Artigo

Saúde organizacional: definição, importância e 4 dicas para tornar a sua empresa mais saudável e competitiva

Por Douglas da Silva, Web Content & SEO Associate, LATAM

Publicado 3 November 2020
Última atualização em 3 November 2020

Saúde organizacional se refere a um conjunto de fatores que exercem impacto direto na produtividade e na lucratividade do negócio, como a qualidade dos processos organizacionais, as políticas internas, a satisfação dos colaboradores, a postura dos líderes e o correto alinhamento de metas e objetivos.

Considerado um elemento estratégico para o sucesso de qualquer negócio, a saúde organizacional merece atenção especial de empresas que querem se destacar no mercado.

Afinal, a saúde da organização está diretamente ligada ao seu desempenho e competitividade. E para te ajudar a entender melhor sobre esse assunto e como empregar esse conceito em sua empresa, elaboramos este conteúdo explicando o que é saúde organizacional e por que é importante se preocupar com esse aspecto do negócio.

Além disso, você vai conferir também 4 dicas de como tornar a sua organização mais saudável e competitiva:

  1. Faça uma pesquisa de clima organizacional
  2. Atente-se à taxa de turnover
  3. Incentive o aprendizado dos colaboradores
  4. Invista na automação de tarefas e processos

Leia também: Dominando a gestão de mudança organizacional com 3 dicas!

O que é saúde organizacional?

A saúde organizacional é um aspecto dos negócios que se refere à qualidade dos processos organizacionais e da empresa como um todo.

A saúde de uma organização se relaciona diretamente com as condições de trabalho às quais os colaboradores são submetidos, com a correta gestão de recursos (financeiros, humanos, tecnológicos etc), com o alcance de metas e objetivos e com o clima organizacional.

Também podemos definir a saúde organizacional como a combinação de vários fatores; dentre eles:

  1. a motivação e o engajamento dos funcionários;
  2. as relações internas;
  3. o ambiente profissional.

Saiba mais: Reter os colaboradores pode aumentar os lucros da sua empresa. Saiba porque!

Por que é importante se preocupar com a saúde organizacional?

Como você pôde perceber, a saúde organizacional é um conceito que engloba um conjunto de fatores essenciais para o bom funcionamento dos negócios.

Tendo isso em vista, a saúde organizacional se faz importante porque é a partir dela que se criam condições favoráveis para que os colaboradores possam exercer suas funções da melhor maneira possível.

Quanto mais saudável uma organização é, melhor será a qualidade com que ela executa seus processos; mais motivados vão estar os funcionários; maior será a produtividade da empresa.

Sendo assim, gestores e empresários precisam se preocupar com a saúde organizacional para fazer a manutenção da vantagem competitiva e promover o alinhamento estratégico, a inovação e a melhoria constante.

4 dicas de como melhorar a saúde organizacional

Agora que você já sabe o que é e qual a importância da saúde organizacional, veja a seguir algumas boas práticas que você pode seguir para tornar a sua empresa mais saudável.

1. Faça uma pesquisa de clima organizacional

A pesquisa de clima organizacional é uma ferramenta muito útil para entender diferentes fatores que impactam diretamente a saúde da organização.

Sendo assim, elabore um questionário para que os colaboradores possam opinar sobre o ambiente corporativo, as condições de trabalho, os processos organizacionais, as rotinas diárias, o comportamento dos líderes diretos e sua satisfação geral com a empresa.

A partir dos resultados, é possível obter insights de grande valia para promover as mudanças necessárias e melhorar a saúde organizacional.

Veja também: O que é o processo de gestão de mudanças? Qual a importância?

2. Atente-se à taxa de turnover

O turnover se refere à rotatividade de funcionários, à relação entre as admissões e os desligamentos de colabores durante um período determinado.

Quando a taxa de turnover encontra-se muito elevada, acende-se um sinal de alerta para a saúde organizacional. Isso porque se há um entra e sai muito grande de funcionários na empresa, é sinal de algo ruim está acontecendo e precisa ser investigado.

Além disso, a alta rotatividade é bastante prejudicial para a produtividade da empresa, para o caixa da organização e para a imagem do negócio no mercado.

3. Incentive o aprendizado dos colaboradores

Empresas que reconhecem a importância de recursos humanos tendem a ser mais saudáveis e fortes no mercado de atuação. Por isso, incentive o aprendizado dos colaboradores para que eles possam adquirir novos conhecimentos e aplicar no dia a dia da empresa.

Faça parcerias com instituições de ensino, ofereça treinamentos periódicos e promova a troca de ideias e experiências.

Veja mais: Treinamento de atendimento ao cliente: 6 etapas para preparar sua equipe

4. Invista na automação de tarefas e processos

E que tal utilizar a tecnologia como aliada na promoção da saúde organizacional? Por meio de softwares especializados, é possível automatizar uma série de tarefas repetitivas, permitindo que os colaboradores possam se dedicar a atividades mais estratégicas e que representem maior valor para a organização.

CRM, central telefónica, chats e ferramentas de análise de dados são apenas alguns dos exemplos que você pode usar em sua empresa.

Leia mais: Automação da força de vendas: entenda o que é e como usar a seu favor

E aí? Ficou claro o que é saúde organizacional? Para melhorar os resultados da sua empresa, fique atento a este elemento importante e faça o aprimoramento constante de seus processos.

A Zendesk conta com ferramentas de relacionamento com o clienyqe que perocioam uma experiências memórásvelsemrpe que enram em conato com sua marca, facilitando muito o trabalho dos colaboradores.

Quer conhecer melhor a Zendesk? Então, entre em contato!