Artigo

WhatsApp para vendas: como fazer para vender mais? 11 dicas matadoras!

Por Douglas da Silva, Web Content & SEO Associate, LATAM

Publicado 6 junho 2022
Última atualização em 6 junho 2022

Os brasileiros adoram aplicativos e redes sociais e podemos provar! Além de ser o terceiro país com maior número de pessoas ativas no Instagram, o Brasil se destaca também no uso do WhatsApp: 99% dos brasileiros têm o aplicativo instalado no celular. Percebeu o potencial de usar o WhatsApp para vendas?

Com a pandemia, houve um aumento expressivo do contato de usuários brasileiros com as marcas: 80% deles já se comunicam com as empresas pelo aplicativo. Ou seja, o WhatsApp potencializa o processo de vendas e de atendimento ao cliente e é o queridinho do público.

Não importa qual é a sua persona: ela usa o WhatsApp. Por isso, é fundamental que a equipe comercial saiba como fazer vendas pelo WhatsApp e usar todo o potencial dessa ferramenta.

Quer saber como? Separamos 11 dicas matadoras para os vendedores usarem e abusarem durante a elaboração da estratégia de vendas pelo WhatsApp. Além disso, explicamos melhor os benefícios e o que não fazer durante a negociação via aplicativo. Continue a leitura e aprenda mais sobre esse canal de vendas!

Por que usar o WhatsApp para vendas?

O uso do WhatsApp para vendas vai muito além da utilização do aplicativo como canal de contato de micro e pequenas empresas com seus clientes. Ele pode ser utilizado em médias e grandes organizações, principalmente as que fazem negócios B2B.

As técnicas de vendas pelo WhatsApp não precisam abordar apenas atendimentos rápidos ou serem usadas como uma prática alternativa. O aplicativo pode - e deve! - ser incluído como um dos principais canais de vendas da organização. Vamos explicar o porquê!

O WhatsApp para vendas gera uma maior proximidade com o potencial cliente, possibilitando uma maior humanização no atendimento, por exemplo. Pela oportunidade de enviar áudios, vídeos e materiais personalizados para ajudar a busca dos leads e prospects, é possível usar uma linguagem mais amigável e que cause maior conexão.

Além disso, o time comercial pode conversar com múltiplos contatos diariamente, sem perder horas de deslocamento ou conversas maiores por telefone.

O WhatsApp é simples, rápido e objetivo. Logo, aumenta a produtividade do vendedor, já que ele pode responder outras pessoas enquanto aguarda uma resposta.

Outro fator de extrema importância nos dias atuais é a possibilidade de mensurar os resultados com periodicidade. O aplicativo, quando integrado com sistemas de atendimento ao cliente, fornece dados relevantes para uma boa gestão comercial, como:

  • quantidade de atendimentos por dia;
  • tempo médio de resposta;
  • duração do ciclo de venda pelo aplicativo;
  • quantidade de negócios fechados.

E mais: quando há integração do WhatsApp Business API com outras ferramentas, há o armazenamento de todas as conversas com o cliente, facilitando a negociação.

O WhatsApp para vendas também é excelente como suporte no primeiro contato. Assim, o cliente consegue responder com calma, sem perder essa interação. Por telefone ou e-mail, o vendedor pode ser completamente ignorado e a pessoa esquecer de ligar de volta ou procurar o e-mail enviado.

O atendimento também fica mais ágil e gera maior engajamento dos leads, já que a conversa mantida acelera o envio de propostas e materiais com conteúdos ricos e relevantes para o público.

Como implementar uma estratégia de vendas pelo WhatsApp?

É claro que todo canal de aquisição e vendas adicionado na empresa necessita de um processo de adaptação dos colaboradores e da gestão. As adaptações precisam ser estudadas e planejadas, sem se esquecer de todas as etapas: desde o primeiro contato até o pós-venda e a fidelização do cliente.

Veja algumas dicas de como adaptar o seu processo comercial para vendas pelo WhatsApp Business:

  • use o WhatsApp Business para o primeiro contato e a qualificação do lead. A mensagem pode ser para perguntar o melhor dia e horário para fazer a ligação ou se o potencial cliente deseja continuar a conversa pelo aplicativo. A adaptação deve ser feita com pedidos do número de WhatsApp nos formulários do site, por exemplo;
  • utilize o aplicativo para follow-up e conversas rápidas, como lembretes de reuniões, envio de apresentações comerciais ou pergunta se o cliente já leu o material enviado por e-mail;
  • invista na ferramenta para fechamento de negócios e pós-venda. As conversas pelo WhatsApp podem incluir a negociação de detalhes do contrato ou a confirmação do fim de uma etapa;
  • respostas para dúvidas recorrentes: a automatização de mensagens com chatbot para primeiro atendimento ou ajuda com dúvidas comuns é ótimo para agilizar o atendimento e não deixar o cliente sem resposta rápida.

Como usar o WhatsApp para vendas?

Percebeu que o uso do WhatsApp para vendas se adapta a qualquer modelo de negócio? Basta alinhar os processos operacionais e incluir esse aplicativo na rotina comercial.

No entanto, é necessário saber como fazer vendas pelo WhatsApp e não deixar nenhuma oportunidade escapar.

Para que as vendas pelo WhatsApp Business tragam resultados expressivos, separamos um guia completo com 11 dicas para você colocar em prática agora mesmo.

Afinal, como fazer vendas pelo WhatsApp? Veja a seguir!

1. Conheça o seu público

As preferências e o comportamento do seu público influenciam diretamente o tom de voz e o tipo de abordagem no uso do WhatsApp para vendas.

O aplicativo possibilita uma linguagem mais descontraída, objetiva e amigável, porém é necessário saber se a sua persona também utiliza essa forma de comunicação no seu dia a dia. Caso o seu público seja mais formal, siga por esse caminho, sem uso de emojis ou palavras mais informais.

Se quiser saber mais sobre tom de voz, leia nosso artigo “Tom de voz no atendimento ao cliente: por que é importante?”.

2. Use o WhatsApp Business API

Apesar de ser uma versão paga do aplicativo, o WhatsApp Business API oferece inúmeras vantagens ao negócio. A principal diferença entre essa versão paga e a outra gratuita do WhatsApp Business é que a API possibilita a integração com sistemas de CRM, reunindo todos os dados em um só local.

Ou seja, é possível armazenar o histórico de conversas com o cliente e analisar métricas, como taxas de conversão, tempo médio de resposta, entre outras.

Além disso, o aplicativo voltado para negócios permite incluir:

  • links para sites e blogs;
  • e-mail de contato;
  • localização e endereço da empresa;
  • descrição e imagem dos produtos e dos serviços.

Ele contribui para aumentar a credibilidade aos olhos do seu público.

3. Organize seus contatos

É de extrema importância que o vendedor faça a segmentação da sua lista de clientes. 

A melhor maneira de organizar os contatos é separando-os por etapas da negociação, ou seja, do funil de vendas da empresa. Por exemplo: “Marcelo - Qualificação”, “Fernando - Conversão”, entre outros.

O WhatsApp Business permite organizar os contatos por etiquetas, com classificações e cores diferenciadas para cada grupo.

Leia mais: O que é segmentação de clientes e como categorizar sua base de contatos?

4. Planeje as suas mensagens

Um cuidado que toda a equipe comercial deve ter ao usar o WhatsApp para vendas é saber medir a quantidade de mensagens enviadas aos potenciais clientes para não afastá-los e correr o risco de entrar no “spam”, sendo bloqueado por eles.

O ideal é criar um cronograma de envios que tenha uma cadência do fluxo de mensagens. Elas devem respeitar sempre o estágio do cliente dentro da jornada da compra, oferecendo conteúdos ou abordagens que façam sentido para a pessoa.

Não adianta oferecer algum desconto se o cliente ainda nem sabe direito o seu problema, certo?

5. Envie conteúdo de qualidade

Além da quantidade, é preciso ficar atento à qualidade da mensagem de venda pelo WhatsApp. O material de apoio, como dissemos acima, deve corresponder à fase que o cliente se encontra na negociação.

A ideia é educar o potencial cliente e fazê-lo entender o seu problema e como a sua empresa pode solucionar seus desafios e aumentar a vantagem competitiva do negócio.

O conteúdo deve ser relevante, objetivo, conciso e, se possível, inovador e criativo. Ele pode ser apresentação em PDF, vídeos, links de artigos em blogs, notícias importantes para o segmento, entre outros. É preciso fazer a diferença no dia a dia do cliente.

6. Use as listas de transmissão

Outro benefício do WhatsApp Business é a possibilidade de enviar uma única mensagem para múltiplos contatos por meio das listas de transmissão.

Ou seja, não crie grupos! Invista nessas listas, pois a mensagem chega de modo privado a cada contato e você só precisa enviar uma vez.

Assim o lead se sente único, valorizado e reconhecido pela empresa.

7. Utilize gatilhos mentais

Os gatilhos mentais são perfeitos para utilizar em qualquer canal de vendas e atendimento ao cliente. Mas, pela flexibilidade que o WhatsApp para vendas oferece, é possível lançar mão dos gatilhos em cada conteúdo enviado.

Afinal, a atenção é dispersa, principalmente no celular. Por isso é ideal usar técnicas que ajudam o cliente a ficar mais atento e tomar uma ação logo em seguida.

Entre os gatilhos, pode-se usar “esta promoção é válida apenas até amanhã!”, “últimas unidades”, “serviço mais utilizado por 9 entre 10 clientes”, “o mais pedido pelo site!”, entre outros.

Aprenda mais e se destaque no mercado: [Guia] Aprenda tudo sobre técnicas de persuasão em vendas

8. Use os recursos do WhatsApp

Mais uma vantagem das vendas pelo WhatsApp Business: as funcionalidades específicas para negócios.

Entre elas podemos destacar o uso de CTA´s, alteração do status (ou stories) para compartilhar informações importantes e promoções, mensagens automáticas para avisos ou saudações etc.

9. Defina as métricas para análise

Como saber se a estratégia de vendas pelo WhatsApp está dando certo? Pelo acompanhamento regular das métricas de desempenho.

Elas precisam estar alinhadas com o objetivo corporativo. Por isso, é importante determinar quais são as mais relevantes para serem monitoradas com frequência.

Essa análise de indicadores é possível quando o atendimento via WhatsApp está integrado a um software de inteligência artificial que verifica constantemente o processo de negociação e fornece dados precisos e em tempo real.

Por meio das métricas de atendimento e de vendas, é possível descobrir:

  • tempo médio de resposta;
  • tempo para o primeiro contato;
  • duração do ciclo de vendas (da negociação) em determinado período;
  • duração de cada etapa da jornada do cliente;
  • taxas de conversão;
  • indicador de produtividade individual e coletivo;
  • quantidade de mensagens entregues, abertas e lidas;
  • entre outros.

Isto é, os KPIs podem ser medidos em tempo real e a gestão realizar tomada de decisões mais assertivas e ágeis. 

10. Use o WhatsApp Pay

A venda via WhatsApp ficou ainda mais facilitada pela funcionalidade WhatsApp Pay. Ela permite fazer pagamento com cartões de crédito de algumas bandeiras, como Visa e Mastercard e de débito, como Banco do Brasil e Sicredi.

As operações feitas com esse recurso não cobram taxas e nem possuem limite de valor para pagar produtos ou serviços. Por isso, uma ótima ideia é usar gatilhos mentais que agilizam ainda mais o fechamento do negócio com os potenciais clientes.

11. Integre o WhatsApp para vendas com o CRM

Nossa última dica é: invista em um sistema de CRM de vendas completo para otimizar o processo comercial e tornar o atendimento ainda mais profissional.

Ao integrar o aplicativo ao CRM é possível analisar métricas de vendas e de atendimento e ainda compará-las com indicadores de outros canais de contato, como telefone, e-mail e sites institucionais.

Há maior controle das negociações, já que tudo fica arquivado dentro do sistema. 

Percebeu que o uso do WhatsApp para vendas potencializa as operações comerciais do negócio? Mas, para que todas essas dicas sejam um sucesso, é preciso treinar a equipe.

Além de ensinar como mexer na versão para negócios e acompanhar métricas pelo CRM, é preciso ensinar técnicas de inteligência emocional para tornar o atendimento impecável. Com a capacitação do time, é possível desenvolver um script de vendas que inclua as particularidades do canal e sirva de base para qualquer vendedor da empresa.

Outro cuidado que deve-se ter é nunca usar o contato pessoal no WhatsApp para vendas. É necessário separar o aplicativo pessoal do profissional até para não reduzir a qualidade do seu trabalho do vendedor por estresse, ansiedade ou cansaço extremo.

Aprendeu como fazer vendas pelo WhatsApp? Agora é só adaptar esse passo a passo à realidade do negócio e investir na integração do aplicativo com um CRM de qualidade. Veja como esse sistema pode aumentar o seus resultados e destacar o negócio na sua área de atuação: conheça as funcionalidades da ferramenta de CRM da Zendesk!

Software de CRM de vendas completo

CRM de vendas para melhorar a produtividade, os processos e a visibilidade do pipeline para as equipes de vendas

Software de CRM de vendas completo

CRM de vendas para melhorar a produtividade, os processos e a visibilidade do pipeline para as equipes de vendas

Experimente grátis