Artigo | 10 min read

Inteligência artificial no varejo: aplicações práticas e efetivas

Por Zendesk

Última atualização em 12 fevereiro 2024

Com todo esse “boom” de IA que temos visto ultimamente, você pode estar se perguntando: como seria a aplicação da inteligência artificial no varejo?

Por sinal, a pesquisa apresentada pelo portal Fortune Business Insights indica que a inteligência artificial no mercado de varejo deve crescer de US$ 7,14 bilhões em 2023 para US$ 55,53 bilhões em 2030!

Vale destacar que, em 2022, o uso da inteligência artificial global nesse mesmo mercado foi avaliado em US$ 5,50 bilhões. Ou seja, a atuação da IA no varejo já é gigantesca e tende a crescer ainda mais.

Isso significa que melhorar a experiência do cliente com IA não é apenas uma demanda para grandes empresas ou setores de tecnologia, mas, sim, uma necessidade de toda organização que deseja se manter competitiva e atual.

Resumo

    • No varejo e em outros segmentos, as ferramentas de inteligência artificial ajudam as pequenas, médias e grandes empresas a simplificar as operações, melhorar a tomada de decisões e aprimorar a experiência do cliente.
    • As aplicações da inteligência artificial no varejo incluem: automação de processos, chatbots no atendimento, personalização de produtos e serviços, experiência do cliente, recomendações inteligentes e prevenção de fraudes.
    • Os benefícios da IA no varejo são: eficácia na gestão de dados, otimização de processos, melhora na qualidade do atendimento, mapeamento do comportamento de consumo, aumento do ticket médio e economia financeira.

Conteúdos relacionados

Neste artigo, você aprenderá

O que a inteligência artificial no varejo pode fazer pelas empresas?

As ferramentas de IA ajudam as pequenas, médias e grandes empresas a:

  • simplificar as operações;
  • melhorar a tomada de decisões;
  • aprimorar a experiência do cliente.

No varejo, a IA contribui para o funcionamento coordenado de muitos processos, inclusive os de gestão da equipe, além de ampliar a eficiência de cada etapa do trabalho. Isso vai desde a escolha dos produtos que devem ser vendidos até a execução do suporte e o atendimento no pós-venda.

Além disso, a inteligência artificial desempenha um papel importantíssimo na inovação organizacional ao:

  • melhorar processos;
  • reduzir custos;
  • otimizar a experiência dos clientes.

O relatório de tendências de consumo feito pela Zendesk mostra que 73% dos clientes esperam mais interações com a IA no dia a dia e acreditam que ela melhora a qualidade do atendimento que recebem.

O mesmo estudo ainda aponta que 41% dos consumidores acreditam que os agentes sintéticos (com base em IA) mudarão como eles compram de marcas no futuro.

Com esse pensamento, exploramos a seguir o papel da inteligência artificial no varejo. Portanto, siga conosco para entender como esse recurso pode beneficiar todo o setor.

Leia também: Chatbots de atendimento: 5 boas práticas para aprimorar a CX

Como a inteligência artificial pode ser aplicada no varejo?

A inteligência artificial pode ser aplicada a diversas áreas do varejo, desde os processos internos à experiência que seus clientes têm com sua empresa. Aliás, esse é um setor muito complexo, dando à IA diversas possibilidades de aplicação e trazendo benefícios para todo o segmento.

Um bom exemplo de aplicação da inteligência artificial no varejo está no atendimento ao cliente, inclusive com o uso de chatbots de suporte. No Brasil, o total de chatbots desenvolvidos aumentou 47% de 2021 a 2022, passando de 216 mil para 317 mil.

A previsão mundial é que o mercado de bots atinja US$ 102,29 bilhões em 2026, com uma taxa de crescimento anual composta de 34,75%. Esses são dados da pesquisa “Mercado global de chatbots: crescimento, tendências, impacto do covid-19 e previsões (2023-2028)”.

Contudo, nem sempre um chatbot tem inteligência artificial, prejudicando a qualidade do suporte oferecido, uma vez que a relação é “amarrada”.

Nesses casos, os sistemas de chatbot são apenas programações simples que geram respostas pré-programadas para determinados assuntos.

Entretanto, é possível criar chatbots para o atendimento ao cliente que contem com inteligência artificial e linguagem natural, tornando essa comunicação muito mais fluida, ágil e assertiva.

Pronto! Temos aí um excelente exemplo de uso da inteligência artificial no varejo presencial e online.

Para exemplificar, destaca-se a ferramenta de chat com IA no e-commerce.

Com a Zendesk, você pode usar o chatbot no atendimento ao cliente com IA e implementar esse recurso instantaneamente, sem prazos longos de instalação. Acesse o “Guia completo para chatbots de IA” para conferir os melhores chatbots de inteligência artificial para empresas. Depois, faça uma avaliação gratuita!

7 aplicações da inteligência artificial no varejo

A seguir, listamos 7 exemplos de uso da inteligência artificial no varejo:

  • automação de processos no varejo;
  • chatbots no atendimento ao cliente;
  • análise de dados para tomada de decisões;
  • personalização de produtos e serviços;
  • experiência do cliente com IA;
  • recomendações inteligentes no varejo;
  • prevenção de fraudes com IA.

Siga conosco para conferir mais detalhes!

1. Automação de processos no varejo

Um dos principais pontos em que a inteligência artificial pode auxiliar o varejo envolve a automação de processos.

Com ela, tarefas como processamento de pedidos, gestão do estoque e diversas outras atividades deixarão de demandar a ajuda de um profissional.

Todos os processos repetitivos, que normalmente seriam feitos por um ser humano, podem ser executados por uma ferramenta de inteligência artificial devidamente treinada.

Isso libera o profissional para atividades mais estratégicas, permitindo que ele tenha tempo para se dedicar à otimização de resultados, por exemplo.

Essa estratégia favorece a redução de custos, a melhoria da produtividade e a possibilidade de escalar os resultados.

Perceba que a ideia por trás do uso da inteligência artificial no varejo não é substituir o ser humano, mas criar uma parceria entre ambos.

2. Chatbots no atendimento ao cliente

Os chatbots já são uma realidade dos negócios de diferentes ramos. Inclusive, esse tipo de recurso já é aceito pelos clientes, visto que a pesquisa da Zendesk mostrou que 74% deles entende que a IA melhora a eficiência do atendimento.

Isso porque, quando bem criados, treinados e executados, os bots propiciam a conversa, entre máquina e ser humano, em linguagem natural.

Muito diferente de um chatbot comum, um chatbot com IA consegue compreender de maneira muito mais profunda o texto escrito pelo usuário.

Assim, pode dar respostas únicas, conforme a questão apresentada, oferecendo a personalização de produtos e serviços e até fazendo recomendações inteligentes no varejo.

3. Análise de dados para tomada de decisões

A inteligência artificial no varejo também entrega bons resultados na etapa de análise de dados para tomada de decisões.

Vivemos em uma realidade na qual geramos cada vez mais dados, dificultando a classificação e análise para a tomada de decisões.

Por outro lado, com o uso de IAs treinadas especificamente para este trabalho, você não terá problemas em analisar um grande volume de dados, de forma rápida, organizada e precisa.

Isso acontece porque as IAs são extremamente eficientes na identificação de padrões, tendências e insights relevantes para a tomada de decisão.

Em paralelo, a tecnologia organiza as informações de forma clara, facilitando o uso desses números no dia a dia da organização.

4. Personalização de produtos e serviços

Uma IA pode ser utilizada para personalizar produtos e serviços conforme o público-alvo, compartilhando recomendações e até mesmo ajustando os preços com base no comportamento do cliente.

Utilizando-se de dados fornecidos pelo consumidor e de tecnologias como lead tracking, a inteligência artificial pode fornecer uma experiência muito mais relevante e criada sob medida para cada pessoa que interage com a marca.

Em outras palavras, a inteligência artificial no varejo consegue processar diferentes informações, como:

  • dados de comportamento do cliente;
  • histórico de compras;
  • preferências definidas previamente.

Isso aumenta as chances de oferecer um produto alinhado aos desejos do consumidor e, então, realizar a venda.

5. Experiência do cliente com IA

Ao longo deste artigo, citamos algumas vezes a impotência da boa experiência do cliente. E não há como negar que a IA tem um papel fundamental neste aspecto.

Soluções em IA fazem com que o consumidor precise gastar muito menos tempo esperando uma resposta da equipe de atendimento ou buscando por um produto, por exemplo.

Outra solução baseada na personalização de produtos e serviços a partir do uso de IA no varejo é a criação de vitrines online personalizadas, levando em conta o comportamento do visitante.

Assim como acontece com streamings como a Netflix, cada usuário tem sua página principal customizada. Elas são montadas de acordo com as preferências e o comportamento na plataforma. Algo muito semelhante pode ser realizado por meio da IA no varejo.

6. Recomendações inteligentes no varejo

As inteligências artificiais possuem um grande poder de relacionar informações. Imagine, então, como isso poderia ser utilizado para recomendações de produtos.

Agora, considere que você consiga avaliar todas as compras que cada um dos seus clientes faz, conforme o tipo de produto, a quantidade, as datas e os horários de compras.

Tudo isso por intermédio de um sistema capaz de interpretar dados e recomendar exatamente aquilo que o cliente pode estar interessado, seja por e-mail ou mesmo na loja. Seria perfeito, não é mesmo? Hoje, isso já é possível!

Recomendações inteligentes no varejo são utilizadas por grandes redes, mas podem ser aplicadas em lojas menores. Tudo depende da escolha correta de tecnologia.

7. Prevenção de fraudes com IA

Identificar fraudes não é uma tarefa fácil, entretanto, é obrigatório para lojistas.

A boa notícia é que já existem diversos procedimentos anti-fraude que podem ser melhorados com a utilização da IA.

A inteligência artificial consegue identificar anomalias com muita facilidade e alertar rapidamente.

Imagine ter uma IA responsável por conferir todas as transações de sua empresa, pronta para alertá-lo de qualquer coisa que saia do controle. Ótimo, correto?

Está aí uma tarefa que dificilmente poderia ser executada por uma pessoa, em menos de um segundo, com é feita pela tecnologia.

Quais os benefícios da aplicação de inteligência artificial no varejo?

Como você pôde ver com nossos exemplos de inteligência artificial no varejo, seu uso tem grande potencial no que se refere aos benefícios para a organização.

As vantagens estão ligadas diretamente ao funcionamento de sua empresa, bem como à experiência dos clientes com a marca.

Para complementar, listamos alguns dos principais benefícios que o varejo pode ter com o uso de IAs:

  • melhor gerenciamento de dados, pois o uso da tecnologia possibilita administrar uma grande quantidade de dados;
  • otimização dos processos de vendas, executando-os de maneira mais fluida, automática e orientada à experiência do cliente;
  • melhora na qualidade do atendimento ao cliente, aumentando a velocidade de resolução dos problemas;
  • mapeamento do comportamento do consumidor, ao passo que o uso da inteligência artificial acompanha e organiza as ações dos compradores;
  • personalização de serviços, com potencial de aumento do ticket médio;
  • economia financeira, ao elevar as vendas com as recomendações personalizadas e, ainda, reduzir custos ao direcionar os agentes de atendimento para funções estratégicas.

O potencial que a inteligência artificial tem de impulsionar as vendas no varejo

A inteligência artificial tem um enorme potencial de impulsionar as vendas no varejo, seja:

  • facilitando o processo de compras dos clientes;
  • aumentando a eficácia operacional de sua empresa;
  • fornecendo insights valiosos durante a análise de dados.

Com os exemplos de uso da inteligência artificial no varejo, é bem nítido o potencial que essa tecnologia oferece.

Nesse cenário, você precisa ter ao seu lado ferramentas de IA que te auxiliem na execução de cada etapa do trabalho. Por isso, assista a uma demonstração do sistema da Zendesk e saiba como ampliar seus resultados de vendas e atendimento por meio da tecnologia.

 

Software de suporte ao cliente

O software de suporte ao cliente da Zendesk é fácil de usar e oferece uma melhor experiência de atendimento.

Software de suporte ao cliente

O software de suporte ao cliente da Zendesk é fácil de usar e oferece uma melhor experiência de atendimento.

Experimente grátis