Artigo

Tipos de clientes externos: conheça os 7 principais e saiba como lidar com cada um deles

Por Douglas da Silva, Web Content & SEO Associate, LATAM

Publicado 16 Julho 2020
Última modificação 16 Julho 2020

Você sabe quais são os tipos de clientes organizacionais?

Basicamente, existem dois tipos de clientes: internos e externos. Entendê-los a fundo pode ser determinante para o sucesso das suas vendas.

Tendo isso em vista, elaboramos este artigo para explicar quais são os principais tipos de clientes e suas características.

Continue a leitura para saber como lidar com cada um deles e definir as melhores abordagens e estratégias comerciais.

Além disso, você vai conhecer estes 7 tipos de clientes externos:

  1. Cliente pessoal
  2. Cliente desconfiado
  3. Cliente ansioso
  4. Cliente pechinchador 
  5. Cliente desatento
  6. Cliente do concorrente
  7. Cliente satisfeito

Veja mais: Como o mau atendimento ao cliente pode afetar a sua empresa e o que fazer para evitá-lo

O que são clientes internos e externos?

O público de uma empresa pode ser dividido em dois tipos de clientes: internos e externos. Os clientes internos são os colaboradores da empresa, são as pessoas que fazem as engrenagens do negócio funcionar. Esses clientes prestam serviços uns para os outros dentro da organização. 

Já os clientes externos não fazem parte do quadro de funcionários da empresa. Eles são as pessoas que compram os produtos ou os serviços que a empresa comercializa. Ou seja, os clientes externos representam a fonte de receita da organização.

Entre os clientes externos existem diferentes tipos de perfis; e é sobre eles que vamos falar nas próximas linhas. Afinal, quais são os principais tipos de clientes organizacionais externos?

Leia também: Foco no cliente: abrace essa estratégia e impulsione seu negócio!

E se você quer transformar o atendimento aos seus clientes, então confira este vídeo:

7 tipos de clientes externos 

Conheça os tipos de clientes e trate cada um deles de forma diferenciada.

1. Cliente pessoal

Começando a nossa lista com os tipos de clientes e suas características, temos o cliente pessoal.

Os clientes que se encaixam nessa categoria são aqueles que compram da sua empresa porque possuem um relacionamento pessoal com alguns colaboradores específicos. Por exemplo, clientes que são amigos pessoais da diretoria, da gerência ou de alguém da equipe de vendas.

Clientes que fazem negócio com a sua empresa pelo fato de terem uma relação de afeto e amizade com vendedores específicos podem deixar de comprar caso tais vendedores saiam da empresa.

Por isso, é importante que a empresa trabalhe para que essa fidelidade vá além da figura do vendedor.

2. Cliente desconfiado

Dando continuidade aos tipos de clientes externos, temos aquele que é mais desconfiado.

Esse cliente apresenta uma postura mais cética diante das suas soluções. Bastante criterioso, ele geralmente só vai acreditar no potencial do seu produto ou serviço se ele puder ver como ele funciona na prática.

Portanto, o vendedor deverá ser o menos prolixo possível e já partir para as demonstrações. Usar cases de sucesso, depoimentos de clientes, dados quantitativos com gráficos e outras provas como essas podem ser essenciais para converter a venda.

3. Cliente ansioso

O cliente ansioso quer ver logo os bons resultados da solução que ele adquiriu. Ele tem dificuldades para lidar com prazos; tudo precisa ser para ontem.

Procure ser o mais claro possível em relação às condições do contrato, principalmente no que se refere às datas, e procure agilizar ao máximo o que for possível.

4. Cliente pechinchador 

O cliente pechinchador é aquele que está disposto barganhar condições contratuais que sejam mais vantajosas para ele.

Com esse tipo de cliente, o vendedor precisa ser firme em relação ao máximo que ele aceita ceder. Por isso, é fundamental saber negociar de forma profissional.

É importante também saber o que a concorrência tem a oferecer, pois esse será um dos principais argumentos do cliente pechinchador.

5. Cliente desatento

Esse é um dos tipos de clientes externos mais difíceis de lidar. O cliente desatento está com a cabeça em outro lugar e nem está escutando direito o que o vendedor tem a dizer.

Nesse caso, é importante ir direto na dor cliente para chamar a atenção dele para o produto ou serviço que se pretende vender.

6. Cliente do concorrente

O cliente da concorrência, como o próprio termo sugere, é aquele que já faz negócios com uma outra empresa do mesmo mercado que o seu.

Aqui, a intenção do vendedor é fazer com que esse cliente mude de ideia e venha fechar negócio com ele. Para isso, é necessário conhecer bem os seus próprios diferenciais e as limitações do concorrente para, assim, criar uma argumentação sólida e convincente.

7. Cliente satisfeito

Encerrando a nossa lista de tipos de clientes externos, temos o cliente satisfeito. Trata-se daquele que está contente com os seus produtos ou serviços e tem uma percepção positiva sobre a marca.

O atendimento a esse cliente deve ser no sentido de mantê-lo satisfeito e fidelizá-lo. Ofereça vantagens exclusivas e procure estreitar cada vez mais o relacionamento.

Quer saber como deixar seu cliente satisfeito? Então, baixe nosso e-book gratuito: Ciclo do cliente satisfeito

Clusterização de clientes

Ficou claro quais são os principais tipos de clientes e suas características?

Agora que você já sabe mais sobre tipos de clientes externos, poderá clusterizar clientes com mais facilidade.

Essa prática consiste em segmentar os seus clientes de acordo com suas características e personalizar as abordagens comerciais, customizando ofertas e oferecendo exatamente o que eles precisam.

Faça isso e obtenha resultados de vendas muito mais satisfatórios.A Zendesk tem todas as ferramentas que você precisa para atender seus clientes, coletar dados, analisá-los e, assim, conhecê-los profundamente, para oferecer sempre o que eles mais desejam, por meio de uma experiência memorável.