Artigo

Estado de flow: como ele pode ajudar você a produzir mais?

Por Douglas da Silva, Web Content & SEO Associate, LATAM

Publicado 3 março 2022
Última atualização em 3 março 2022

Identificado pela primeira vez em 1975, o estado de flow se tornou popular graças ao psicólogo croata Mihaly Csikszentmihalyi, e consiste na capacidade mental de uma pessoa para imergir inteiramente em algo que está realizando.

Baseado em critérios como concentração total, propósito único, sensação de controle e foco no presente, essa condição ajuda a elevar o nível de produtividade de profissionais, estudantes, e de qualquer indivíduo que precise se dedicar mais a uma determinada tarefa.

No meio corporativo, produzir mais e entregar melhores resultados é uma busca constante de funcionários e gestores. Nesse trajeto, diversas abordagens e estratégias são utilizadas para alcançar esse objetivo.

Por exemplo, um estudo feito pelos pesquisadores da Universidade de Illinois, a qual foi divulgada na Forbes, orienta que as pessoas estabeleçam limites entre a sua vida particular e a profissional.

O principal motivo é que, definir claramente horários de trabalho, ajuda no controle do estresse e, consequentemente, contribui para que os colaboradores produzam mais.

Esse ponto de separação é extremamente importante, especialmente nos últimos tempos, em que muitas empresas adotaram oficialmente o home office.

Mas não apenas limitar as horas de trabalho pode ajudar nesse quesito. Como dissemos, há várias técnicas para aumentar a produtividade, seja atuando a distância ou presencialmente, e uma delas é alcançar o estado de flow.

Se quiser saber mais sobre essa condição, continue a leitura deste artigo e confira:

  • O que é estado de flow
  • Quais as vantagens
  • Como alcançar esse estado
  • O que é preciso para melhorar o seu estado de fluxo

O que é estado de flow?

De acordo com Csikszentmihalyi, estado de flow é:

Um estado mental que acontece quando uma pessoa realiza uma atividade e se sente totalmente absorvida em uma sensação de energia, prazer e foco total no que está fazendo. Em essência, o flow é caracterizado pela imersão completa no que se faz, e por uma consequente perda do sentido de espaço e tempo.” 

Em outras palavras, podemos dizer que é a capacidade de nos dedicarmos a uma tarefa inteiramente, sem deixar que distrações internas e externas desviem o foco do que estamos fazendo.

Na teoria, o estado de fluxo, como também pode ser chamado, é muito interessante e promissor. Porém, sabemos que, na prática, pode ser um tanto complicado se concentrar totalmente em uma única atividade. 

Mas não se preocupe, pois há estratégias que podem ajudar você nisso. Daremos algumas dica longo adiante.

Leia também: “Indicadores de produtividade: saiba quais são os mais importantes

Como surgiu o flow?

O estado de flow surgiu em decorrência de estudos realizados por Csikszentmihalyi que, desde a década de 1960, se dedicava a entender qual era o segredo da felicidade humana e qual seria a melhor maneira de alcançar um estado mental de concentração plena, mas de forma espontânea no dia a dia.

Uma das bases do psicólogo era a percepção de alegria e de contentamento que notava nos habitantes do seu país, mesmo com o cenário e condições deixados pela Segunda Guerra Mundial.

Do seu ponto de vista, havia uma energia que fluia pelo corpo dessas pessoas, a qual estava diretamente relacionada ao prazer da atividade que estava sendo executada no momento.

E foi respaldado nessas percepções e pesquisas que Csikszentmihalyi concluiu que havia uma ligação entre se dedicar totalmente a algo e o nível de satisfação que isso trazia, especialmente se for uma atividade que se gosta de realizar.

O estado de flow não está vinculado apenas a questões de trabalho. Essa condição também pode ser vista e atingida em situações de lazer e da vida pessoal. Por exemplo, quando estamos conversando com um grupo de amigos e nem percebemos a hora passar, ou quando fazemos um hobby do qual gostamos muito, como cozinhar, pintar, ler etc.

Dica extra: assista a este TED do idealizador desse conceito:

Como é formado o estado de flow?

Ainda de acordo com o psicólogo que idealizou o estado de flow, ele só pode ser alcançado se for de maneira espontânea, ou seja, sem esforço consciente, e também sem se preocupar com a possibilidade de fracassar.

Somado a esses pontos, essa condição mental também está relacionada a certo nível de habilidade e de desafio da tarefa a ser executada, dois critérios que levam as pessoas a superarem dificuldades mediante a expansão das suas capacidades.

O gráfico de flow é uma maneira de categorizar as etapas pelas quais uma pessoa passa até atingir esse estado.

Basicamente, ele aponta que quanto maior o nível de desafio, e menor o de habilidade, mais ansiosa, preocupada, apática e entediada uma pessoa tende a ficar.

Por outro lado, quando há um equilíbrio entre esses dois pontos, a tendência é que sentimentos como controle, relaxamento, confiança, foco e excitação se manifestem, dando origem ao estado de flow.

Quais condições fazem parte do estado de fluxo?

Desde que foi abordado pela primeira vez, o estado de fluxo continua sendo amplamente estudado por diversos especialistas. 

Mas se fizermos um breve apanhado do que aponta a psicologia flow, é possível dizer que as condições principais para atingi-lo são:

  • Concentração total
  • Definição de um propósito
  • Perda de consciência de si
  • Percepção equivocada do tempo
  • Controle da situação
  • Vivência de uma experiência autotélica

Concentração total

Conseguir se concentrar totalmente em algo é um dos pontos que mais ajuda a aumentar a produtividade e a qualidade do que está sendo realizado. Isso é possível porque você coloca a sua mente em um estado que nem pensamentos, nem distrações externas, são capazes de desviar o seu foco.

Descrevendo com outras palavras, é estar presente de forma imersiva no agora. Situação na qual toda a sua dedicação física e mental está direcionada apenas para o tempo e ação presente.

Definição de um propósito

Mas, para chegar à condição anterior, é preciso que esteja claro e bem definido qual é o seu propósito, ou seja, qual a atividade que você precisa realizar naquele momento.

Sabemos que no dia a dia de uma empresa os profissionais tendem a realizar diversas tarefas simultaneamente. No entanto, esse modo de trabalhar pode comprometer a qualidade do que está sendo executado.

Por exemplo, se torna bastante difícil prestar um atendimento ao cliente de excelência enquanto emite relatórios ou assiste a um treinamento online. Muito provavelmente, uma dessas atribuições será comprometida, o que pode elevar o nível de insatisfação tanto do cliente externo quanto do cliente externo.

Assim, para alcançar o estado de flow, o mais indicado é realizar uma função por vez, dedicando-se integralmente a ela.

Perda de consciência de si

Nesse processo é bem natural, e até esperado, que a pessoa perca consciência de si mesma. Sua concentração e dedicação estão tão elevadas que o indivíduo, simplesmente, esquece dele.

Sabe quando estamos tão envolvidos com a leitura de um livro que acabamos perdendo a hora de dormir ou esquecemos de algum aborrecimento? É mais ou menos isso que acontece, destacando que é de uma forma totalmente positiva.

Só para deixar mais claro, isso não quer dizer que o profissional se dedique tanto ao trabalho que deixe de beber água, almoçar etc, ou seja, de cuidar dele mesmo. Na verdade, ele tende a descobrir uma nova capacidade, e acaba indo além dos limites conhecidos e estabelecidos de produtividade.

Percepção equivocada do tempo

Uma consequência da condição anterior do estado de flow é a perda da noção do tempo. Consiste em, basicamente, não olhar para o relógio ou se preocupar com quantas horas do dia “perdeu” com aquela tarefa.

Sua realização acaba sendo tão prazerosa que a pessoa simplesmente deixa de lado a questão de quanto tempo estava dedicada àquilo.

Controle da situação

As condições para chegar ao estado flow costumam estar conectadas. Por exemplo, você só conseguirá ter total concentração, perder a consciência de si e a noção do tempo se tiver controle da situação, concorda?

Um dos caminhos para conseguir isso é desenvolver as habilidades necessárias para a execução da tarefa em questão. Desse modo, por mais que ela seja desafiadora, conseguirá controlar o estresse e a ansiedade para desempenhá-la.

Aproveite e leia também: “Aprendizagem ao longo da vida: como funciona e importância

Vivência de uma experiência autotélica

Por fim, ao descobrir como atingir o estado de flow, você chegará à chamada experiência autotélica. De acordo com o dicionário, o termo autotélico significa “que determina por si mesmo o  objetivo das suas  ações ou tem uma finalidade em si mesmo”.

Explicando de uma maneira mais simples, quer dizer a felicidade e a satisfação de simplesmente fazer aquela atividade, independentemente do seu resultado. É quando, por exemplo, vamos conhecer um restaurante novo e o ato de ir e a companhia acabam sendo mais importantes e valiosos que o local em si.

Quais as vantagens do estado de fluxo?

As vantagens do estado de fluxo podem ser vistas não apenas na vida profissional, mas também na pessoal, melhorando a qualidade dos momentos de lazer de qualquer pessoa.

Mas se formos destacar os benefícios que essa condição traz para o ambiente de trabalho, os que mais se destacam são:

  • Aumento no nível de produtividade
  • Mais concentração para execução das tarefas, reduzindo erros e necessidade de refação
  • Aumento do envolvimento e engajamento com as funções desempenhadas
  • Mais qualidade na entrega
  • Resultados mais positivos e satisfatórios para todos os envolvidos.

Sugestão de leitura: “Produtividade e competitividade: saiba as principais diferenças

O que é preciso para alcançar o flow no trabalho?

E como trazer todos esses conceitos para o seu trabalho? Nossas dicas para isso são:

  • Busque manter corpo e mente descansados
  • Elimine pontos de distração
  • Condicione a sua mente para momentos de concentração plena
  • Tenha um bom ambiente de trabalho
  • Use as ferramentas adequadas para desenvolver as atividades

Busque manter corpo e mente descansados

De acordo com o psiquiatra Dr. Matthew Edlund, em seu livro “The Power of Rest: Why Sleep Alone is Not Enough”, nós precisamos de quatro tipos de descanso, que são o mental, o social, o espiritual e o físico.

Momentos de lazer, de interação com pessoas queridas, de contato com o que se acredita e a prática de atividades físicas são alguns meios de dar esse descanso para a mente e para o corpo, além de fortalecê-los.

Elimine pontos de distração

Para atingir o estado de fluxo durante o trabalho, é bem importante desligar todas as fontes de distração possíveis, tais como telefone, redes sociais, televisão (se estiver home office) etc.

Se for preciso manter o smartphone ligado, a sugestão é que o profissional desative as notificações de e-mails e aplicativos de mensagens, deixando para visualizar e responder somente após terminar a tarefa que se propôs realizar.

Condicione a sua mente para momentos de concentração plena

Se concentrar também é questão de hábito. Algumas pessoas podem atingir êxito nesse quesito em ambientes totalmente silenciosos. Já outras podem preferir ouvir uma música que facilite essa condição, como as instrumentais e sons da natureza.

A dica aqui é encontrar uma maneira de ajudar o cérebro a se concentrar no momento que está vivendo. Vale até praticar técnicas de respiração e de meditação, se considerar interessante.

Tenha um bom ambiente de trabalho

O local de trabalho também influencia diretamente no seu nível de concentração, dedicação e produtividade. Por isso, é bem importante contar com ambientes agradáveis, confortáveis e seguros, com todos os materiais necessários próximos e acessíveis.

Isso evita, por exemplo, que o profissional precise levantar várias vezes para buscar algo, o que pode desviar a sua atenção e afetar o seu rendimento.

Não deixe de ler: “Ambiente de trabalho tóxico: 7 sinais para você ficar alerta!

Software de suporte ao cliente

O software de suporte ao cliente da Zendesk é fácil de usar e oferece uma melhor experiência de atendimento

Software de suporte ao cliente

O software de suporte ao cliente da Zendesk é fácil de usar e oferece uma melhor experiência de atendimento

Experimente grátis