Ir para o conteúdo principal

Pilares do varejo: como eles refletem na renda de um negócio?

Por Douglas da Silva, Web Content & SEO Associate, LATAM

Última atualização em 13 dezembro 2022

Conhecer os quatro pilares do varejo é fundamental para o sucesso de qualquer negócio, seja de pequeno, médio ou grande porte. Isso porque eles ajudam a guiar a sua empresa para entender os pontos que exigem mais investimentos. 

Neste artigo, listamos os 5 pontos mais importantes do mercado varejista, passando por elementos que contribuem diretamente para a receita e a reputação da marca. Leia até o final e conheça os detalhes de cada um. 

Quais são os pilares do varejo? 

O mercado varejista está cada dia mais competitivo. Por isso, é importante conhecer os principais pilares para conquistar um diferencial no segmento e potencializar os seus resultados. Confira agora quais são os mais importantes. 

1- Gestão de pessoas 

A gestão de pessoas é essencial para o sucesso de qualquer negócio. Ela tem como missão cuidar dos colaboradores da sua empresa para que eles se sintam mais valorizados pela companhia. 

Quanto mais satisfeito estiver um funcionário da sua empresa, mais disposição ele terá para desempenhar as tarefas com eficiência. Isso também impacta a experiência com o cliente. Afinal, um colaborador descontente não terá vontade de atender o consumidor, gerando desentendimento e até perda de vendas. 

O setor de Recursos Humanos deve ter um cuidado especial na hora de escolher os melhores colaboradores da sua empresa. Opte por pessoas que tenham relação com a cultura do negócio e conhecimento com a área de atuação. 

Se encontrar uma pessoa com pouca habilidade na área, mas com muita vontade de aprender, não ignore esse talento. Isso porque, a força de vontade de um iniciante pode trazer bons frutos para o seu negócio. 

Leia mais também em:

2- União entre Marketing e Vendas 

A união entre marketing e vendas não pode ficar de fora da nossa lista de pilares do varejo. Isso porque, quando eles trabalham juntos, podem trazer diversos benefícios para um negócio. 

  • Melhor conhecimento do consumidor;

  • Qualificação de leads assertiva;

  • Mais aproveitamento de oportunidades;

  • Conteúdo de vendas focado;

  • Nutrição de leads adequada;

  • Tomada de decisão mais alinhadas;

  • Conhecimento amplo da empresa.

É válido destacar que esses benefícios não são alcançados da noite para o dia. É necessário ter planejamento, monitorar os dados e, principalmente, paciência com as mudanças. 

Já destacamos aqui no blog algumas estratégias para aplicar a união entre marketing e vendas. Leia o conteúdo e aprenda como criar esse processo.

3- União entre vendas e o atendimento ao cliente 

O trabalho em equipe entre o setor comercial e a área de atendimento ao cliente também é fundamental. Um alinhamento de qualidade traz os seguintes benefícios. 

  • Fortalecer e unificar o relacionamento da empresa com o cliente;

  • Se comunicar de maneira mais efetiva;

  • Aumentar a produtividade das equipes;

  • Ter informações mais completas e integradas sobre os clientes;

  • Desenvolver estratégias mais assertivas de cross selling e up selling.

A construção de uma persona, a comunicação integrada, a capacitação da equipe e o conhecimento do consumidor são algumas ações que ajudam a unir essas duas equipes. 

4- Clientes 

Sem dúvidas, o cliente é o ponto mais importante dos pilares do varejo. Afinal, é por causa deles que a sua empresa está no mercado.

Para conquistar o consumidor, é fundamental ter cuidado com diversos detalhes. Caso contrário, a reputação da sua marca ficará prejudicada. 

E o relatório CX TRENDS 2022 trouxe dados interessantes sobre o impacto que os consumidores podem causar em um negócio.

  • 98% dos clientes gastarão mais com empresas que oferecem sua opção preferida de atendimento ao cliente (ex: chat);
  • 96% dos clientes gastarão mais com empresas que garantem que não precisarão repetir as informações;
  • 97% dos clientes gastarão mais com empresas que personalizam o atendimento ao cliente que oferecem;
  • 96% dos clientes gastarão mais com empresas que lhes permitem encontrar respostas on-line sem ter que entrar em contato com ninguém.

Percebeu o quanto o comportamento do consumidor pode alterar as estratégias da sua empresa, seja na escolha de canais de atendimento ou estratégias para personalizar a comunicação? 

Então, analise as informações com cuidado e observe se a sua companhia atende as necessidades atuais dos clientes, combinado? 

5- Dados

Foi-se o tempo em que as tomadas de decisões eram feitas com base no achismo. Agora, é necessário analisar os dados com cuidado, caso contrário, o seu negócio terá dificuldades de crescimento ao aplicar estratégias erradas. 

Um ponto positivo de trabalhar com dados é a possibilidade de acompanhar o comportamento do consumidor antes, durante e depois de adquirir um produto ou serviço. 

Diante desse cenário, você aprimora a experiência do cliente com ofertas que estão relacionadas às necessidades do consumidor.

Já a equipe de marketing tem dados suficientes para criar campanhas de marketing personalizadas para a persona

Leia mais também em: 

Quer potencializar o uso de dados em sua empresa? Faça o download agora da ficha técnica de Orquestração de dados conversacionais para CX inteligente e contínuo

Com essa ferramenta, você pode criar conexões personalizadas entre a Zendesk e sistemas externos, aplicando lógica de negócios para responder instantaneamente à atividade do cliente e aos processos de negócios com automação dinâmica de fluxo de trabalho.

Como otimizar os resultados no mercado varejista? 

Agora que você já sabe quais são os pilares do varejo, temos uma dica de ouro. Implemente em sua rotina ferramentas como o Sell, desenvolvido pela Zendesk. 

Trata-se de um CRM para o varejo que permite maximizar a produtividade, manter a visibilidade do pipeline e aumentar a receita. Você pode fazer vendas mais inteligentes, com menos trabalho. 

Com o Zendesk Sell, você monta equipes focadas em dados para que sejam produtivas, acompanhem as expectativas do cliente e tenham visibilidade total do pipeline.

Nosso CRM para equipes de vendas oferece tudo o que você precisa em uma simples plataforma — incluindo gerenciamento de contato e oportunidade, monitoramento de atividade e geração de leads. 

Além disso, você pode configurar disparadores e automatizar tarefas para que os representantes de vendas se concentrem na meta.

O Sell tem todos os recursos para implementar os pilares do varejo: integração entre os times, o uso de dados para trabalhar com potenciais clientes, gestão de pessoas para verificar a performance dos colaboradores e muito mais. Visite o site e conheça todas as possibilidades. 

Histórias relacionadas

Artigo
12 min read

O que é copywriting e como funciona? Descubra!

Veja o que é copywriting e como funciona + técnicas de persuasão em vendas, uso correto de gatilhos mentais e como implementar tudo isso na sua empresa.

Artigo
12 min read

Taxa de conversão: 7 maneiras de melhorar a métrica!

Veja o que é taxa de conversão, qual a importância e impacto dessa métrica para sua empresa + 7 dicas para melhorar esse índice!

Artigo
15 min read

Processo comercial de vendas: como criar? [Passo a passo]

Qual a importância do processo comercial de vendas? Descubra quais são as etapas e veja dicas para otimizar o da sua empresa. Saiba mais!

Artigo
16 min read

Ruídos na comunicação empresarial: o que são e como evitá-los

Quais os principais tipos de ruídos na comunicação empresarial? Entenda o que são, como impactam os resultados e mais.