Artigo

5 passos para vender mais com estratégias de marketing digital

Por Douglas da Silva, Web Content & SEO Associate, LATAM

Publicado 2 dezembro 2020
Última atualização em 2 dezembro 2020

Você sabia que o marketing de conteúdo custa 62% menos do que o marketing tradicional e gera em torno de 3 vezes mais leads? 

Esses números mostram claramente como é possível vender mais com o marketing digital. Porém, esse processo não é tão simples.

Para ampliar seu potencial de vendas, as ações de marketing digital devem ser bem planejadas e executadas. É preciso pensar passo a passo em como será conduzida a jornada do consumidor.

E é justamente esse passo a passo que vamos apresentar a seguir. Continue conosco para entender 5 etapas de como vender mais com marketing digital!

5 passos para vender mais com marketing digital

  1. Criação da persona
  2. Produção de conteúdo relevante
  3. Invista em e-mail marketing
  4. Potencialize suas redes sociais
  5. Foque no marketing de fidelização

1º passo: criação da persona

O primeiro passo para uma estratégia de marketing digital ser bem-sucedida é compreender quem é seu público e como ele se comporta. Somente assim será possível entender como se comunicar, quais canais de comunicação devem ser utilizados e qual tipo de linguagem deve ser adotada.

Por isso, é fundamental partir da criação de uma persona. Ela servirá como um guia para todos os próximos passos de sua estratégia de marketing digital e para a entrega de leads mais qualificados para a equipe de vendas.

Se você ainda não sabe o que é esse conceito, não se preocupe. Persona é uma representação fictícia do consumidor ideal de uma marca, criada a partir de análises de comportamento de consumo, dados demográficos dos clientes, pesquisas e estudos a respeito de seus objetivos, necessidades e desejos.

Apesar de a persona ser criada a partir de análises e pesquisas com o público que se pretende atingir, é importante ressaltar que persona e público-alvo não dizem respeito ao mesmo conceito.

Enquanto público-alvo é uma abordagem abrangente dos consumidores de uma marca, a persona é uma representação mais bem delineada e humanizada de quem seria o consumidor ideal deste negócio, com descrição de suas motivações e necessidades.

A partir do momento que você compreende quais são as necessidades e os desejos dos consumidores que pretende atingir, fica mais fácil entender como devem personalizar seu atendimento e, consequentemente, poder vender mais com marketing digital. 

Segundo estudo da PwC, experiências personalizadas permitem aumentar em até 23% o preço de produtos e serviços.

2º passo: produção de conteúdo relevante

Uma vez que você já identificou qual é sua persona, é possível definir quais canais de comunicação utilizar e qual será a linguagem adotada. Está na hora de produzir conteúdo.

Porém, não basta criar textos ou vídeos sem um propósito bem delineado e sem planejamento. Em média, os brasileiros passam 9 horas por dia conectados à internet. Diante de uma enxurrada de conteúdo, é preciso ser relevante para sua persona para ganhar alguns minutos de atenção.

E para ser notado, a missão não é simples. Para a busca “como vender mais”, por exemplo, o Google tem mais de 657 milhões de resultados diferentes.

O que fazer então? A resposta passa por utilizar técnicas de SEO (Search Engine Optimization).

Com SEO, os conteúdos são otimizados para motores de busca, como o Google, e, assim, aumentam as chances de o que você produziu aparecer nos primeiros resultados. 

O essencial aqui é criar conteúdos que sejam relevantes para a sua persona e a ajudem a solucionar suas dificuldades em cada etapa do funil de vendas.

Assim, seu potencial consumidor o reconhecerá como uma autoridade no assunto e avançará no funil, passo a passo, até avaliar sua solução e, enfim, se tornar seu cliente. 

Lembre-se do que dissemos logo na primeira frase deste texto: boas estratégias de marketing de conteúdo geram mais oportunidades de negócios com menos investimento.  

3º passo: estratégias de e-mail marketing

Em 2019, quase 4 bilhões de pessoas usaram e-mail, segundo pesquisa do Statista. Tão presente em nossas vidas há anos, o e-mail se tornou uma ótima ferramenta para o marketing digital gerar vendas.

Lembra quando falamos do avanço de leads para as próximas etapas do funil? Pois é justamente isso que uma boa estratégia de e-mail marketing faz.

Os e-mails com conteúdos relevantes ajudam a responder às dúvidas dos clientes e criam uma relação mais próxima entre marca e consumidor.

Com os dados sobre abertura e cliques em e-mails, é possível identificar qual o estágio de cada cliente e permitir que os vendedores entrem em contato com aqueles que estão mais próximos de fazer uma compra.

Além de ter atenção especial com a mensagem, é importante definir uma frequência de envios (quinzenais ou semanais), para não desgastar a imagem da empresa. 

Todos os e-mails devem conter a opção de opt-out, com um link para descadastramento. Assim, você evita incomodar quem não quer receber as mensagens e mantém sua lista apenas com contatos que merecem mais atenção das equipes de marketing e vendas. 

4º passo: potencialize suas redes sociais

Não basta produzir e publicar conteúdos, se não levá-los até sua audiência. As redes sociais devem ser usadas tanto para promover conteúdos quanto para criar um relacionamento mais próximo com consumidores.

Se bem feita, uma estratégia de redes sociais pode gerar ótimos frutos. Afinal, os brasileiros passam quase 3 horas por dia em redes sociais.

Nessas plataformas, é importante manter uma frequência de postagens e manter interação com os visitantes. Responder comentários e manter esse canal de atendimento sempre ativo é fundamental para aumentar o engajamento da marca

Além de compartilhar os conteúdos que a equipe de marketing produz, é recomendável avaliar investimentos em anúncios. Com direcionamento correto, eles tendem a ampliar o alcance e a visibilidade da marca.

5º passo: marketing de fidelização

Todos os passos anteriores ajudam a atrair novos clientes e conduzi-los até o fundo do funil de vendas. Entretanto, boas estratégias de marketing digital ajudam a vender mais também com a fidelização de clientes. 

De acordo com pesquisa da Invesp, um aumento de apenas 5% na lealdade de um cliente pode aumentar o lucro médio de cada comprador em 25% a até 100%.

O marketing de fidelização tem como objetivos:

  • Construir una confiança entre clientes recorrentes;
  • Transformar um consumidor eventual em um comprador frequente. 

À medida em que cria relacionamentos mais duradouros com seus clientes, a empresa aumenta o seu ticket médio, diminui as taxas de churn e ainda reduz o custo de aquisição de clientes (CAC).

Todas as estratégias de marketing digital devem ser pensadas para aumentar o potencial de vendas. Por isso, é importante que os profissionais das duas equipes trabalhem próximos e troquem informações para alcançar os melhores resultados.

Para ampliar ainda mais o potencial do marketing digital na geração de oportunidades de vendas, é importante contar com soluções que otimizem o atendimento ao cliente. Uma dessas soluções é o Zendesk Support Suite, que eleva o nível da conversa ao oferecer uma experiência de atendimento completa!