Artigo

12 dicas de marketing digital para vendas online

Publicado 14 fevereiro 2022
Última atualização em 14 fevereiro 2022

Ser um negócio no mundo pós-pandemia e não conhecer as melhores dicas de marketing digital para vendas online é como tentar acertar uma flecha no alvo com os olhos vendados. 

A imposição do isolamento social fez com que o ambiente digital ganhasse tração, e consequentemente, com que os consumidores buscassem por mais experiências online.

De acordo com o Relatório Zendesk de Tendências em Experiência do Cliente, 65% dos clientes querem comprar de empresas com transações digitais rápidas e fáceis. O que muitas empresas ainda não perceberam é que esta facilidade e agilidade, normalmente atribuída apenas aos meios de pagamento/disponibilidade do suporte nos pontos de contato, começa antes mesmo do fechamento da venda. Seu início está na consolidação da imagem da marca e na criação de um relacionamento efetivo com o cliente.

Quem já se atentou para esta conexão poderosa entre uma venda ágil e fácil e um marketing digital bem feito e descomplicado, já começou a voltar seu olhar a uma pergunta que pode ser a chave para o bom desempenho. Afinal, como vender mais com marketing digital? 

Nós sabemos o caminho, e te mostramos passo a passo neste artigo.

Para contextualizar: exemplos de marketing digital que certamente fazem parte da sua vida

Se você ainda não tem clareza sobre como o marketing digital influencia e agiliza processos de decisão de compra e tomadas de ação, aqui vão alguns exemplos de marketing digital reais e recentes. 

As lives da pandemia

Quem não se viu participando de uma live ao longo dos meses mais intensos da pandemia? Impossibilitados de exercerem suas profissões no mundo offline, artistas, cantores e apresentadores encontraram novos caminhos para promover o engajamento do público.  

As lições aprendidas com as lives da pandemia certamente configuram dicas importantes de marketing digital para vendas online. 

Um exemplo marcante de como o uso de um bom CTA (Call to Action, ou Chamado para a ação) em uma campanha pode converter de maneira rápida e efetiva foi a live da dupla Sandy & Júnior. Com o propósito de auxiliar na arrecadação de recursos para ações emergenciais na pandemia, a live reuniu mais de 2,5 milhões de expectadores e arrecadou mais de mil toneladas de alimentos. 

De que forma você pode extrair lições deste tipo de ação de marketing para converter mais vendas? 

Interação em 280 caracteres

Outro exemplo de marketing digital bastante presente na vida dos brasileiros acontece no Twitter. A rede social, que acumula mais de 1,3 bilhão de contas cadastradas em todo o mundo, é palco de diversos experimentos e ações de marketing digital inspiradoras. 

O perfil da rede de streamings Netflix, por exemplo, é conhecido por estreitar laços com seus consumidores de forma bem humorada, estimulando mais acessos e novas assinaturas ao serviço. 

E não é só no twitter! Veja mais exemplos da estratégia da Netflix neste post com 3 cases de sucesso pós-venda.

A febre do Tik Tok — e como as marcas lidam com ela 

Ao abrir o aplicativo — o segundo mais utilizado pelos brasileiros em 2021 —, é cada vez mais difícil não se deparar com uma conta corporativa utilizando o espaço para promover seu produto ou serviço. 

Um exemplo do sucesso do uso da ferramenta para o marketing digital é a hashtag #TikTokMadeMeBuyit (ou “Tik Tok me fez comprar”), na qual usuários compartilham suas experiências com artigos adquiridos após a publicidade na plataforma. 

A própria plataforma compilou, em sua newsroom, algumas das iniciativas de sucesso em marketing digital para vendas online no Tik Tok em 2021. Veja algumas delas a seguir: 

  • Americanas: durante a Black Friday, a Lojas Americanas lançou a campanha #RimeComAmericanas, fazendo um dueto com Jojo Todynho. O desafio era contar, em forma de rima musical, o que o público gostaria de comprar na Lojas Americanas durante o período. Valia até pedir desconto. A hashtag contou com mais de 1.3 bilhão de visualizações. 
  • Samsung: campanha lançada para os smartphones da linha Galaxy. A marca convidou os usuários do TikTok a mostrar o seu talento e entrar no ritmo do passinho por meio de um dueto e da #PassinhoAbsurdo. A #PassinhoAbsurdo acumula mais de 4.1 bilhões de visualizações no TikTok.

Influenciadores digitais: aliando marketing digital e estrategia de vendas

A criação de conteúdo por influenciadores digitais esteve em pauta no ano de 2021. Muito se questionou sobre a efetividade do poder de influência dos creators em comparação com a qualidade do material produzido. Será mesmo que o número de seguidores é uma métrica mais importante do que a criatividade da personalidade contratada? Será que a estratégia de comunicação é “dispensável” quando falamos em marketing de influência? 

A discussão trouxe à tona o conteúdo muitas vezes “simplório” de grandes perfis do instagram que são considerados influencers digitais em comparação com o que é produzido de maneira elaborada por contas menores, e que, por isso mesmo, não são sempre notadas pelas grandes marcas. 

Independente da sua opinião nesta discussão, o fato é que o público está cada vez mais crítico e atento àquilo que lhe é oferecido como publicidade. Por isso mesmo, é fundamental cuidar para que a aliança entre marketing digital e estratégia de vendas aconteça de forma coerente, ética e, claro, criativa. 

12 dicas de marketing digital para vendas online

Agora que você já conhece alguns exemplos de marketing digital para vendas online, é hora de olhar para dentro. Como fazer acontecer na sua empresa? 

1. Defina quem será o seu cliente

O primeiro passo para executar uma estratégia de marketing digital para vendas online é conhecer bem o público-alvo. 

Por demandar um nível elevado de detalhamento (afinal, quanto mais detalhes conhecidos, mais fácil é desenhar um plano de comunicação especializado e aprofundado), nossa indicação é definir a persona (ou as personas) do negócio. 

A persona é uma representação fictícia do consumidor ideal de uma marca. Ela é desenvolvida a partir de análises de comportamento de consumo, dados demográficos dos clientes, pesquisas e estudos sobre suas características.

Quando determina sua persona, a empresa conhece hábitos, anseios, desejos e frustrações desse cliente. Também tem acesso a informações de segmentação, como idade, sexo, objetivos, características pessoais e profissionais. 

Uma boa definição de persona possibilita a personalização da estratégia de marketing digital para vendas online, o que, segundo estudo da PwC, pode possibilitar um aumento de até 23% no preço de produtos e serviços.

2. Entenda onde este público está 

A definição da persona é o passo inicial para a compreensão dos principais canais utilizados pelo seu potencial consumidor. 

Com estas informações em mãos, é possível direcionar esforços para os canais corretos e, principalmente, utilizar recursos e linguagem adequados às expectativas do cliente. 

Além disso, saber onde o público está possibilita uma distribuição precisa da verba de marketing digital e vendas, aumentando as chances de obtenção de um ROI (Retorno sobre o Investimento) positivo para as vendas geradas. 

3. Desenhe uma estratégia de Inbound Marketing

Para obter resultados satisfatórios em marketing digital para vendas online, o inbound marketing pode ser uma boa estratégia. 

Isso porque sua essência está na construção do relacionamento com o cliente e em sua condução ao longo da jornada de compra. Um usuário que entra no funil de inbound marketing é preparado para a compra e guiado ao longo das fases de maturidade de forma certeira, tornando-se um lead qualificado e pronto para o contato final do time de vendas. 

  1. Atração - atrair as personas, buscando um cliente qualificado;
  2. Conversão - converter a persona em um lead, para que assim ele se torne um contato passível de relacionamento;
  3. Relacionamento - relacionar-se com o lead a fim de mantê-lo engajado com a empresa;
  4. Venda - ajudar o lead no processo de decisão para a compra. Tornar o lead um cliente;
  5. Análise - analisar se o processo de inbound marketing teve mais acertos ou erros.

4. Aposte em técnicas de SEO

SEO é a sigla para Search Engine Optimization, ou Otimização dos Mecanismos de Busca. Esta estratégia auxilia na preparação dos conteúdos de marketing digital, tornando-os atrativos para os mecanimos de busca, que reconhecem sua qualidade e os priorizam em buscas por determinadas palavras-chave. 

Para ser bem classificado em SEO, é preciso que um conteúdo tenha, entre outros aspectos: 

  • bom uso de palavras-chave; 
  • autoridade e credibilidade;
  • boa linkagem interna e externa;
  • facilidade de leitura (escaneabilidade).

5. Utilize um site responsivo

Segundo publicação da Exame, apenas no primeiro semestre de 2021, metade das compras online foram feitas por um dispositivo móvel (celular). 

Pensando nisso, é importante que sua empresa invista na responsividade como um recurso de marketing digital para vendas online. Isso significa que seus canais de comunicação (sobretudo blogs e sites) devem ser adaptáveis automaticamente para a tela utilizada pelo cliente, sem perda de diagramação ou de conteúdo.

6. Invista nas redes sociais

Segundo pesquisas, o Brasil é o terceiro país do mundo em uso de redes sociais. Isso significa que o sucesos de um plano de ação de marketing digital para vendas online precisa passar por uma boa gestão de redes sociais. 

Ter presença digital, publicar com regularidade, saber expor os princípios e diferenciais da marca e, prinicpalmente, estar disponível para atender às demandas dos clientes são alguns dos pontos-chave para uma gestão de redes sociais efetiva. 

7. Tenha um bom marketing de relacionamento

Ter presença online é muito importante para o sucesso de uma campanha de marketing digital com foco em vendas. Entretanto, a palavra-chave deve ser relacionamento. 

Mais do que impactar, sua estratégia deve ter, como objetivo, conquistar um novo cliente ou fidelizar o cliente antigo. Dessa forma, reforça a boa experiência do consumidor

Dica de leitura complementar: Gestão de relacionamento com o cliente: o que é e como aplicar na prática.

8. Crie estratégias robustas de e-mail marketing

O e-mail marketing é um aliado de peso na condução do lead ao longo da jornada inbound marketing. Ao passar por um ponto de contato desenhado pela empresa (como um banner, um material rico — com e-book ou infográfico, um evento etc), o lead troca seu e-mail por uma informação de interesse. 

A partir daí, este e-mail integra o mailing da empresa, funcionando como um estímulo frequente para que o lead continue em sua jornada. O estímulo pode vir por meio da indicação de novos conteúdos, da concessão de informações exclusivas ou mesmo de um CTA que leve a uma tomada de ação pontual. 

9. Aposte em marketing de fidelização

Todos os passos anteriores ajudam a atrair novos clientes e conduzi-los até o fundo do funil de vendas. Entretanto, boas estratégias de marketing digital para vendas online também visam à recorrência, ou seja: à fidelização de consumidores. 

De acordo com uma pesquisa da Invesp, um aumento de apenas 5% na lealdade de um cliente pode aumentar o lucro médio de cada comprador em 25% a até 100%.

Isso porque, ao fidelizar um cliente por meio do marketing, é possível: 

10. Seja mais ágil e assertivo com a automação de marketing

De acordo com a Forrester Research, há a previsão de que a automação de marketing pelas empresas atinja a marca dos US$ 25 bilhões até o ano de 2023. 

Este impressionante número reflete a tomada de consciência dos gestores sobre a relação entre automação e agilidade no atendimento.

De acordo com o relatório Zendesk de Tendências do início deste artigo, “adaptação rápida e fácil” é a principal demanda de agentes e gerentes para o mundo pós-covid. 

Isso significa que, a nível de consciência, agentes, gestores e clientes buscam a mesma coisa. E, neste sentido, contar com a automação de marketing pode ajudar a alcançar o objetivo. 

Antes de seguir em frente: leia mais sobre automação de marketing! 

11. Extrapole as redes sociais:leve seu marketing digital para o WhatsApp!

Aplicativos de conversa também fazem parte do marketing digital para vendas online. Estes canais, aliás, cresceram exponencialmente nos últimos anos com a pandemia. De acordo com o Relatório Zendesk, as solicitações de suporte via WhatsApp aumentaram em 100% em 2020. 

Esta é uma oportunidade de ouro para tornar a experiência do cliente mais conversacional e cotidiana, afinal, com a troca de mensagens, os clientes podem resolver seus problemas facilmente em um canal que usam com familiares e amigos e enquanto fazem outras coisas, como passear com o cachorro ou trabalhar em casa.

12. Teste possibilidades e mensure resultados frequentemente

Por fim, não poderíamos deixar de falar sobre a importância da mensuração de resultados para acompanhar a performance de uma estratégia de marketing digital para vendas online. 

Adotar métricas e kpis e verificá-los periodicamente é o caminho para direcionar o plano de ação efetivamente e evitar o desperdício de recursos e de esforços. 

Ferramentas como o Google Analytics oferecem detalhes sobre esta análise de resultados, e, se combinadas com outros recursos internos, podem ser boas fontes de conhecimento. 

Combine métricas de marketing e de vendas e turbine seus resultados 

Agora você já sabe tudo sobre marketing digital para vendas online. Nós temos uma dica para te ajudar a aprofundar as análises de performance considerando as iniciativas de ambos os setores envolvidos. 

Com a ajuda de um software de CRM como o Zendesk Sell, suas análises de vendas são precisas, atualizadas e automatizadas. A ferramenta oferece visibilidade total do pipeline para que a equipe possa planejar, monitorar, gerenciar e analisar o processo de vendas.Quer conhecer o Zendesk Sell gratuitamente? Preencha o formulário e comece a usar agora mesmo!