Artigo

10 dicas de como alavancar as vendas com marketing de conteúdo

Por Douglas da Silva, Web Content & SEO Associate, LATAM

Publicado 11 dezembro 2020
Última atualização em 4 outubro 2021

Certamente, você também pensa em como alavancar as vendas da sua empresa, certo? E isso é totalmente compreensível e, inclusive, muito necessário. Afinal, encontrar meios diferentes de vender mais está totalmente relacionado ao crescimento e ao sucesso do seu negócio.

Nesse cenário, o marketing digital tem se tornado uma excelente opção. Nos últimos anos, essa estratégia deixou de ser apenas uma tendência no mercado e passou a se tornar um investimento indispensável para as empresas que buscam maneiras de crescer, alcançar visibilidade na internet e, consequentemente, elevar o faturamento.

Afinal, se você deseja manter a sua marca relevante aos olhos dos seus clientes nos dias de hoje, precisa conquistar presença online — já dizia a famosa frase popular: “quem não é visto, não é lembrado”. 

No entanto, no ponto em que estamos atualmente, não se trata apenas da necessidade de estar presente no mundo virtual, mas também de como se posicionar nesse ambiente de forma a ganhar a atenção e o respeito do público e se destacar da concorrência. 

Para isso é preciso adotar as melhores estratégias de prospecção de clientes, como o marketing de conteúdo. Mas, afinal, o que vem a ser esse tipo de marketing? 

Se você ainda não sabe o que é marketing de conteúdo, ou não domina por completo essa estratégia de Inbound Marketing, atente-se aos próximos tópicos. 

Neste post, você aprenderá tudo sobre essa temática e poderá conferir dicas exclusivas de como alavancar as vendas e fidelizar clientes com essa abordagem. Continue a leitura e saiba mais!

O que é marketing de conteúdo?

O marketing de conteúdo é uma estratégia de marketing focada na produção e na distribuição de conteúdos relevantes e valiosos — textos, e-book, vídeos, posts informativos nas redes sociais, entre outros — para o público no momento em que eles mais precisam, seja para resolver um problema, sanar uma dúvida ou esclarecer algo.

Vale destacar que essa técnica não tem como objetivo realizar a promoção direta da marca, mas, sim, de atrair potenciais leitores/consumidores ao trazer soluções para uma determinada dificuldade que eles têm.

Nesse contexto, o material valioso que você cria, além de ser útil para as pessoas, passa a mensagem certa para o público certo, no exato momento que ele precisa absorver aquele conteúdo.

Logo, quando as expectativas são superadas naturalmente, o seu público/leitor passa a compartilhar o seu material com outras pessoas e a venda, por sua vez, acaba sendo uma consequência desse processo.

Leia este artigo e confira mais informações sobre esse assunto: “Como aumentar a retenção e fidelização de clientes com marketing de conteúdo?

Por que investir em marketing de conteúdo?

A expansão do acesso à internet é notável e o mundo está cada vez mais conectado. Segundo um levantamento da União Internacional de Telecomunicações, uma das agências da ONU, cerca de 51% da população mundial já têm acesso à internet, ou seja, mais da metade do planeta já está oficialmente conectada ao universo digital.

Só para você ter uma ideia, em janeiro de 2020, a empresa Netcraft registrou a criação de 1,2 bilhão de sites. Dez anos antes, o número era de “apenas” 255 milhões. 

E os dados não param por aí! Isso porque, de acordo com o relatório Digital 2020: Global Digital Overview, promovido pela We Are Social e pela Hootsuite, as pessoas têm passado mais de 100 dias por ano conectadas, refletindo uma média global de uso de internet de aproximadamente 6 horas e 43 minutos por dia.

O Brasil assume uma posição de destaque estando entre os três países com maior tempo de uso de internet.

Diante desse cenário, torna-se inevitável as marcas criarem visibilidade online de valor, a fim de se destacarem da concorrência. E uma das estratégias que mais tem chamado a atenção é o marketing de conteúdo, o qual faz parte da metodologia de Inbound Marketing, considerada a principal estratégia de marketing digital da atualidade. 

Em suma, o marketing de conteúdo tem a função de atingir quatro etapas, sendo elas: educar o público, ganhar autoridade no assunto, influenciar a decisão de compra e transformar o leitor/consumidor em um embaixador da marca.

Dica de leitura: “Estratégia de marketing para vendas: qual a melhor para seu negócio? 7 opções!

Como alavancar as vendas com marketing de conteúdo? 10 dicas de ouro!

Agora que a definição sobre o que é marketing de conteúdo e a sua importância ficou mais clara, a próxima dúvida que precisa ser respondida é: “Como alavancar as vendas com essa estratégia?”

Como podemos perceber no tópico acima, cada vez mais as empresas estão apostando no marketing digital, mais especificamente na criação de conteúdos, como forma de inserir e de manter a sua marca no mercado. 

No entanto, o que muitas companhias acabam deixando de lado é que o marketing de conteúdo também exerce um papel importante na hora de impulsionar as suas vendas. 

Pensando nisso, separamos abaixo uma lista poderosa repleta de dicas de como vender mais com marketing digital para você usar e alavancar as suas vendas! São elas:

1. Crie conteúdo para os diferentes estágios do funil de vendas

2. Invista em técnicas de SEO (Search Engine Optimization) 

3. Simplifique as respostas para um dado assunto

4. Aproveite as postagens antigas para criar um e-book

5. Alimente seu blog regularmente

6. Promova o seu conteúdo em diferentes canais digitais

7. Utilize o poder e-mail marketing a seu favor

8. Ofereça demonstrações do seu produto ou serviço

9. Design responsivo aplicado aos dispositivos móveis

10. Defina e acompanhe as métricas de atração e conversão 

Como alavancar as vendas com marketing de conteúdo, na prática!

1. Crie conteúdo para os diferentes estágios do funil de vendas

Uma vez bem executada a gestão de funil de vendas, fica mais fácil identificar quais são as perguntas e direcionamentos que devem ser feitos para o visitante, lead ou prospect, certo?

Portanto, leve essa informação em consideração na hora de preparar o seu conteúdo, a fim de que o seu material responda e respeite as necessidades de cada etapa do funil.

O que queremos dizer aqui é que, em uma boa estratégia de marketing de conteúdo, os materiais que criar devem estar alinhados ao momento que o lead está vivendo, de modo que o impulsione a avançar nesse funil e, com isso, efetivar o fechamento do negócio com a sua empresa.

Para entender melhor, leia este artigo: “Jornada do comprador: o que é e como ela pode te ajudar a entregar soluções personalizadas aos seus potenciais clientes

2. Invista em técnicas de SEO (Search Engine Optimization) 

Para manter o melhor ranqueamento orgânico — que é aquele conquistado nos resultados de sites de busca como Google, Yahoo, entre outros, e que não geram pagamentos a essas plataformas, os chamados anúncios patrocinados —, a sua empresa precisa investir na otimização do site e em estratégias de SEO para vendas.

SEO é a sigla para Search Engine Optimization. Consiste em um conjunto de estratégias que otimizam as páginas do seu site e blog.

Dessa forma, os motores de busca dos sites de pesquisa encontram os seus conteúdos mais facilmente e os indicam para pessoas que fazem pesquisas relacionadas a eles.

Um exemplo de SEO para marketing de conteúdo é a utilização das palavras-chaves, que são os termos pelos quais as pesquisas são feitas.

Por exemplo, se um potencial cliente está à procura de um CRM de vendas, possivelmente, ele entrará no Google e digitará exatamente este termo “CRM de vendas”, ou algo bem similar, tais como “qual o melhor CRM de vendas”, “onde comprar CRM de vendas”.

Se os seus conteúdos tiverem uma boa repetição dessas palavras, posicionadas corretamente ao longo dos textos, as chances de a plataforma de pesquisa sugerir o seu artigo são mais altas. 

3. Simplifique as respostas para um dado assunto

Reúna a equipe, pergunte e alinhe quais as dúvidas mais frequentes apontadas pelo público sobre o seu produto ou serviço. Com as perguntas em mãos, procure sanar as questões apresentadas com respostas simples e objetivas. 

Essa estratégia também ajuda a definir temas que podem ser explorados nos seus conteúdos, sejam eles para blogs, vídeos ou redes sociais.

Como dito anteriormente, a ideia é entregar respostas para os potenciais clientes, no exato momento da jornada de compra que eles mais precisam. 

4. Aproveite as postagens antigas para criar um e-book

Só porque um conteúdo já foi publicado não quer dizer que ele perdeu o seu valor com o passar do tempo e que não pode ser reaproveitado. 

Nesse caso, a dica é reeditar e enriquecer esse material com novas informações. Aqui, você pode relançar esse artigo no seu blog, ou mesmo transformá-lo em um e-book.

Esse tipo de material rico tem a vantagem de colaborar para geração de leads, considerando que, para baixá-lo, o leitor precisa informar os seus principais dados, como nome, telefone e e-mail, os quais podem (e devem) ser trabalhados posteriormente pelas equipes de marketing e de vendas.

Aproveite e leia também: “Geração de leads B2B: 5 dicas para aumentar os resultados

5. Alimente seu blog regularmente

Dentro de uma estratégia de como alavancar as vendas com marketing digital, por mais relevante e valioso que o seu conteúdo for, se ele não for publicado constantemente, a tendência é que não gere os resultados esperados para o seu negócio. 

Para evitar que todo o seu empenho seja em vão, uma importante dica a ser seguida é: faça uso do calendário editorial para a criação e produção de conteúdos, e organize as publicações a serem disparadas, a fim de evitar que o seu blog fique parado.

Além disso, o conteúdo constante ajuda nas estratégias de SEO, nas publicações em suas redes sociais, no envio de e-mail marketing, e nos demais canais digitais que dependem de troca de informações para estabelecer contato com o cliente.

6. Promova o seu conteúdo em diferentes canais digitais

Para ampliar os acessos, os compartilhamentos e consequentemente alavancar as vendas do seu produto ou serviço a dica é trabalhar todas as suas mídias digitais conjuntamente. 

Logo, não se iluda pensando que o marketing de conteúdo remete apenas a alimentação de um blog, alocado dentro de um site. Isso porque, o mesmo material publicado no blog pode ser postado com outras chamadas no Facebook, Instagram, Twitter ou até mesmo ser abordado em vídeo através do Youtube.

7. Utilize o poder e-mail marketing a seu favor

O e-mail marketing ainda é uma ferramenta poderosa para direcionar usuários para o seu site. Nessa direção, aproveite esse canal para criar chamadas atrativas de forma que o público se sinta motivado a clicar nos conteúdos compartilhados. 

Caso ainda não esteja por dentro dessa estratégia, ela consiste no envio periódico de mensagens aos leads e clientes, via e-mail, de modo que eles continuem recebendo informações relevantes para a sua jornada de compra e que não percam a conexão com a sua marca.

Sugestão de leitura: “Taxa de abertura de e-mail: como calcular e qual a ideal?

8. Ofereça demonstrações do seu produto ou serviço

É natural que uma pessoa que não conhece o seu produto ou serviço fique com receio em um dado momento antes de fechar o negócio, concorda? 

Para driblar esse cenário, procure usar os seus canais de comunicação para oferecer demonstrações ou teste grátis das suas soluções, por um determinado período. 

Afinal, se ele já foi fisgado pelo seu conteúdo relevante, ao fazer o teste ficará mais inclinado a fechar com a sua marca. 

9. Design responsivo aplicado aos dispositivos móveis

De acordo com a Agência Brasil, o Brasil é o 5º país em ranking de uso diário de celulares no mundo. Logo, essa é uma realidade que não pode ser deixada de lado. 

Para atender ao público que consome conteúdos via smartphones, uma dica é criar ações exclusivas para esses usuários. Mas, ainda mais relevante que essa abordagem, é se esquecer de fazer com que o design do seu site e blog seja responsivo e amigável a esses aparelhos. 

Isso quer dizer, que abram e carreguem de maneira fácil e rápida, da mesma forma que as páginas carregam em telas de computadores.

10. Defina e acompanhe as métricas de atração e conversão 

Só podemos saber se o resultado de um investimento foi satisfatório se tivermos ao nosso alcance métricas inteligentes que respondam às nossas perguntas de atração e conversão, certo? 

No que se refere ao marketing de conteúdo, no mercado atual é possível encontrar inúmeras ferramentas que auxiliam nessa análise. 

O Google Analytics, por exemplo, é uma das ferramentas mais conhecidas e usadas no que diz respeito à análise de métricas, e que pode ajudar bastante você nessa mensuração.

Dicas extras de como alavancar as vendas com marketing de conteúdo!

E que tal, além dessas, ter mais dicas de como vender mais com marketing digital? Confira mais algumas orientações para potenciar a sua estratégia:

  • Conheça bem o seu público-alvo e identifique as suas principais dores
  • Use boas imagens nos seus conteúdos
  • Use as redes sociais para divulgar seus artigos do blog
  • Crie conteúdos em diferentes formatos, tais como artigos, infográficos, e-books, webinars etc
  • Não deixe de responder aos comentários e dúvidas dos leitores
  • Aproveite datas comemorativas para criar conteúdos estratégicos (campanhas sazonais) e potencializar as suas vendas.

Curtiu este post sobre dicas de como alavancar as vendas com marketing de conteúdo? Então continue com a visita em nosso blog e leia agora mesmo o artigo “Engajamento em Vendas: o que é e tudo que você precisa saber” e se torne um especialista no assunto!

Software de CRM de vendas completo

CRM de vendas para melhorar a produtividade, os processos e a visibilidade do pipeline para as equipes de vendas

Software de CRM de vendas completo

CRM de vendas para melhorar a produtividade, os processos e a visibilidade do pipeline para as equipes de vendas

Experimente grátis