Artigo | 10 min read

Marketing digital e vendas: a união que aprimora os resultados

Por Zendesk

Última atualização em 12 fevereiro 2024

Você sabe qual a relação entre o marketing digital e vendas? A resposta mais adequada para essa pergunta é: toda! Sem sombra de dúvidas, o marketing digital se tornou o grande impulsionador de vendas de muitos negócios, e empresas que não utilizam essa estratégia, obviamente estão com problemas.

Isso porque, segundo o estudo “Novos hábitos digitais em tempos de COVID-19”, realizado pela Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo, 61% dos consumidores aumentaram seu volume de compra on-line, entre 2019 e 2020, o que reforça a necessidade dos negócios se fazerem presentes na internet. 

Com os conteúdos do marketing digital, as empresas conseguem atrair até 3 vezes mais leads, com um custo 63% menor que o marketing tradicional, como mostrou “A Guide To Marketing Genius: Content Marketing, mas, obviamente, não é tão simples melhorar as vendas se esse marketing não for bem feito. 

Para ampliar seu potencial de vendas, as ações de marketing digital devem ser bem planejadas e executadas. É preciso pensar passo a passo em como será conduzida a jornada do consumidor.

Por isso, reunimos neste conteúdo informações importantes sobre o que é e como vender mais com marketing digital. Aproveite o conteúdo!

Resumo

  • Com as mudanças no comportamento do consumidor, o marketing digital se consolida como um caminho para ampliar o alcance e facilitar a gestão dos pontos de contato ao longo do ciclo de vendas.
  • Inbound marketing, marketing de conteúdo, SEO, blog e site institucional são algumas das estratégias digitais que contribuem ativamente para a aquisição de novos clientes em diferentes estágios de maturidade.
  • Para vender mais com marketing digital, é preciso investir, ativamente, na criação da persona, na produção de conteúdo relevante, em e-mail marketing, redes sociais e marketing de fidelização.
  • Uma dica efetiva para potencializar os resultados é contar com ferramentas que integrem processos e ajudem a automatizar etapas repetitivas e burocráticas do atendimento, liberando os agentes para tarefas mais estratégicas.

Conteúdos relacionados

Neste artigo, você aprenderá

O que é marketing digital?

O marketing digital é uma estratégia de promoção de produtos e marcas, que utiliza a internet como canal de divulgação, sendo essa a principal maneira das empresas atingirem suas personas, de maneira direta e com sucesso.

Segundo o pai do marketing, Philip Kotler, marketing é “o processo social por meio do qual pessoas e grupos de pessoas satisfazem desejos e necessidades com a criação, oferta e livre negociação de produtos e serviços de valor com outros”.

Esse processo, que era feito tradicionalmente por meio de propagandas impressas, ou em veículos de comunicação, como televisão e rádio, mudou. Hoje, o principal meio de divulgação de ações de marketing são os canais digitais, que movimentam o ambiente on-line com todos os mais variados tipos de propaganda. 

O grande diferencial do marketing digital, é a forma como ele é capaz de potencializar as vendas de qualquer negócio, e, além disso, esse recurso é totalmente democrático, e pode ser utilizado não só por empresas, mas também por pessoas empreendedoras, ONGs, etc.

Leia também: “Top 21 livros de vendas e marketing que você precisa ler”, e amplia sua visão a respeito do marketing e vendas.

Principais exemplos do marketing digital como estratégia de vendas

Segundo o relatório CX Trends Report, da Zendesk, em 2020 o comércio eletrônico cresceu 33%, e as redes sociais também tiveram uma crescente de 57%, com isso, o marketing digital e as vendas on-line também acompanharam esse crescimento.

Mas, engana-se quem imagina que o marketing digital como estratégia de vendas, é aplicado somente a propagandas. Existem muitas outras aplicações por trás desse conceito. Veja a seguir exemplos de marketing digital, e como eles ajudam no crescimento das vendas dos empreendimentos. 

Inbound Marketing 

O inbound marketing é uma estratégia de marketing de atração, usado para que as empresas consigam entender seus consumidores, e criar maneiras de oferecer serviços direcionados e que encantem os clientes. 

Essa ferramenta de atração é muito utilizada em marketing digital e vendas em redes sociais, pois auxilia que os empreendimentos criem publicações segmentadas, que atraem muito mais público.

Marketing de Conteúdo

O marketing de conteúdo é importantíssimo o marketing digital e estratégias de vendas, pois, por meio dele as empresas conseguem criar conteúdos relevantes sobre o seu nicho de mercado, e, com isso nutrem seus consumidores com boas informações, e os atraem para seus negócios. 

Em marketing digital e vendas, o marketing de conteúdo ajuda que os negócios tenham sempre informações relevantes para suas audiências, com presença nas principais redes sociais suas personas costumam utilizar, como: Instagram, Facebook, site e blog.

Blog e site institucional

Blogs e sites institucionais são uma forma tradicional de fazer marketing de conteúdo, e quando alinhada ao marketing digital e estratégias de vendas, a utilização dos blogs e sites se tornam mais direcionados, transmitindo mais credibilidade para a audiência do negócio. 

Além disso, os blogs são fáceis e baratos de administrar, e tornam os conteúdos das empresas muito mais relevantes no âmbito digital. E os sites institucionais são o ambiente mais seguro e credível de uma empresa, por isso, ainda hoje são muito utilizados.

SEO

A utilização do SEO no marketing, é um exemplo de adaptação das vendas ao marketing digital.

Trata-se de uma estratégia que auxilia os empreendimentos a criarem maneiras, por meio do marketing digital, de serem encontrados nos mecanismos de busca, como o Google. 

O SEO otimiza todos os conteúdos de uma marca, e essa otimização pode acontecer de maneira On Page e Off Page. Isso melhora a performance de vendas do marketing digital, e coloca empresas e seus conteúdos em evidência. 

Existem também outras maneiras de fazer marketing digital e vendas em redes sociais, como: publicidade, anúncios em redes sociais, e-mail marketing, SEM, PPC (pay-per-click), Display Ads, Retargeting, Gestão de Leads, e outras práticas.

Some ao seu aprendizado a visão do futuro do marketing digital, dada por Paulo Faustino no TEDxMatosinhos.

Como vender mais com marketing digital em 5 passos

Criar uma boa estratégia de marketing digital e vendas, envolve planejamento e muito foco dos negócios, para que eles apliquem as ferramentas certas a propagação, dessa forma as vendas on-line  tendem a se multiplicar, e o empreendimento se expande.  

Pensando nisso, confira um passo a passo com 5 etapas de como vender mais com marketing digital!

  1. Criação da persona
  2. Produção de conteúdo relevante
  3. Invista em e-mail marketing
  4. Potencialize suas redes sociais
  5. Foque no marketing de fidelização

1º passo: criação da persona

O primeiro passo para uma estratégia de marketing digital ser bem-sucedida é compreender quem é seu público e como ele se comporta. Somente assim será possível entender como se comunicar, quais canais de comunicação devem ser utilizados e qual tipo de linguagem deve ser adotada.

Por isso, é fundamental partir da criação de uma persona. Ela servirá como um guia para todos os próximos passos de sua estratégia de marketing digital e para a entrega de leads mais qualificados para a equipe de vendas.

Se você ainda não sabe o que é esse conceito, não se preocupe. Persona é uma representação fictícia do consumidor ideal de uma marca, criada a partir de análises de comportamento de consumo, dados demográficos dos clientes, pesquisas e estudos a respeito de seus objetivos, necessidades e desejos.

Apesar de a persona ser criada a partir de análises e pesquisas com o público que se pretende atingir, é importante ressaltar que persona e público-alvo não dizem respeito ao mesmo conceito.

Enquanto público-alvo é uma abordagem abrangente dos consumidores de uma marca, a persona é uma representação mais bem delineada e humanizada de quem seria o consumidor ideal deste negócio, com descrição de suas motivações e necessidades.

A partir do momento que você compreende quais são as necessidades e os desejos dos consumidores que pretende atingir, fica mais fácil entender como devem personalizar seu atendimento e, consequentemente, poder vender mais com marketing digital. 

2º passo: produção de conteúdo relevante

Uma vez que você já identificou qual é sua persona, é possível definir quais canais de comunicação utilizar e qual será a linguagem adotada. Está na hora de produzir conteúdo.

Porém, não basta criar textos ou vídeos sem um propósito bem delineado e sem planejamento. Em média, os brasileiros passam 9 horas por dia conectados à internet. Diante de uma enxurrada de conteúdo, é preciso ser relevante para sua persona para ganhar alguns minutos de atenção.

E para ser notado, a missão não é simples. Para a busca “como vender mais”, por exemplo, o Google tem mais de 657 milhões de resultados diferentes.

O que fazer então? A resposta passa por utilizar técnicas de SEO (Search Engine Optimization).

Com SEO, os conteúdos são otimizados para motores de busca, como o Google, e, assim, aumentam as chances de o que você produziu aparecer nos primeiros resultados. 

O essencial aqui é criar conteúdos que sejam relevantes para a sua persona e a ajudem a solucionar suas dificuldades em cada etapa do funil de vendas.

Assim, seu potencial consumidor o reconhecerá como uma autoridade no assunto e avançará no funil, passo a passo, até avaliar sua solução e, enfim, se tornar seu cliente. 

Lembre-se do que dissemos logo na primeira frase deste texto: boas estratégias de marketing de conteúdo geram mais oportunidades de negócios com menos investimento.  

3º passo: estratégias de e-mail marketing

Em 2019, quase 4 bilhões de pessoas usaram e-mail, segundo pesquisa do Statista. Tão presente em nossas vidas há anos, o e-mail se tornou uma ótima ferramenta para o marketing digital gerar vendas.

Lembra quando falamos do avanço de leads para as próximas etapas do funil? Pois é justamente isso que uma boa estratégia de e-mail marketing faz.

Os e-mails com conteúdos relevantes ajudam a responder às dúvidas dos clientes e criam uma relação mais próxima entre marca e consumidor.

Com os dados sobre abertura e cliques em e-mails, é possível identificar qual o estágio de cada cliente e permitir que os vendedores entrem em contato com aqueles que estão mais próximos de fazer uma compra.

Além de ter atenção especial com a mensagem, é importante definir uma frequência de envios (quinzenais ou semanais), para não desgastar a imagem da empresa. 

Todos os e-mails devem conter a opção de opt-out, com um link para descadastramento. Assim, você evita incomodar quem não quer receber as mensagens e mantém sua lista apenas com contatos que merecem mais atenção das equipes de marketing e vendas. 

4º passo: potencialize suas redes sociais

Não basta produzir e publicar conteúdos, se não levá-los até sua audiência. As redes sociais devem ser usadas tanto para promover conteúdos quanto para criar um relacionamento mais próximo com consumidores.

Se bem feita, uma estratégia de redes sociais pode gerar ótimos frutos. Afinal, segundo uma pesquisa GlobalWebIndex, os brasileiros passam quase 3 horas por dia em redes sociais.

Nessas plataformas, é importante manter uma frequência de postagens e manter interação com os visitantes. Responder comentários e manter esse canal de atendimento sempre ativo é fundamental para aumentar o engajamento da marca. 

Além de compartilhar os conteúdos que a equipe de marketing produz, é recomendável avaliar investimentos em anúncios. Com direcionamento correto, eles tendem a ampliar o alcance e a visibilidade da marca.

5º passo: marketing de fidelização

Todos os passos anteriores ajudam a atrair novos clientes e conduzi-los até o fundo do funil de vendas. Entretanto, boas estratégias de marketing digital ajudam a vender mais também com a fidelização de clientes. 

De acordo com pesquisa da Invesp, um aumento de apenas 5% na lealdade de um cliente pode aumentar o lucro médio de cada comprador em 25% a até 100%.

O marketing de fidelização tem como objetivos:

  • construir uma confiança entre clientes recorrentes;
  • e transformar um consumidor eventual em um comprador frequente. 

À medida em que cria relacionamentos mais duradouros com seus clientes, a empresa aumenta o seu ticket médio, diminui as taxas de churn e ainda reduz o custo de aquisição de clientes (CAC).

Todas as estratégias de marketing digital devem ser pensadas para aumentar o potencial de vendas. Por isso, é importante que os profissionais das duas equipes trabalhem próximos e troquem informações para alcançar os melhores resultados.

Outra dica de ouro para vender mais com marketing digital é ter uma estratégia omnichannel, ou seja, integrar diferentes canais e assegurar que a jornada do cliente seja ininterrupta, ainda que ele navegue por diferentes meios de contato com a empresa. 

Multiplique resultados de marketing digital e vendas com a ajuda de boas ferramentas

Para ampliar ainda mais o potencial do marketing digital na geração de oportunidades de vendas, é importante contar com soluções que otimizem o atendimento ao cliente. 

Uma dessas soluções é o Zendesk para atendimento ao cliente, que eleva o nível da conversa ao oferecer uma experiência de atendimento completa e omnichannel!

Aliado ao Support, nosso complemento de inteligência artificial ajuda a conduzir contatos com o cliente em diferentes canais de forma automatizada, gerando dados e insights valiosos para auxiliar tomadas de decisão e promover relacionamentos cada vez mais personalizados. 

Experimente as soluções Zendesk gratuitamente!

Solução completa para atendimento ao cliente

A Support Suite é uma solução de atendimento moderna que reúne um conjunto de ferramentas para melhorar o relacionamento com seus clientes.

Solução completa para atendimento ao cliente

A Support Suite é uma solução de atendimento moderna que reúne um conjunto de ferramentas para melhorar o relacionamento com seus clientes.

Experimente grátis