcionários

Home office 

O home office, por sua vez, é tido como uma forma de prestação de serviço eventual e não permanente. 

No caso, o profissional é contratado para trabalhar presencialmente, porém, por algum motivo (a exemplo da pandemia), tem permissão para atuar alguns dias de sua casa, ou de outro local de sua preferência, como um coworking.

A CLT não prevê a necessidade de registro em contrato de trabalho quanto ao formato home office. 

Para torná-lo possível, é indicado que a empresa defina as regras com os seus colaboradores, deixando claros e especificados pontos como por quanto tempo esse modelo será utilizado, pagamento ou não de benefícios como auxílio-transporte, auxílio-refeição etc.

Leia também: “Como gerenciar uma equipe home office? 7 dicas práticas e eficientes!

Quais são as vantagens do trabalho híbrido?

Para a explicação sobre o que é trabalho híbrido ficar mais clara, é essencial que você conheça também os benefícios desse modelo.

Assim, as vantagens do trabalho híbrido que mais se destacam são:

  • Ganho de produtividade
  • Melhor gestão de tempo
  • Diminuição dos atrasos
  • Redução de custos operacionais
  • Promoção de mais qualidade de vida para os colaboradores

Ganho de produtividade

Segundo um estudo realizado pelo Gartner com 10 mil profissionais entrevistados, 36% disseram que sentiram aumento na sua produtividade trabalhando de suas casas.

Outra condição resultante dessa forma de atuação, que também contribuiu para produzirem mais, foi a flexibilidade na jornada de trabalho. Isso aconteceu porque, muitas empresas, deixaram de exigir que os funcionários cumprissem rigorosamente um horário de entrada e de saída do trabalho.

Com isso, os colaboradores tiveram a chance de escolher o período que consideraram melhorar para as suas atividades de trabalho, o que, consequentemente, os deixou mais produtivos.

Melhor gestão de tempo

Seguindo essa mesma linha, um modelo híbrido de trabalho também colabora para que os funcionários consigam conciliar melhor seus compromissos pessoais e profissionais.

Com uma gestão de tempo mais eficiente, o nível de satisfação dos trabalhadores aumenta e, com isso, o seu engajamento e produtividade.

Não deixe de ler: “Como manter a satisfação do cliente interno? 5 dicas para o sucesso

Diminuição dos atrasos

Considerando que, alguns dias da semana, o profissional não precisará se deslocar da sua casa para a empresa, há também a diminuição dos atrasos. Esse ponto ajuda a melhorar o relacionamento entre líderes e funcionários, bem como a otimizar o fluxo de trabalho dos times.

Redução de custos operacionais

Para as empresas, um dos grandes benefícios da implementação do trabalho híbrido é a redução de custos operacionais. 

Por exemplo, despesas fixas como conta de água, luz, internet, telefone, entre outras, tendem a ser consideravelmente reduzidas quando há menos pessoas frequentando o local.

Dependendo do acordo firmado com os funcionários, o vale-transporte também pode ser pago apenas para os dias que realmente houver trabalho presencial, o que diminui as despesas da companhia.

Este artigo pode interessar você: “Controle de despesa: como controlar as despesas de atendimento?

Promoção de mais qualidade de vida para os colaboradores

Não precisar enfrentar trânsito ou pegar transporte público todos os dias. Não ter que sair de casa no frio ou na chuva. Eliminar o tempo de deslocamento para chegar até o trabalho.

Esses são apenas alguns exemplos de situações que ajudam a promover mais qualidade de vida para os colaboradores.

Só para se ter uma ideia, uma pesquisa realizada pela empresa Moovit, especializada em soluções de Mobilidade como Serviço (MaaS), divulgada no Portal 6 minutos, revelou que os brasileiros estão entre os que mais gastam tempo para chegar até o trabalho.

O fato de não precisarem se deslocar todos os dias já contribui para reduzir o estresse. Além disso, permite que os profissionais passem mais tempo com seus familiares e tenham mais horas do dia para fazerem atividades de lazer, esporte, cuidado com a saúde etc.

O que esperar do trabalho híbrido pós-pandemia?

Agora que você sabe o que é trabalho híbrido e todas as suas vantagens, é interessante conhecer também o que esperar desse formato em um futuro próximo.

Para conseguir mensurar a adesão desse modelo de atuação profissional, é possível se basear em algumas pesquisas sobre o assunto.

Por exemplo, na matéria do G1 que citamos anteriormente, outro levantamento realizado pela Accenture com empresas de 11 países, incluindo o Brasil, apontou que o trabalho híbrido ideal é aquele no qual os funcionários podem atuar remotamente entre 25% e 75% do seu tempo.

A pesquisa revelou também que 63% das organizações com alto crescimento de faturamento já permitem que os colaboradores trabalhem de qualquer lugar (remota ou  presencialmente). Entre as que não registram bom crescimento, 69% têm como foco o trabalho presencial. 

Já o Guia Salarial da empresa de recrutamento Robert Half, que teve alguns dados divulgados no site da CNN Brasil, constatou que 63% dos brasileiros estão preferindo trabalhar de forma híbrida em 2022.

Inclusive, 38% afirmaram que procurariam outro emprego se as suas organizações não oferecerem, pelo menos, uma alternativa de trabalho remoto. Isso levou 49% dos executivos a terem receio de perder bons profissionais, caso não se adequem a essa nova realidade.

Sugestão de leitura: “Como trabalhamos: a reinvenção da experiência do funcionário

Como preparar a sua empresa para o trabalho híbrido e remoto?

Ficou claro o que é trabalho híbrido, vantagens e que, ao que tudo indica, esse tipo de atuação é uma forte tendência do mundo corporativo em um cenário pós-pandemia?

Então, chegou o momento de saber como preparar a sua empresa para um modelo híbrido de trabalho. Para isso, nossas dicas são:

  • Analise quais cargos e funções podem trabalhar dessa forma sem prejuízo nos resultados
  • Defina de quem será a responsabilidade sobre tecnologia e recursos (por exemplo, notebooks serão fornecidos pela empresa ou não?)
  • Considere também questões ergonômicas, como o fornecimento de cadeiras de trabalho adequadas para evitar doenças ocupacionais
  • Estabeleça quais serão os canais oficiais de comunicação para os dias que o funcionário estiver trabalhando da sua casa
  • Adote medidas que visem a segurança e a proteção dos dados da empresa, colaboradores e clientes
  • Registre todos os pontos acordados por meio de um aditivo ao contrato dos funcionários.

Por fim, será preciso saber como fazer uma boa gestão dos profissionais que estão trabalhando remotamente, certo? Por isso, nossa última dica é para que você leia o artigo “Liderança remota: 8 dicas práticas para gerir com sucesso o novo modelo de trabalho

Software de suporte ao cliente

O software de suporte ao cliente da Zendesk é fácil de usar e oferece uma melhor experiência de atendimento

Software de suporte ao cliente

O software de suporte ao cliente da Zendesk é fácil de usar e oferece uma melhor experiência de atendimento

Experimente grátis